Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Jo 5,5-13)

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, 5quem é o vencedor do mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? 6Este é o que veio pela água e pelo sangue: Jesus Cristo. (Não veio somente com a água, mas com a água e o sangue.) E o Espírito é que dá testemunho, porque o Espírito é a Verdade. 7Assim, são três que dão testemunho: 8o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.

9Se aceitamos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior. Este é o testemunho de Deus, pois ele deu testemunho a respeito de seu Filho. 10Aquele que crê no Filho de Deus tem este testemunho dentro de si. Aquele que não crê em Deus faz dele um mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho. 11E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. 12Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho não tem a vida. 13Eu vos escrevo estas coisas a vós que acreditastes no nome do Filho de Deus, para que saibais que possuís a vida eterna.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 147)

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém! Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! Pois reforçou com segurança as tuas portas, e os teus filhos em teu seio abençoou.

— A paz em teus limites garantiu e te dá como alimento a flor do trigo. Ele envia suas ordens para a terra e a palavra que ele diz corre veloz.

— Anuncia a Jacó sua palavra, seus preceitos, suas leis a Israel. Nenhum povo recebeu tanto carinho, a nenhum outro revelou os seus preceitos.

Evangelho (Lc 5,12-16)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

12Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. 13Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero, fica purificado”. E, imediatamente, a lepra o deixou. 14E Jesus recomendou-lhe: “Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura”.

15Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouvi-lo e serem curadas de suas enfermidades. 16Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Deixemo-nos conduzir pela unção de Cristo

 “Assim, são três que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes” (1Jo 5,7).

É importante olharmos aquilo que a Palavra de Deus está nos dizendo porque fomos ungidos em Cristo. Jesus Cristo nos deu a Sua unção porque Ele é o ungido do Pai, e são três que testemunham a unção de Deus em nós.

O primeiro é óbvio: o próprio Espírito Santo, o Espírito que foi derramado em nossa alma, em nosso coração, que nos foi dado quando fomos batizados. O selo do Espírito está em nosso peito, está na nossa alma, em nosso coração e em nossa mente.O Espírito de Deus está em nós, precisamos dar a vida a esse Espírito que está em nós e não podemos aniquilar a ação d’Ele em nós. O Espírito nos leva a testemunhar, a proclamar e amar.

Se não estamos proclamando e anunciando a Jesus, se não estamos amando uns aos outros é porque não estamos deixando nos conduzir pela unção que recebemos do Espírito. A forma desse Espírito nos ungir é pela água e pelo sangue, a água que nos lavou no Espírito. Não foi simplesmente um ritual simbólico, aquela água nos lavou e nos purificou para sermos todos de Deus.

Cristo nos deu a Sua unção porque Ele é ungido do Pai, e são três que testemunham a unção de Deus em nós

Precisamos sempre voltar às águas batismais simbolizadas, na pia batismal de nossa Igreja, mas também sacramentalizada no sacramento da confissão e em todos os momentos em que participamos de purificação e regeneração da alma.

A água é sempre para nós a vitalidade e o revigoramento da alma em Deus. Não podemos permanecer sujos, não podemos permanecer no pecado, por isso, o Espírito está nos lavando; e precisamos constantemente nos lavar.

Outro testemunho foi dado pelo sangue de Cristo Jesus. Ele disse: “Pai, em tuas mãos Eu entrego o meu Espírito”, do Seu lado aberto saía sangue e água do batismo. O sangue é o próprio Cristo porque o sangue é a vida, por isso, a Eucaristia é o sacramento do corpo e sangue do Senhor.

No pensamento e, sobretudo, na teologia bíblica, o sangue representa toda a vida humana. Quando diz que Ele derramou Seu sangue, diz que Ele derramou toda a Sua vida, toda o Seu amor por nós.

O sangue de Jesus é o alimento da nossa vida. Quando recebemos na Eucaristia o corpo do Senhor, recebemos a vida do Senhor em nós. Precisamos deixar que a vida de Cristo esteja em nós, deixar que a vida d’Ele esteja cultivada em nós.

Como precisamos viver em Cristo para que Ele viva em nós! Como precisamos realmente mergulhar no sangue de Jesus! O sangue que circula em nós é aquele que nos dá a vida, o sangue que nos leva a ter vigor, vitalidade, responsabilidade e impulso. O sangue que nos retém, que nos leva a ter rancor, raiva, medo, pavor, o sangue ferve dentro de nós, o sangue se acalma dentro de nós.

Precisamos do sangue de Jesus em nós, da vida d’Ele em nós para sermos impulsionados por esse sangue para darmos a nossa vida e o nosso sangue por amor a Deus.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios