Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira leitura (Gênesis 37: 3-4, 12-13, 17-28)

3 Israel amava José mais do que todas as outras crianças, porque ele era filho de uma idade avançada. Eu fiz para ele uma túnica de mangas compridas. 4 Seus irmãos viram como seu pai o preferia a todos os seus outros filhos, e o odiavam a ponto de nem mesmo poderem cumprimentá-lo.

12 Seus irmãos foram apascentar as ovelhas de seu pai em Siquém, 13 e Israel disse a José: Não estão os vossos irmãos pastoreando em Siquém? Vá de mim para onde eles. Ele disse: estou pronto.

17 Disse-lhe o homem: Eles saíram daqui, porque eu os ouvi dizer: “Vamos para Dothan”. Joseph foi atrás de seus irmãos e os encontrou em Dothan. 18 Eles o viram de longe e, antes que se aproximasse deles, conspiraram contra ele para matá-lo, 19 e disseram uns aos outros: É para lá que vem o sonhador. 20 Agora, então, venha, vamos matá-lo e jogá-lo em qualquer poço, e diremos que algum animal feroz o devorou. Veremos então onde seus sonhos param.

21 Reuben o ouviu e o livrou de suas mãos. Ele disse: Não vamos atentar contra a vida dele. 22 Reuben disse-lhes: “Não derrameis sangue”. Jogue-o naquele poço na charneca, mas não coloque a mão nele. Sua intenção era salvá-lo de seus irmãos para devolvê-lo ao pai. 23 E aconteceu que quando José veio a seus irmãos, eles tiraram José de sua túnica - aquela túnica de mangas compridas que ele usava - 24 e, agarrando-o, eles o jogaram no poço. Esse poço estava vazio, sem água. 25 Então eles se sentaram para comer. E, erguendo os olhos, viram uma caravana de ismaelitas vindo de Gileade, com camelos carregados de aroeira, sandáraca e ládano, que desciam em direção ao Egito.

26 Disse então Judá a seus irmãos: De que nos aproveita matarmos nosso irmão e depois cobrir o seu sangue? 27 Vinde, vamos vendê-lo aos ismaelitas, mas não ponhamos as mãos sobre ele, porque é nosso irmão, nossa carne ”. E seus irmãos concordaram.

28 Alguns mercadores midianitas passaram e, quando o encontraram, trouxeram José do poço. Eles venderam José aos ismaelitas por vinte moedas de prata e levaram José para o Egito.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 104,16-21)

— Lembrai sempre as maravilhas do Senhor!

— Lembrai sempre as maravilhas do Senhor!

— Mandou vir, então, a fome sobre a terra e os privou de todo pão que os sustentava; um homem enviara à sua frente, José que foi vendido como escravo.

— Apertaram os seus pés entre grilhões e amarraram seu pescoço com correntes, até que se cumprisse o que previra, e a palavra do Senhor lhe deu razão.

— Ordenou, então, o rei que o libertassem, o soberano das nações mandou soltá-lo; fez dele o senhor de sua casa, e de todos os seus bens o despenseiro.

Evangelho (Mt 21,33-43.45-46)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, dirigindo-se Jesus aos chefes dos sacerdotes e aos anciãos do povo, disse-lhes: 33“Escutai esta outra parábola: Certo proprietário plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, fez nela um lagar para esmagar as uvas e construiu uma torre de guarda. Depois arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro. 34Quando chegou o tempo da colheita, o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros para receber seus frutos.

35Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados, espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram. 36O proprietário mandou de novo outros empregados, em maior número do que os primeiros. Mas eles os trataram da mesma forma. 37Finalmente, o proprietário, enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’.

38Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: ‘Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’ 39Então agarraram o filho, jogaram-no para fora da vinha e o mataram. 40Pois bem, quando o dono da vinha voltar, que fará com esses vinhateiros?”

41Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “Com certeza mandará matar de modo violento esses perversos e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.

42Então Jesus lhes disse: “Vós nunca lestes nas Escrituras: ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isto foi feito pelo Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos?” 43Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos.

45Os sumos sacerdotes e fariseus ouviram as parábolas de Jesus, e compreenderam que estava falando deles. 46Procuraram prendê-lo, mas ficaram com medo das multidões, pois elas consideravam Jesus um profeta.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Deixemos o Reino de Deus produzir frutos em nossa vida

 “Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos” (Mateus 21,43).

Nós nos orgulhamos de fazer parte do Reino de Deus, nos orgulhamos de sermos de Deus, mas tomemos cuidado, porque, se o Reino de Deus não produz frutos em nossa vida, ele nos é tirado e vamos, aos poucos, perdendo o Reino de Deus de vista, porque estamos com uma visão mundana até das coisas de Deus.

Vamos cometendo aquilo que o povo e muitos do povo de Deus também cometeram na Palavra. Eles desprezaram os profetas, desprezaram quem vinha falar em nome do Senhor. Quando se diz “desprezar os profetas” é desprezar a correção de Deus, é desprezar o Deus que corrigia, orientava, falava e direcionava o Seu povo.

Estamos sendo direcionados pelo nosso ego, estamos sendo governados pela nossa vontade, estamos sendo levados pelos nossos sentimentos e afetos. Estamos sendo levados pelos impulsos do nosso coração e não pela direção que o próprio Deus quer nos dar.

Aqui é preciso buscar a condição da humildade, porque o povo que era de Deus não só foi capaz de desprezar os profetas, os patriarcas, os que vieram falar em nome de Deus, mas foram capazes de desprezar o próprio Filho de Deus. E por que O rejeitaram? Por que O desprezaram? Porque foram incomodados.

Se o Reino de Deus não produz frutos em nossa vida, ele nos é tirado

Que beleza quando a Palavra de Deus nos incomoda! Que beleza quando a Palavra de Deus nos tira do nosso comodismo e do nosso egoísmo! Que beleza quando a Palavra de Deus rompe dentro de nós as sentenças de julgo que criamos, formamos e alimentamos dentro de nós! Que beleza quando a Palavra de Deus nos tira de visões fechadas e distorcidas que nós mesmos alimentamos na vida!

Que trágico quando não deixamos a Palavra de Deus nos libertar. Que trágico quando não permitimos que a Palavra de Deus nos liberte do nosso próprio ego. Que trágico quando rejeitamos a Palavra de Deus em função da religião que criamos, da crença que formamos e, sobretudo, quando manipulamos Deus e a Sua Palavra em favor dos nossos próprios interesses. Deus vai sendo rejeitado, a Igreja vai sendo rejeitada, quem não comunga comigo vou excomungando e vou formando a religião dos meus conceitos.

A Palavra de Deus hoje é, acima de tudo, um convite à conversão, a produzirmos frutos que mostrem um coração convertido, frutos da humildade e da submissão a Deus, para que Ele não seja rejeitado pelas nossas atitudes.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo  Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios