Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Primeira Leitura (Is 41,13-20)

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

13Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tomo pela mão e te digo: “Não temas; eu te ajudarei. 14Não tenhas medo, Jacó, pobre verme, não temais, homens de Israel. Eu vos ajudarei”, diz o Senhor e Salvador, o Santo de Israel.

15Eis que te transformei num carro novo de triturar, guarnecido de dentes de serra. Hás de triturar e despedaçar os montes, e reduzirás as colinas a poeira. 16Ao expô-los ao vento, o vento os levará e o temporal os dispersará; exultarás no Senhor e te alegrarás no Santo de Israel.

17Pobres e necessitados procuram água, mas não há, estão com a língua seca de sede. Eu, o Senhor, os atenderei, eu, Deus de Israel, não os abandonarei. 18Farei nascer rios nas colinas escalvadas e fontes no meio dos vales; transformarei o deserto em lagos e a terra seca em nascentes d’água.

19Plantarei no deserto o cedro, a acácia e a murta e a oliveira; crescerão no ermo o pinheiro, o olmo e o cipreste juntamente, 20para que os homens vejam e saibam, considerem e compreendam que a mão do Senhor fez essas coisas e o Santo de Israel tudo criou.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 144)

— Misericórdia e piedade é o Senhor! Ele é amor, é paciência, é compaixão.

— Misericórdia e piedade é o Senhor! Ele é amor, é paciência, é compaixão.

— Ó meu Deus, quero exaltar-vos, ó meu Rei, e bendizer o vosso nome pelos séculos. O Senhor é muito bom para com todos, sua ternura abraça toda criatura.

— Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, e os vossos santos com louvores vos bendigam! Narrem a glória e o esplendor do vosso reino e saibam proclamar vosso poder!

— Para espalhar vossos prodígios entre os homens e o fulgor de vosso reino esplendoroso. O vosso reino é um reino para sempre, vosso poder, de geração em geração.

Evangelho (Mt 11,11-15)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 11“Em verdade eu vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior do que João Batista. No entanto, o menor no Reino dos Céus é maior do que ele. 12Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos Céus sofre violência, e são os violentos que o conquistam. 13Com efeito, todos os profetas e a Lei profetizaram até João. 14E se quereis aceitar, ele é o Elias que há de vir. 15Quem tem ouvidos, ouça”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O Reino dos Céus é para os humildes

 “Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos Céus sofre violência, e são os violentos que o conquistam” (Mateus 11,12).

Que beleza quando Jesus nos apresenta o modelo de João Batista! Ele mesmo está dizendo que entre os nascidos de mulher ninguém é maior do que João, mas quem se fizer menor é maior do que ele.

No mundo não é assim, no mundo é importante quem se faz grande, quem realiza mais, quem pode mais e consegue mais. No Reino dos Céus é quem é mais humilde, mais simples, mais obediente, quem se coloca mais sob o domínio de Deus.

E para conquistar esse Reino é preciso violência, mas aqui não é violência contra os outros nem para os outros, não é a agressão como muitos estão confundindo e até promovendo violências gratuitas em nome de Deus. Querendo promover o Reino, as pessoas estão se atacando, gladiando-se, acusando-se e criando confusões, porque se acham donas da verdade.

Aqui, é a violência daquela vontade de falar, mas agora vamos nos calar; é aquela violência de se achar dono da razão, mas não queremos ter razão nenhuma. Aqui, é aquela violência que sobe o orgulho e a soberba dentro de nós, mas nós baixamos a bola, nós nos colocamos sob o domínio de Deus. “Não somos nada, Deus é maior. Convém que Ele cresça, que eu diminua e que eu até desapareça”.

É preciso saber contrariar-se para poder conquistar o Reino dos Céus

É aquela violência em que a pessoa não fica chateada, arrasada, decepcionada, magoada porque falaram mal dela. O importante é que Deus seja amado, louvado e glorificado. Sem essa violência não conquistamos o Reino dos Céus.

Não podemos fazer e promover a violência contra o irmão. O que precisamos é violentar o nosso coração dessa explosão de orgulho, soberba e vaidades que agem dentro de nós. Precisamos saber nos contrariar para podermos conquistar o Reino dos Céus.

Precisamos realmente trabalhar com seriedade o nosso próprio temperamento que se descontrola, porque achamos que ser verdadeiros é falar o que nós queremos. Quem não consegue controlar a si mesmo vai conseguir controlar o que nesta vida?

Por isso, o Reino dos Céus é conquistado à força, e são os violentos, os que fazem penitência, os que se autocontrolam, os que perdem é que ganham. O Reino dos Céus é para os humildes; e num mundo tão soberbo como o nosso, é só quem faz muita violência consigo mesmo que consegue vencer o orgulho de cada dia.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios