Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Gn 2,18-25)

Leitura do Livro do Gênesis.

18O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só. Vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a ele”. 19Então o Senhor Deus formou da terra todos os animais selvagens e todas as aves do céu, e trouxe-os a Adão para ver como os chamaria; todo o ser vivo teria o nome que Adão lhe desse.

20E Adão deu nome a todos os animais domésticos, a todas as aves do céu e a todos os animais selvagens, mas Adão não encontrou uma auxiliar semelhante a ele. 21Então o Senhor Deus fez cair um sono profundo sobre Adão. Quando este adormeceu, tirou-lhe uma das costelas e fechou o lugar com carne. 22Depois, da costela tirada de Adão, o Senhor Deus formou a mulher e conduziu-a a Adão. 23E Adão exclamou: “Desta vez, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada ‘mulher’ porque foi tirada do homem”. 24Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne. 25Ora, ambos estavam nus, Adão e sua mulher, e não se envergonhavam.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 127)

— Felizes todos os que respeitam o Senhor.

— Felizes todos os que respeitam o Senhor.

— Feliz és tu se temes o Senhor e trilhas seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem!

— A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa; os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa.

— Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor. O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua vida.

Evangelho (Mc 7,24-30)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 24Jesus saiu e foi para a região de Tiro e Sidônia. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse onde ele estava. Mas não conseguiu ficar escondido.

25Uma mulher, que tinha uma filha com um espírito impuro, ouviu falar de Jesus. Foi até ele e caiu a seus pés. 26A mulher era pagã, nascida na Fenícia da Síria. Ela suplicou a Jesus que expulsasse de sua filha o demônio. 27Jesus disse: “Deixa primeiro que os filhos fiquem saciados, porque não está certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos”.

28A mulher respondeu: “É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair”.

29Então Jesus disse: “Por causa do que acabas de dizer, podes voltar para casa. O demônio já saiu de tua filha”. 30Ela voltou para casa e encontrou sua filha deitada na cama, pois o demônio já havia saído dela.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

A fé do nosso coração impressiona o Senhor

 “É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair” (Marcos 7,28).

As Palavras do Mestre Jesus sempre impressionam o nosso coração, mas tem algo que impressiona a nós e ao próprio Jesus: é a fé do coração, é a fé da confiança, mesmo quando encontramos todas as barreiras, dificuldades ou pareça impossível.

Olho para essa mãe aflita, ela não vai buscar nada para si, aliás, é muito difícil uma mãe que busca algo para si. As mães vivem em função dos seus filhos, e uma mãe como essa, toda aflita, porque tinha uma filha tomada por um espírito impuro, ouviu falar de Jesus e entendeu que Ele era a luz, a cura e a resposta para a situação da sua filha.

Sei que nossas mães não só ouviram falar de Jesus, sei que nossas mães escutam a Jesus, mas eu digo às mães: não deixem de ouvir Jesus, não deixem de implorar a Jesus, não deixem de trazer Jesus para perto dos seus filhos, sobretudo, para tirar os espíritos impuros que estão agindo, perdendo e pervertendo nossos filhos sem que, muitas vezes, tomemos consciência dessa ação.

É para ter cuidado, coragem e fé, é para não se deixar perder e ser tomado pelos espíritos impuros

Quando a mãe e o pai colocam o celular na mão de um filho, tem que cuidar; quando um filho fica muito tempo na frente de um computador, de uma televisão… Quando os filhos vão para a escola – desculpe, não é para você ficar alardeada e tensa – , e sim para cuidar, pois vivemos num mundo cheio de impurezas.

Nunca vimos tantas crianças e adolescentes com sentimentos de depressão; nunca vimos tantos adolescentes querendo tirar a própria vida como nos tempos em que vivemos, onde existe toda uma ação do mal agindo em nosso meio.

Não é para ter medo, mas é para ter cuidado, coragem e fé, é para não se deixar perder e ser tomado por esses espíritos impuros, mas uma vez que eles estão aí, é preciso ter a ousadia que essa mãe teve.

Jesus estava cuidando, primeiro, da sua casa, que era a casa de Israel, e ela foi atrás de Jesus e disse: “Jesus, é só o Senhor que pode fazer pela minha filha”. Jesus se surpreende, Ele estava falando primeiro com a sua casa, a casa de Israel: “Não fica bem tirar o pão dos filhos para dar aos cães”, era a forma carinhosa que os judeus tratavam os pagãos, aqueles que não faziam parte da sua nação.

Que resposta de fé: “É verdade, Senhor; mas os cães comem as migalhas que caem da mesa dos filhos. Eu quero as migalhas, mas cuide, por favor, pois a minha filha precisa de você”.

Nossos filhos precisam de Jesus mais do que de um celular ou computadores, mais do que isso e aquilo. É claro, precisam de amor, da presença paterna, precisam de alimento… Mas eles precisam de Jesus.

Supliquemos a presença de Jesus, como essa mãe que foi atordoar o coração do Mestre até que Ele se voltasse e tirasse aquele demônio terrível que tomava conta do coração da sua filha. Imploremos que Jesus tire dos nossos filhos todos os demônios, espíritos impuros e maldosos que, muitas vezes, agem em nossas casas e famílias.

Voltemo-nos para Jesus, porque só Ele é o nosso Salvador!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios