Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Jl 1,13-15; 2,1-2)

Leitura da Profecia de Joel.

1,13Ponde as vestes e chorai, sacerdotes, gemei, ministros do altar. Entrai no templo, deitai-vos em sacos, ministros de Deus; a casa de vosso Deus está vazia de oblações e libações.

14Prescrevei o jejum sagrado, convocai a assembleia, congregai os anciãos e toda a gente do povo na casa do Senhor, vosso Deus, e clamai ao Senhor: 15“Ai de nós neste dia! O dia do Senhor está às portas, está chegando com a força devastadora da tempestade.

2,1Tocai trombeta em Sião, gritai alerta em meu santo monte; tremam os habitantes da terra, pois está chegando o dia do Senhor, ele está às portas. 2É um dia de escuridão fechada, dia de nuvens e remoinhos; como aurora espraiada nos montes, assim é um povo numeroso e forte, tal como jamais se viu algum outro nem jamais se verá, até os anos de gerações futuras”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 9)

— O Senhor há de julgar o mundo inteiro com justiça.

— O Senhor há de julgar o mundo inteiro com justiça.

— Senhor, de coração vos darei graças, as vossas maravilhas cantarei! Em vós exultarei de alegria, cantarei ao vosso nome, Deus Altíssimo!

— Repreendestes as nações, e os maus perdestes, apagastes o seu nome para sempre. Os maus caíram no buraco que cavaram, nos próprios laços foram presos os seus pés.

— Mas Deus sentou-se para sempre no seu trono, preparou o tribunal do julgamento; julgará o mundo inteiro com justiça, e as nações há de julgar com equidade.

Evangelho (Lc 11,15-26)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus estava expulsando um demônio. 15Mas alguns disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios”.

16Outros, para tentar Jesus, pediram-lhe um sinal do céu. 17Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra. 18Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios. 19Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes. 20Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus.

21Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros. 22Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava, e reparte o que roubou.

23Quem não está comigo, está contra mim. E quem não recolhe comigo, dispersa. 24Quando o espírito mau sai de um homem, fica vagando em lugares desertos, à procura de repouso; não o encontrando, ele diz: ‘Vou voltar para minha casa de onde saí’. 25Quando ele chega encontra a casa varrida e arrumada. 26Então ele vai, e traz consigo outros sete espíritos piores do que ele. E, entrando, instalam-se aí. No fim, esse homem fica em condição pior do que antes”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Preenchamos o nosso coração da graça de Deus

“Quando o espírito mau sai de um homem, fica vagando em lugares desertos, à procura de repouso; não o encontrando, ele diz: ‘Vou voltar para minha casa de onde saí’” (Lucas 11,24).

O ministério de Jesus é um mistério de cura, de libertação e de restauração da nossa natureza humana machucada, dominada, muitas vezes, pelo poder do mal, doente e enferma; e Jesus nos quer curados e libertos, Ele não quer que o mal esteja agindo em nós. É por isso que está expulsando o demônio, está mandando para longe a ação do maligno da nossa vida.

Quando nos voltamos para dentro de nós, percebemos quantas coisas más, estragadas, velhas, malignas e diabólicas estão agindo em nós: maus pensamentos, maus sentimentos, ressentimentos, mágoas, rancores, más intenções, desejos maus em relação aos outros, maquinações perversas que, muitas vezes, saem de nós.

Precisamos orar e nos preenchermos da graça para que a desgraça do pecado não volte a agir em nossa vida

Precisamos permitir que Jesus nos liberte do poder do mal cada dia da nossa vida. Não podemos ficar à mercê do maligno, porque o espírito que habita em nós é o espírito da graça, é o Espírito Santo de Deus, é n’Ele que somos batizados, é Ele quem está em nós. Temos de nos deixar ser movidos e guiados pelo Espírito, porque os espíritos malignos estão à procura de morar e ficar em nós.

O exemplo daquilo que é dito hoje no Evangelho: quando o espírito mau sai daquele homem é expulso dele, Jesus relata que ele fica ainda vagando. E uma vez que não vai encontrar ou não encontra espaço em outro lugar, ele quer voltar para onde ele saiu, por isso não é importante somente nos libertarmos do poder do mal, mas sim nos preenchermos do poder da graça, é importante que o mal saia de nós e que o Espírito de Deus esteja em nós. Porque, se ficarmos vazios, o espírito maligno volta, e, muitas vezes, pior. E ele traz consigo outros sete espíritos piores. No fim, a condição daquele homem fica pior do que antes.

Quantas pessoas já vi serem libertas da ação do mal! Já vi pessoas que bebiam e deixaram de beber, fumavam e deixaram de fumar. Já vi pessoas que tinham, muitas vezes, um comportamento agressivo de serem curadas da sua agressividade, da forma impulsiva ou maldosa de agir.

Veja como é importante: assim como eu me alimento, todos os dias, para me manter firme, forte e me manter em pé, se não alimento a minha alma nem o meu coração da presença de Deus, da oração, se não fortifico o meu espírito, a minha alma, aquilo que penso que estou livre, não estou; o maligno volta, o sentimento ruim volta, a ação maligna volta e, muitas vezes, em vez de melhorarmos, ficamos piores do que antes.

Não basta esvaziar e limpar a casa, não basta esvaziar e limpar o coração, é preciso deixar que Deus nos purifique, porém, é preciso vigiar, é preciso orar e nos preenchermos da graça, para que a desgraça do pecado, do mal, dos vícios, para que o maligno não volte a agir em nossa vida. É da graça de Deus que precisamos nos preencher a cada dia!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.