Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 5,27-33)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 27eles levaram os apóstolos e os apresentaram ao Sinédrio. O sumo sacerdote começou a interrogá-los, 28dizendo: “Nós tínhamos proibido expressamente que vós ensinásseis em nome de Jesus. Apesar disso, enchestes a cidade de Jerusalém com a vossa doutrina. E ainda nos quereis tornar responsáveis pela morte desse homem!”

29Então Pedro e os outros apóstolos responderam: “É preciso obedecer a Deus, antes que aos homens. 30O Deus de nossos pais ressuscitou Jesus, a quem vós matastes, pregando-o numa cruz. 31Deus, por seu poder, o exaltou, tornando-o Guia Supremo e Salvador, para dar ao povo de Israel a conversão e o perdão dos seus pecados. 32E disso somos testemunhas, nós e o Espírito Santo, que Deus concedeu àqueles que a Ele obedecem”. 33Quando ouviram isto, ficaram furiosos e - Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 33)

— Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido.

— Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido.

— Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre em minha boca. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

— Mas ele volta a sua face contra os maus, para da terra apagar sua lembrança. Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta e de todas as angústias os liberta.

— Do coração atribulado ele está perto e conforta os de espírito abatido. Muitos males se abatem sobre os justos, mas o Senhor de todos eles os liberta.

Evangelho (Jo 3,31-36)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

31“Aquele que vem do alto está acima de todos. O que é da terra, pertence à terra e fala das coisas da terra. Aquele que vem do céu está acima de todos. 32Dá testemunho daquilo que viu e ouviu, mas ninguém aceita o seu testemunho. 33Quem aceita o seu testemunho atesta que Deus é verdadeiro. 34De fato, aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, porque Deus lhe dá o espírito sem medida.

35O Pai ama o Filho e entregou tudo em sua mão. 36Aquele que acredita no Filho possui a vida eterna. Aquele, porém, que rejeita o Filho não verá a vida, pois a ira de Deus permanece sobre ele”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Sejamos obedientes à voz de Deus

Para andar na graça do Espírito, para ser iluminado e conduzido por Ele, é preciso ter docilidade, obediência e escuta à voz de Deus

“E disso somos testemunhas, nós e o Espírito Santo, que Deus concedeu àqueles que a Ele obedecem” (At 5, 32).

A grande graça que Deus dá àqueles que obedecem Sua voz, que escutam Seus mandamentos e os colocam em prática é a graça do dom do Espírito Santo.

O Espírito do Senhor é dom para toda a Igreja, é o dom dado a todos os fiéis pela graça do batismo. Mas para andar na graça do Espírito, para ser iluminado e conduzido por Ele, é preciso ter docilidade, obediência e escuta à voz de Deus!

A palavra “obediência” vem da expressão latina oboedire, ou seja, capacidade de escutar. Escutar não se trata apenas de ouvir, mas escutar e, a partir disso, tomar a direção do que está ouvindo.

Sabe, meus irmãos, muitas vezes, escutamos, mas não ouvimos; estamos vendo as pessoas falando, pregando a respeito de Deus, vamos à igreja e escutamos o padre, o irmão falar, mas o nosso interior não capta, não absorve nem assimila para valer aquilo que está sendo ensinado e pregado, porque, muitas vezes, falta abertura para a graça, para o dom. E uma vez que nos falta abertura, pode faltar-nos também a disposição de colocarmos em prática o que estamos ouvindo e, dentro de nós, resistências vão sendo criadas.

Quantas vezes, somos resistentes à Palavra de Deus, colocamos objeções, interrogações e dificuldades! E quando colocamos dificuldades para a Palavra de Deus em nós, não conseguimos entendê-la, quanto menos praticá-la.

Se formos dóceis e obedientes à voz do Senhor, experimentaremos o melhor d’Ele, que é a graça do Seu Espírito em nós. É por esse motivo que, quando o Paráclito é derramado sobre nós e somos conduzidos por Ele, podemos testemunhar para o mundo aquilo que Jesus realiza no meio de nós.

Tornamo-nos verdadeiras testemunhas dos acontecimentos, porque não falamos somente daquilo que ouvimos dizer de outros, mas nos tornamos testemunhas, porque vimos a ação acontecer entre nós, em nossa vida.

Não dá para ser testemunha somente da boca para fora, é preciso testemunhar o que o coração experimenta. Se formos dóceis e obedientes à voz e à ação do Espírito, Ele realizará a ação de Deus em nossa vida!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/rogeraraujo.cn

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios