Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Fl 2,1-4)

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses.

Irmãos, 1se existe consolação na vida em Cristo, se existe alento no mútuo amor, se existe comunhão no Espírito, se existe ternura e compaixão, 2tornai então completa a minha alegria: aspirai à mesma coisa, unidos no mesmo amor; vivei em harmonia, procurando a unidade. 3Nada façais por competição ou vanglória, mas, com humildade, cada um julgue que o outro é mais importante, 4e não cuide somente do que é seu, mas também do que é do outro.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 130)

— Guardai-me, em paz, junto a vós, ó Senhor!

— Guardai-me, em paz, junto a vós, ó Senhor!

— Senhor, meu coração não é orgulhoso, nem se eleva arrogante o meu olhar; não ando à procura de grandezas, nem tenho pretensões ambiciosas!

— Fiz calar e sossegar a minha alma; ela está em grande paz dentro de mim, como a criança bem tranquila, amamentada no regaço acolhedor de sua mãe.

— Confia no Senhor, ó Israel, desde agora e por toda a eternidade!

Evangelho (Lc 14,12-14)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 12dizia Jesus ao chefe dos fariseus que o tinha convidado: “Quando deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos nem teus irmãos nem teus parentes nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa. 13Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. 14Então serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Dedique tempo aos mais pobres e necessitados

Tenha sempre tempo na sua vida para fazer festa com os pobres, de pegar o que você tem e ir cuidar das pessoas que estão necessitadas

“Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. Então serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos” (Lucas 14,13-14).

O sentido do Evangelho de hoje é nos ensinar, sobretudo, a não esperar recompensa por aquilo que fazemos. Você convida alguém para comer na sua casa, esperando que um dia a pessoa te convide de volta. Você faz uma festa e convida os seus amigos, mas você fica muito triste se os seus amigos fazem uma festa e não te convidam, você se sente excluído porque quer ser lembrado por aquilo que você fez ou faz.

O Reino dos Céus é daquele que tem gratuidade no coração, é daqueles que fazem as coisas por amor, por boa vontade, e não esperam nada em troca dos homens; não esperam retribuição, reconhecimento, aplausos, placas, méritos, não esperam parabéns e nem curtidas nas redes sociais. O que fazemos é pelo Reino de Deus e nada mais do que isso. É para Deus tudo aquilo que fazemos, é por causa do Reino de Deus que trabalhamos!

Não há mérito maior na vida do que fazer as obras em segredo, sem ninguém precisar saber, sem precisar de aplausos e daquelas plaquinhas de governantes ou prefeitos, dizendo “Eu inaugurei tal obra”. Não precisamos disso, porque, a recompensa que receberemos é aquela do Reino dos Céus.

Na sinceridade de coração, tenha sempre tempo na sua vida para fazer festa com os pobres, de pegar o que você tem de roupas, de bens e ir cuidar das pessoas que estão necessitadas. Surpreenda você mesmo e os mais pobres, vá aos lugares mais paupérrimos dessa vida, visite vilas, favelas, povoados, pessoas que passam necessidades. Seja em qualquer lugar que você viva ou que esteja, isso é evangélico, é do Evangelho, isso é do discípulo de Jesus Cristo: fazer festa com os mais pobres.

Eu sei que daqui a pouco estamos nos preparando para os festins de Natal e de Ano Novo, e a festa é sempre a mesma, é bom estar rodeados de amigos, da família. Qual é o Natal que traz sentido a sua vida? Tire um tempo para refletir. Será que não vale a pena tirarmos sempre um dia da nossa vida, do nosso mês, da nossa semana para celebrar e festejar com os mais pobres, dar a eles a alegria de saber que o Reino dos Céus é deles em primeiro lugar? Faça isso e o seu coração vai experimentar a paz que ainda não experimentou!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL