Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Dn 7,9-10.13-14)

Leitura da Profecia de Daniel.

9Eu continuava olhando até que foram colocados uns tronos, e um Ancião de muitos dias aí tomou lugar. Sua veste era branca como neve e os cabelos da cabeça, como lã pura; seu trono eram chamas de fogo, e as rodas do trono, como fogo em brasa. 10Derramava-se aí um rio de fogo que nascia diante dele; serviam-no milhares de milhares, e milhões de milhões assistiam-no ao trono; foi instalado o tribunal e os livros foram abertos.

13Continuei insistindo na visão noturna, e eis que, entre as nuvens do céu, vinha um como filho de homem, aproximando-se do Ancião de muitos dias, e foi conduzido à sua presença. 14Foram-lhe dados poder, glória e realeza, e todos os povos, nações e línguas o serviam: seu poder é um poder eterno que não lhe será tirado, e seu reino, um reino que não se dissolverá.

— Palavra do Senhor.

— Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 96)

— Deus é Rei, é o Altíssimo, muito acima do universo.

— Deus é Rei, é o Altíssimo, muito acima do universo.

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.

— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.

— Porque vós sois o Altíssimo, Senhor, muito acima do universo que criastes, e de muito superais todos os deuses.

Evangelho (Mt 17,1-9)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. 2E foi transfigurado diante deles; o seu rosto brilhou como o sol e as suas roupas ficaram brancas como a luz. 3Nisto apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. 4Então Pedro tomou a palavra e disse: “Senhor, é bom ficarmos aqui. Se queres, vou fazer aqui três tendas: uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias”. 5Pedro ainda estava falando, quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra. E da nuvem uma voz dizia: “Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo meu agrado. Escutai-o!” 6Quando ouviram isto, os discípulos ficaram muito assustados e caíram com o rosto em terra. 7Jesus se aproximou, tocou neles e disse: “Levantai-vos, e não tenhais medo”. 8Os discípulos ergueram os olhos e não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus. 9Quando desciam da montanha, Jesus ordenou-lhes: “Não conteis a ninguém esta visão até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

A oração é a antecipação da glória de Deus

 “Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. E foi transfigurado diante deles; o seu rosto brilhou como o sol e as suas roupas ficaram brancas como a luz” (Mateus 17,1-2).

Celebramos, hoje, a Festa da Transfiguração de Jesus. É uma festa porque a Transfiguração é a antecipação da Ressurreição de Jesus, é a possibilidade de contemplarmos o Ressuscitado que depois irá ressuscitar em definitivo, quando passar pela Via Crúcis.

O Mestre Jesus pegou três dos Seus discípulos, amigos mais próximos d’Ele, para revelarem o Seu segredo. Levando Pedro, Tiago e João para um lugar à parte, subindo a montanha sagrada eles puderam contemplar o Cristo glorioso, transfigurado e transformado. Mais do que isso, tudo aquilo que representa a Lei e os profetas. Jesus está à frente de Elias e de Moisés, porque Ele é o Senhor do tempo, porque o tempo n’Ele se consome na eternidade. Jesus, como o Pai mesmo está dizendo, é verdadeiramente o Filho de Deus. Os discípulos puderam, de forma antecipada, contemplar a glória futura.

É necessário buscar o Alto como o lugar da morada de Deus, e isso se faz por meio da oração

Caminhamos em meio a nossa Via Crúcis da vida diária, mas não podemos deixar de contemplar, adorar, glorificar e ter comunhão com a vida eterna. Não podemos deixar de buscar as coisas do Alto. Por isso, Jesus tirou os Seus para um lugar à parte, para conduzi-Los ao Alto.

Não é necessário sempre subir uma montanha ou um lugar mais alto, mas é necessário buscar o Alto como o lugar da morada de Deus, e isso se faz por meio da oração.

A oração é a antecipação da glória, é a nossa comunhão profunda com Deus, é o lugar da transformação e da transfiguração. É na oração que os nossos sentidos são renovados; os nossos sentidos se abrem para a graça de Deus.

Os olhos que tantas vezes só veem tragédias, horrores, medos, pavores precisam ser transfigurados para contemplar a presença de Deus no meio de nós. Os nossos ouvidos que escutam tantas coisas ruins e desastrosas, que entram para nós, nossos ouvidos precisam se abrir para ouvir o Senhor, para deixar Deus falar. A nossa boca que, muitas vezes, diz coisas negativas ou malditas, a nossa boca e a nossa língua precisam ser transfiguradas para contemplar, adorar e dizer: “Senhor, é bom estar na Sua presença!”.

Celebremos a Transfiguração do Senhor sendo convidados também para subirmos à oração, para deixarmos de lado os nossos afazeres, ocupações e preocupações para nos entretermos e entrarmos no coração do Mestre para adorá-Lo, glorificá-Lo e exaltá-Lo para que a Sua glória brilhe sobre nós.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.