Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Cor 15,1-8)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

1Irmãos, quero lembrar-vos o evangelho que vos preguei e que recebestes, e no qual estais firmes. 2Por ele sois salvos, se o estais guardando tal qual ele vos foi pregado por mim. De outro modo, teríeis abraçado a fé em vão. 3Com efeito, transmiti-vos, em primeiro lugar, aquilo que eu mesmo tinha recebido, a saber: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; 4que foi sepultado; que, ao terceiro dia, ressuscitou, segundo as Escrituras’; 5e que apareceu a Cefas e, depois, aos Doze.

6Mais tarde, apareceu a mais de quinhentos irmãos, de uma vez. Destes, a maioria ainda vive e alguns já morreram. 7Depois, apareceu a Tiago e, depois, apareceu aos apóstolos todos juntos. 8Por último, apareceu também a mim, como a um abortivo.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 18)

— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.

— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.

— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

Evangelho (Jo 14,6-14)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus disse a Tomé: 6“Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim. 7Se vós me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai. E desde agora o conheceis e o vistes”.

8Disse Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!” 9Jesus respondeu: “Há tanto tempo estou convosco, e não me conheces, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que tu dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? 10Não acreditas que eu estou no Pai e o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo, mas é o Pai que, permanecendo em mim, realiza as suas obras. 11Acreditai-me: eu estou no Pai e o Pai está em mim. Acreditai, ao menos, por causa destas mesmas obras. 12Em verdade, em verdade vos digo, quem acredita em mim fará as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas. Pois eu vou para o Pai, 13e o que pedirdes em meu nome, eu o realizarei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 14Se pedirdes algo em meu nome, eu o realizarei”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Vivamos o nosso apostolado em nome de Jesus

“Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim. Se vós me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai” (João 14,6-7).

Hoje, celebramos a festa de dois apóstolos, dois seguidores de Jesus: Filipe e Tiago Menor, porque há outro Tiago também discípulo de Jesus. Filipe é aquele que se aproxima de Jesus para pedir que Ele mostre o Pai, mostre a todos o Pai, porque ele queria conhecê-Lo. É para Filipe que Jesus responde: “Quem me vê, vê o Pai”.

Não pensemos que estamos caminhando na direção errada, pois o caminho que nos conduz ao coração do Pai tem nome, e chama-se Jesus. A verdade que o Pai tem para nos dar, a verdade eterna do Pai chama-se Jesus. A vida que o Pai nos dá, a vida eterna que nos salva, chama-se Jesus. Por isso, quem quer ver o Pai como Filipe está clamando, precisa ver Jesus, encontrar-se com Ele.

Só quem leva a vida em nome de Jesus é capaz de morrer também por amor a Ele

Os discípulos que celebramos hoje foram os primeiros convidados a gozar da comunhão com o Pai na pessoa de Jesus. Assim como eles, nós, muitas vezes, também andamos com Jesus, mas sem ter a consciência, sem acordar para essa verdade: o Pai está no meio de nós, o Pai está nos amando, está cuidando e nos conduzindo pela estrada do Seu coração.

O Pai nos conduz pelas mãos e pelo coração de Jesus, e por isso precisamos permanecer n’Ele para que o amor de Deus esteja em nós. Precisamos ser apóstolos no nome de Jesus, precisamos empreender e levar o nome d’Ele aos corações, porque não há salvação para o mundo em que estamos, para as nossas casas, para as nossas famílias nem para a nossa própria vida, a não ser no nome de Jesus. Proclamemos, mais do que nunca, o santo e poderoso nome de Jesus.

Tanto Filipe como Tiago, os dois apóstolos que celebramos hoje, morreram dando a vida em nome de Jesus, testemunhando o amor que receberam. Foi esse amor que inflamou o coração deles. Ainda que, no primeiro momento, estivessem tímidos e não tivessem consciência, uma vez que se embriagaram do Espírito, uma vez que foram testemunhas da Ressurreição e foram tomamos pela Palavra de Jesus, não excitaram de proclamar, anunciar e levar a vida em nome de Jesus.

Só quem leva a vida em nome de Jesus é capaz de morrer também por amor a Ele. Que a nossa vida, o nosso apostolado seja realizado no poderoso nome de Jesus. Com Ele queremos viver, com Jesus e por Ele queremos também morrer.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios