Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Gl 1,13-24)

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas.

Irmãos, 13certamente ouvistes falar como foi outrora a minha conduta no judaísmo, com que excessos perseguia e devastava a Igreja de Deus 14e como progredia no judaísmo mais do que muitos judeus de minha idade, mostrando-me extremamente zeloso das tradições paternas. 15Quando, porém, aquele que me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça 16se dignou revelar-me o seu Filho, para que eu o pregasse entre os pagãos, não consultei carne nem sangue 17nem subi, logo, a Jerusalém para estar com os que eram apóstolos antes de mim. Pelo contrário, parti para a Arábia e, depois, voltei ainda a Damasco. 18Três anos mais tarde fui a Jerusalém para conhecer Cefas e fiquei com ele quinze dias. 19E não estive com nenhum outro apóstolo, a não ser Tiago, o irmão do Senhor. 20Escrevendo estas coisas, afirmo diante de Deus que não estou mentindo. 21Depois, fui para as regiões da Síria e da Cilícia. 22Ainda não era pessoalmente conhecido das Igrejas da Judeia que estão em Cristo. 23Apenas tinham ouvido dizer que “aquele que, antes, nos perseguia, está agora pregando a fé que, antes, procurava destruir”. 24E glorificavam a Deus por minha causa.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 138)

— Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!

— Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!

— Senhor, vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento ou me levanto; de longe penetrais meus pensamentos, percebeis quando me deito e quando eu ando, os meus caminhos vos são todos conhecidos.

— Fostes vós que me formastes as entranhas, e no seio de minha mãe vós me tecestes. Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, porque de modo admirável me formastes! Que prodígio e maravilha as vossas obras!

— Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis; nenhuma sequer de minhas fibras ignoráveis; quando eu era modelado ocultamente, era formado nas entranhas subterrâneas.

Evangelho (Lc 10,38-42)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. 39Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra. 40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!” 41O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. 42Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Paremos para escutar a Palavra do Senhor

 “Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra” (Lucas 10,39).

Quando Jesus vai à Betânia, vai à casa dos seus amigos; e a casa de seus amigos é, justamente, a casa de Marta, Maria e Lázaro. É interessante a forma como Jesus é recebido quando chega nessa casa de amigos.

Há aquele amigo que está ocupado com suas tarefas e obrigações e já sabe que Jesus é de casa, então, Jesus entra e a pessoa continua fazendo aquilo que são as suas obrigações e, depois, dá atenção para o Senhor.

Marta, na verdade, é a figura de cada um de nós demasiadamente atarefado e ocupado com obrigações, trabalhos, responsabilidades, e não são poucas as nossas ocupações, os nossos trabalhos, não é pouco dizermos: “Estou muito atarefado”.

E realmente temos as nossas tarefas, os nossos trabalhos, ocupações e responsabilidades. Às vezes, as 24 horas do dia não são suficientes para fazermos tudo o que temos de fazer. Mas aqui, cuidado! Porque o excesso de tarefas, o centralizar em nossas obrigações a razão de viver, vai tirando a nossa vida do eixo da graça, vai tirando a nossa vida do seu próprio sentido existencial. Se não temos tempo para Deus e para o nosso próximo, estamos vivendo uma vida ativista, mas não estamos vivendo uma vida na graça.

Se você que ser uma pessoa íntima e próxima de Deus, pare para escutar a Sua Palavra

Primeiro, se não temos tempo para nos sentarmos aos pés do Senhor para escutá-Lo, podemos fazer todo o trabalho para Deus: pregar, evangelizar, cuidar da minha casa, mas preciso escutá-Lo.

Quando Jesus exalta Maria porque ela escolheu a melhor parte e a melhor parte jamais lhe será tirada, é porque, na verdade, a única coisa que vai nos restar é o Senhor, o resto tudo mais será tirado de nós. Tudo mesmo: trabalho vai passar, empregos vão passar, oportunidades irão embora, as coisas materiais que cuidamos… Tudo isso vai passar; não permaneceremos com nada. Mas quando o Senhor é a nossa maior riqueza, ninguém pode tirá-Lo de nós.

Não podemos deixar de considerar como tempo mais precioso da nossa vida, o tempo que paramos para escutar o Senhor, para nos sentarmos aos pés d’Ele para ouvi-Lo. Escutamos todo mundo, escutamos fofocas, redes sociais, rádio, televisão, os barulhos todos que estão dentro de nós e, por isso, somos essas pessoas tão bagunçadas, desorientadas, desnorteadas porque tem barulhos de mais gritando dentro de nós.

Que beleza parar para escutar o Senhor! Esse deve ser o exercício mais importante da nossa vida! Se você que ser uma pessoa íntima e próxima de Deus, pare para escutar a Sua Palavra. Maria o fez, sentou-se aos Seus pés e a Palavra penetrou na sua vida e, por isso, ela é bem-aventurada.

Que a nossa vida também seja marcada pela bem-aventurança e pela felicidade que é verdadeira. Porque a felicidade maior é escutar o Senhor falando a nós por meio da Sua Palavra.

Deus abençoe você!   

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios