Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Sm 1,1-8)

Início do Primeiro Livro de Samuel.

1Havia um homem sufita, oriundo de Ramá, no monte Efraim, que se chamava Elcana, filho de Joroam, filho de Eliú, filho de Tou, filho de Suf, efraimita.

2Elcana tinha duas mulheres; uma chamava-se Ana e a outra Fenena. Fenena tinha filhos; Ana, porém, não tinha. 3Todos os anos, esse homem subia da sua cidade para adorar e oferecer sacrifícios ao Senhor todo-poderoso, em Silo.

Os dois filhos de Heli, Ofni e Fineias, eram sacerdotes do Senhor naquele santuário. 4Quando oferecia sacrifício, Elcana dava à sua mulher Fenena e a todos os seus filhos e filhas as porções que lhes cabiam. 5A Ana, embora a amasse, dava apenas uma porção escolhida, pois o Senhor a tinha deixado estéril.

6Sua rival também a magoava e atormentava, humilhando-a pelo fato de o Senhor a ter tornado estéril. 7E isso acontecia todos os anos. Sempre que subiam à casa do Senhor, ela a provocava do mesmo modo. E Ana chorava e não comia.

8Então, Elcana, seu marido, lhe disse: “Ana, por que estás chorando e não te alimentas? E por que se aflige o teu coração? Acaso não sou eu melhor para ti do que dez filhos?”

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 115)

— Oferto ao Senhor um sacrifício de louvor.

— Oferto ao Senhor um sacrifício de louvor.

— Que poderei retribuir ao Senhor Deus por tudo aquilo que ele fez em meu favor? Elevo o cálice da minha salvação, invocando o nome santo do Senhor.

— Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido. Por isso oferto um sacrifício de louvor, invocando o nome santo do Senhor.

— Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido; nos átrios da casa do Senhor, em teu meio, ó cidade de Sião!

Evangelho (Mc 1,14-20)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

14Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: 15“O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos, e crede no Evangelho!”

16E, passando à beira do mar da Galileia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. 17Jesus lhes disse: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. 18E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus.

19Caminhando mais um pouco, viu também Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca, consertando as redes; 20e logo os chamou. Eles deixaram seu pai Zebedeu na barca com os empregados, e partiram, seguindo Jesus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Escolha entrar na companhia de pesca de Jesus

“Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus” (Marcos 1,17).

“Segui-me!” Estar perto de Jesus, estar com Jesus é o nosso primeiro chamado. A proximidade com Jesus é o fundamento de tudo, e a nossa vida cristã só tem sentido se estivermos perto d’Ele. O convite que Jesus faz é a intimidade com Ele que, depois, é claro, vai gerar uma resposta vocacional, um engajamento, que depois vai nos pedir também uma entrega de vida, nas diversas formas que nós temos na Igreja. Mas a fé em Jesus e a experiência com Ele é de uma companhia, é de uma presença e de uma intimidade.

Os discípulos faziam parte de uma companhia, a companhia de pesca e, agora, eles farão parte de uma outra companhia para estar na companhia de Jesus. Lembra-me o fundamento da Congregação dos Jesuítas, da ordem dos Jesuítas no Brasil, a chamada: Companhia de Jesus. É isso, é estar na intimidade de Jesus, perto do Seu coração.

“Seguir” quer dizer que o discípulo caminha atrás do Mestre. No mundo de hoje, marcado pela ânsia por liderança, pelo comando, pelo poder, por cargos de chefia; no mundo marcado por esta forma, Jesus nos chama à escola do discipulado onde a última lição vai ser o lava-pés, a entrega total na cruz. Esse é o nosso Mestre e Senhor, é isso que Ele nos ensina.

Escolha seguir Jesus, escolha entrar nessa companhia de pesca, ser pescador de homens e de almas

“Pescadores de homens”, ensinaremos a outros esse caminho de salvação, aquilo que nós experimentamos, aquilo que nós vivemos com o Senhor, Ele quer que nós também compartilhemos com outros, que nós sejamos pescadores de homens. Você ajudará outros a deixarem uma vida velha e a se aventurarem numa vida nova. Você também será instrumento para que outros conheçam essa verdade na igreja, nas obras de apostolado da igreja, nas missões da igreja, que é a missão do Filho de Deus, você também será pescador de homens.

A decisão precisa ser radical, os discípulos imediatamente deixaram as redes e seguiram Jesus. A proposta de Jesus toca o desejo de plenitude no coração dos discípulos, porque, para deixarem imediatamente, certamente, aquela palavra de Jesus, aquela proposta de Jesus tocou no mais profundo do coração daqueles homens. Se você permitir que a voz de Cristo ecoe dentro de você, você vai encontrar força e capacidade para responder ao chamado que Ele lhe faz. Seja qual for esse chamado, não tenha medo, não tenha receio, deixe que esta voz de Jesus ecoe dentro do seu coração com força para que você também, radicalmente, escolha seguir Jesus, escolha entrar nessa companhia de pesca, ser pescador de homens e de almas, e a viver a linda aventura de construir o Reino de Deus.

Sobre todos vós, a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Donizete Ferreira - Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.