Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Jo 4,19–5,4)

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, 19quanto a nós, amamos a Deus porque ele nos amou primeiro. 20Se alguém disser: “Amo a Deus”, mas entretanto odeia o seu irmão, é um mentiroso; pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê. 21E este é o mandamento que dele recebemos: aquele que ama a Deus, ame também o seu irmão.

5,1Todo o que crê que Jesus é o Cristo nasceu de Deus, e quem ama aquele que gerou alguém, amará também aquele que dele nasceu. 2Podemos saber que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. 3Pois isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados, 4pois todo o que nasceu de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que venceu o mundo: a nossa fé.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 71)

— As nações de toda a terra, hão de adorar-vos, ó Senhor!

— As nações de toda a terra, hão de adorar-vos, ó Senhor!

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

— Há de livrá-los da violência e opressão, pois vale muito o sangue deles a seus olhos! Hão de rezar também por ele sem cessar, bendizê-lo e honrá-lo cada dia.

— Seja bendito o seu nome para sempre! E que dure como o sol sua memória! Todos os povos serão nele abençoados, todas as gentes cantarão o seu louvor.

Evangelho (Lc 4,14-22a)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14Jesus voltou para a Galileia, com a força do Espírito, e sua fama espalhou-se por toda a redondeza. 15Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam. 16E veio à cidade de Nazaré onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura.

17Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: 18“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos 19e para proclamar um ano da graça do Senhor”.

20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. 21Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”.

22aTodos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Amemos os nossos irmãos

“Se alguém disser: ‘Amo a Deus’, mas entretanto odeia o seu irmão, é um mentiroso; pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê” (1Jo 4,20).

Eu sei que não é muito difícil amar a Deus, porque esse ser que nos criou à Sua imagem e semelhança é silencioso.  Encontramos Deus na contemplação, e, por não buscarmos uma contemplação e uma meditação tão profunda, até nos esquivamos de Deus em muitas coisas, então, não vivemos uma experiência de Deus mística e profunda.

Deus é procurado para atender as nossas necessidades, o que queremos e precisamos quando, na verdade, precisamos procurá-Lo para sermos transformados n’Ele e na imagem d’Ele.

A primeira coisa que Deus faz é infundir o Seu amor em nós. O Seu amor em nós nos plenifica e nos torna semelhantes a Ele. Não é quando falamos d’Ele, quando nos dirigimos a Ele, mas é quando o amor d’Ele está em nós; é quando as pessoas veem saindo de nós um amor puro, verdadeiro e concreto, porque o que tem saído de nós até em demasia são os nossos rancores, ressentimentos, mágoas transformadas, muitas vezes, em ódio.

Que Deus nos ensine a amar, porque, amando os irmãos estaremos amando a Deus de verdade

Infelizmente o ódio está presente nas fileiras do cristianismo, nas fileiras dos seguidores de Jesus. Há muitas pessoas semeando ódio, discórdia, colando-se umas contra as outras em nome de Jesus.

Não sei a qual Jesus elas seguem, qual Deus elas pregam, nem perco tempo para julgar esse ou aquele, mas quando vejo alguém vir falar de Deus bonito e, em seguida, já falar mal de outra pessoa; quando vejo as nossas redes sociais onde proliferam tantos pensamentos e sentimentos, pessoas que estão lá para semear a discórdia, eu já ignoro.

Ninguém pode semear a Deus e semear a discórdia, ninguém pode semear a Deus e semear ódio. Ninguém pode semear a Palavra de Deus e se colocar contra os seus irmãos.

Podemos ter divergências, pensamentos diferentes, podemos até nos decepcionar e nos magoar. Paulo se desentendeu com Pedro, tantos durante o seguimento de Cristo se desentendem, mas nada justifica odiar.

Como vamos dizer que amamos um Deus a quem nem vemos? Porque não vemos a Deus, e quem diz que O vê está se enganando e querendo enganar os outros. Como vamos amar a Deus que não vemos, se não conseguimos amar o irmão que está à nossa frente? Às vezes, não amamos a pessoa dentro da nossa própria casa, na nossa própria convivência. Não conseguimos amar o nosso irmão de Igreja, irmão de fé.

Não vamos para a Igreja impor o que nós pensamos ou achamos. Só vamos para a Igreja para nos amarmos, mas quando não conseguimos amar porque achamos que os outros são um problema, resolvemos nos afastar. Isso acontece também com a família, quando não conseguimos amar dentro da família e resolvemos nos afastar. Vivemos sendo aquela pessoa que só se afasta, que vai criando dentro de si todos aqueles sentimentos que precisam ser purificados pelo amor de Deus, mas nos deixamos ser contaminados pelos sentimentos negativos mundanos e, sobretudo, sentimentos de ódio.

Que Deus nos ensine a amar, porque, amando os irmãos estaremos amando a Deus de verdade.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios