Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Dn 7,9-10.13-14)

Leitura da Profecia de Daniel

9Eu continuava olhando até que foram colocados uns tronos, e um Ancião de muitos dias aí tomou lugar. Sua veste era branca como neve e os cabelos da cabeça, como lã pura; seu trono eram chamas de fogo, e as rodas do trono, como fogo em brasa. 10Derramava-se aí um rio de fogo que nascia diante dele; serviam-no milhares de milhares, e milhões de milhões assistiam-no ao trono; foi instalado o tribunal e os livros foram abertos.

13Continuei insistindo na visão noturna, e eis que, entre as nuvens do céu, vinha um como filho do homem, aproximando-se do Ancião de muitos dias, e foi conduzido à sua presença. 14Foram-lhe dados poder, glória e realeza, e todos os povos, nações e línguas o serviam: seu poder é um poder eterno que não lhe será tirado, e seu reino, um reino que não se dissolverá.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.

Responsório (Sl 96)

— Deus é Rei, é o Altíssimo, muito acima do universo.

— Deus é Rei, é o Altíssimo, muito acima do universo.

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.

— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.

— Porque vós sois o Altíssimo, Senhor, muito acima do universo que criastes, e de muito superais todos os deuses.

Evangelho (Mc 9,2-10)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 2Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. E transfigurou-se diante deles.

3Suas roupas ficaram brilhantes e tão brancas como nenhuma lavadeira sobre a terra poderia alvejar. 4Apareceram-lhe Elias e Moisés, e estavam conversando com Jesus.

5Então Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: “Mestre, é bom ficarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. 6Pedro não sabia o que dizer, pois estavam todos com muito medo.

7Então desceu uma nuvem e os encobriu com sua sombra. E da nuvem saiu uma voz: “Este é o meu Filho amado. Escutai o que ele diz!” 8E, de repente, olhando em volta, não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus com eles.

9Ao descerem da montanha, Jesus ordenou que não contassem a ninguém o que tinham visto, até que o Filho do Homem tivesse ressuscitado dos mortos. 10Eles observaram esta ordem, mas comentavam entre si, o que queria dizer “ressuscitar dos mortos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Busquemos, na via de oração, a transfiguração da nossa vida

Na transfiguração e na via da adoração, o nosso ser deixa resplandecer a presença de Deus em nossa vida

“Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. E transfigurou-se diante deles” (Marcos 9,2).

Hoje, celebramos a Festa da Transfiguração do Senhor, uma antecipação da Ressurreição, a festa que nos mostra que, mesmo caminhando em meio à grande Via-sacra da vida, em meio às flores e os espinhos, às dores e alegrias humanas, o Senhor nos quer transfigurados e transformados. O Senhor se transfigura diante de nós para dizer que o Reino d’Ele está presente em nosso meio.

A Palavra diz que Ele pegou pela mão Pedro, Tiago e João, para os levar a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. O ‘alto’ é o lugar do nosso encontro com Deus. No alto, nós nos rebaixamos e vemos a grandeza de Deus.

Só contemplamos a presença amorosa de Deus entre nós quando nos deixamos conduzir por Jesus. Ele pegou Pedro, Tiago e João pela mão, e deseja pegar todos nós sem nos retirar de tudo o que fazemos para estarmos a sós com Ele. Precisamos permitir que Jesus nos tire daquilo que fazemos, que seja por um tempo, por uma hora ou meia hora.

Que bênção quando tiramos aquele tempo, aquele momento do dia para procurar uma igreja e ali fazer a nossa adoração silenciosa e amorosa. Não vá para fazer vários pedidos, vá para ser transfigurado pela presença de Jesus. Que bênção quando alguém decide fazer um retiro, seja em grupo ou pessoalmente! Que bênção quando alguém se retira para uma montanha, para algum lugar deserto para estar na presença de Deus! A presença d’Ele em nossa vida nos transfigura, transforma-nos e retira de nós tudo aquilo que nos mantêm ligados a esse mundo.

A transfiguração é a transformação dos nossos sentidos; os nossos olhos contemplam Deus, os nossos ouvidos O escutam e a nossa boca fala com Ele. Na oração somos transfigurados e transformados, e os nossos sentidos se voltam para o Senhor. Na transfiguração e na via da adoração, nosso ser deixa resplandecer a presença de Deus em nossa vida.

Que, na Festa da Transfiguração do Senhor, possamos buscar, no caminho da oração, a transformação e a transfiguração da nossa própria vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL