Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 16,11-15)

Leitura dos Atos dos Apóstolos

11Embarcamos em Trôade e navegamos diretamente para a ilha de Samotrácia. No dia seguinte, ancoramos em Neápolis, 12de onde passamos para Filipos, que é uma das principais cidades da Macedônia, e que tem direitos de colônia romana. Passamos alguns dias nessa cidade.

13No sábado, saímos além da porta da cidade para um lugar junto ao rio, onde nos parecia haver oração. Sentados, começamos a falar com as mulheres que estavam aí reunidas. 14Uma delas chamava-se Lídia; era comerciante de púrpura, da cidade de Tiatira. Lídia acreditava em Deus e escutava com atenção. O Senhor abriu o seu coração para que aceitasse as palavras de Paulo.

15Após ter sido batizada, assim como toda sua família, ela convidou-nos: “Se vós me considerais uma fiel do Senhor, permanecei em minha casa”. E forçou-nos a aceitar.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 149)

— O Senhor ama seu povo de verdade.

— O Senhor ama seu povo de verdade.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória aos seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos, com louvores do Senhor em sua boca, eis a glória para todos os seus santos.

Evangelho (Jo 15,26–16,4a)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:

15,26“Quando vier o Defensor que eu vos mandarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim.

27E vós também dareis testemunho, porque estais comigo desde o começo. 16,1Eu vos disse estas coisas para que a vossa fé não seja abalada. 2Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que aquele que vos matar julgará estar prestando culto a Deus. 3Agirão assim, porque não conheceram o Pai, nem a mim. 4aEu vos digo isto, para que vos lembreis de que eu o disse, quando chegar a hora”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Deixemo-nos mover pelo Espírito de Deus

 “Quando vier o Defensor que eu vos mandarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim” (João 15,26).

Que graça aquilo que Jesus está nos prometendo, e promessa de Deus é promessa de Deus. Jesus está dizendo que enviará o Defensor, é um outro nome no qual se evidencia a ação do Espírito de Deus em nós.

O Espírito Santo é Advogado, Paráclito, Intercessor, e Ele é o Defensor. Sabemos que o Defensor é aquele que nos defende do mal, do mundo e do maligno. O Defensor é aquele que age em nosso favor, é aquele que está em nós, que advoga por nós junto do Pai, e não deixa que o mal aja sobre nós.

Às vezes, perguntamo-nos como os salmistas: “Quem há de nos proteger?”, “Quem há de nos defender?”. E Jesus está nos dizendo que Ele enviará da parte do Pai o Defensor, o Espírito da Verdade que procede do Pai. Esse Espírito em nós dá testemunho de Jesus; esse Espírito, agindo em nós, coloca-nos na comunhão com Jesus. Ele não só testemunha a ação de Cristo em nós, como nos leva a testemunhar Jesus no mundo.

O Espírito de Deus é aquele que nos acalma, que nos coloca na presença silenciosa e amorosa de Deus

Muitas vezes, encontramo-nos perdidos, sem saber o que fazer, sem saber como proclamar o nome de Deus em casa e na família; muitas vezes, sentimo-nos sem criatividade e motivação para a ação.

Coloquemo-nos sob o domínio do Espírito, coloquemo-nos sob os cuidados d’Ele. Deixemo-nos ser guiados pelo Espírito que Jesus nos deu.

Muitas vezes, encontramo-nos na defensiva, procurando defender-nos daquilo que os outros estão dizendo contra nós, procurando defender-nos diante das nossas fragilidades. Ficamos, dentro da cabeça, argumentando, arguindo com nós mesmos, com vontade de dizer um monte de coisas para as pessoas. Estamos gastando energia cerebral e emocional; estamos nos desgastando, mental e emocionalmente falando, quando, na verdade, tudo o que precisamos é estar no Espírito.

Não nos deixemos mover pelo espírito mundano que procura revanchismo, o combate de uns contra os outros. Esse espírito é mundano, e não é o Espírito de Deus.

O Espírito de Deus é aquele que nos acalma, que nos coloca na presença silenciosa e amorosa de Deus. O Espírito de Deus é aquele que nos advoga, defende-nos e guia-nos.

Deixemo-nos guiar pelo Espírito prometido por Jesus!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios