Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Ez 2,8-3,4)

Leitura da Profecia de Ezequiel.

Assim fala o Senhor: 2,8“Quanto a ti, Filho do homem, escuta o que eu te digo: Não sejas rebelde como esse bando de rebeldes. Abre a boca e come o que eu te vou dar”. 9Eu olhei e vi uma mão estendida para mim e, na mão, um livro enrolado. Desenrolou-o diante de mim; estava escrito na frente e no verso e nele havia cantos fúnebres, lamentações e ais.

3,1Ele me disse: “Filho do homem, come o que tens diante de ti! Come este rolo e vai falar aos filhos de Israel”. 2Eu abri a boca, e ele fez-me comer o rolo. 3Depois disse-me: “Filho do homem, alimenta teu ventre e sacia as entranhas com este rolo que eu te dou”. Eu o comi, e era doce como mel em minha boca. 4Ele disse-me então: “Filho do homem, vai! Dirige-te à casa de Israel e fala-lhes com as minhas palavras”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 118)

— Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!

— Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!

— Seguindo vossa lei me rejubilo muito mais do que em todas as riquezas.

— Minha alegria é a vossa Aliança, meus conselheiros são os vossos mandamentos.

— A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

— Como é doce ao paladar vossa palavra, muito mais doce do que mel na minha boca!

— Vossa palavra é minha herança para sempre, porque ela é que me alegra o coração!

— Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos.

Evangelho (Mt 18,1-5.10.12-14)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?” 2Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. 4Quem se faz pequeno como esta criança, este é o maior do Reino dos Céus. 5E quem recebe em meu nome uma criança como esta é a mim que recebe.

10Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus. 12Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu? 13Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam.14Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Que nosso coração seja puro como o de uma criança

É preciso tornar-se puro como uma criança na prática e na vivência do bem

“Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus”(Mateus 18,3). 

Queremos entrar no Reino dos Céus e somos chamados a entrá-lo. Ele está entre nós. Por que não entramos nele ainda? Porque para entrar é preciso converter-se. E de que modo vamos nos converter? Tornando-nos crianças!

Não pense que se tornar criança é tornar-se ingênuo como é uma delas. A criança é um ser puro, e quanto mais criança for, mais pequenino for, mais puro será. É uma beleza pegar uma criança no colo! É uma pureza! E não há maldade nenhuma nela! Quanto mais essa criança cresce, mais vai se tomando uma pessoa deste mundo.

A maldade não está só no mundo, o problema é a maldade que vem para dentro de nós.

Precisamos nos purificar e nos lavar, precisamos recuperar a nossa inocência primeira, totalmente diferente da ingenuidade. Uma criança pequena é incapaz de fazer mal ao outro; e ela só faz o mal quando toma consciência do que é ser má, quando é incentivada ou a maldade lhe é mostrada.

Nós adultos temos muitas maldades dentro de nós. Desejamos, fazemos, planejamos e vivemos em meio a tantas maldades, e nos acostumamos com isso. No Reino de Deus, não há lugar para a maldade, para falar mal dos outros e planejar o mal para eles. Por isso é preciso tornar-se puro como uma criança na prática e na vivência do bem!

Criança é dócil, apega-se, está no colo do pai ou da mãe. Precisamos estar no colo de Deus! É no colo que se cuida, que se transmite amor e vida.

A coisa mais linda da vida é quando a mãe dá de amamentar a sua criança, quando ela tira de si para dar ao filho. Como precisamos nos amamentar da Palavra de Deus e da Sua graça! Precisamos nos nutrir daquilo que vem do Seu coração.

Quando crescemos, tornamo-nos autossuficientes, donos da razão e das coisas. Até cremos em Deus e queremos muito bem a Ele, porque sem Ele nossa vida nem sentido teria. Mas não é só crer em Deus, não é só saber que Ele nos ama, é preciso entrar em Sua dinâmica.

A criança é aquela que se coloca no colo de Deus! E Ele quer nos pegar pelo colo, quer nos pegar pela mão como um Pai pega a mão de uma criança e a conduz para lá e para cá. Como um Pai que vê que aquele caminho vai ser mau para o Seu filho, então, não o deixa ir, mas o pega pela mão e segura.

Quando a criança vai crescendo, ela foge do pai; porém, quanto mais criança for, mais ela foge para estar no colo e na proteção do pai.

Precisamos correr para o colo de Deus, precisamos nos refugiar em Seu colo, pois lá é lugar de cura, libertação e restauração!

Deus nos quer em Seu Reino. Deixemos que nossa cabeça e nosso coração se tornem puros e dóceis como o de uma criança, para que Ele cuide de nós!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/rogeraraujo.cn

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios