Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 11,21b-26; 13,1-3)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 11,21bmuitas pessoas acreditaram no Evangelho e se converteram ao Senhor. 22A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia.

23Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração. 24É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor. 25Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo. 26Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos.

13,1Na Igreja de Antioquia, havia profetas e doutores. Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, que fora criado junto com Herodes, e Saulo. 2Um dia, enquanto celebravam a liturgia, em honra do Senhor, e jejuavam, o Espírito Santo disse: “Separai para mim Barnabé e Saulo, a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei”. 3Então eles jejuaram e rezaram, impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo, e deixaram-nos partir.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 97)

— O Senhor fez conhecer seu poder salvador, e às nações sua justiça.

— O Senhor fez conhecer seu poder salvador, e às nações sua justiça.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

— O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!

— Cantai Salmos ao Senhor ao som da harpa e da cítara suave! Aclamai, com os clarins e as trombetas, ao Senhor, o nosso Rei!

Evangelho (Mt 10,7-13)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7“Em vosso caminho, anunciai: ‘O Reino dos Céus está próximo’. 8Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar! 9Não leveis ouro nem prata nem dinheiro nos vossos cintos; 10nem sacola para o caminho, nem duas túnicas nem sandálias nem bastão, porque o operário tem direito ao seu sustento.

11Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida. 12Ao entrardes numa casa, saudai-a. 13Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Sejamos ousados na fé

 “É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor” (At 11,24).

Hoje, a Igreja nos dá a graça de celebrarmos São Barnabé, companheiro do apóstolo Paulo na evangelização. Veja a importância que Barnabé tem na igreja de Antioquia, porque é a sua exortação que leva muitos a não desanimarem na fé e outros tantos a aderirem a ela. O que Barnabé tem?

As três virtudes que a Palavra de Deus nos aponta a respeito dele são essenciais para nós na evangelização, nos relacionamentos e no mundo em que estamos. Barnabé era um homem bom, a generosidade fazia parte da sua vida e do seu coração, não era apegado aos bens materiais e tudo o que ele tinha distribuía para a igreja, para a evangelização, para ajudar os mais pobres e necessitados.

Coração generoso e bondoso, ele exalava bondade em tudo que fazia. Jamais Barnabé deixava que o mal saísse de si, mas fazia com que o bem e aquilo que é bom estivesse presente em todas as suas ações.

Precisamos combater o mal, precisamos extirpar as ações do maligno sendo pessoas boas, exalando bondade naquilo que fazemos, exprimindo bondade em nossos gestos e ações.

Barnabé era um homem cheio do Espírito Santo, era um homem transformado pela graça do Espírito. E o Espírito que estava em Barnabé falava pelas suas palavras, pelos seus gestos e atitudes.

Um homem cheio do Espírito Santo transforma o seu coração, suas emoções, sentimentos e afetos, tudo coloca sobre a ação e direção do Espírito Santo. Um homem cheio do Espírito Santo deixa-se guiar pelo Espírito, deixa-se ser moldado, deixa que o Espírito conduza aquilo que ele não entende, não compreende e, muitas vezes, deixa-o impotente.

A fé intrépida, a fé da confiança, da entrega, da certeza e da convicção de que Deus faz nova todas as coisas

Tudo ele entrega à ação do Espírito, e é Ele quem conduz, inspira, é ele quem vence o medo, os temores e receios. Muitas vezes, fazemos as coisas de Deus com muitas projeções humanas. A prudência é necessária, mas não podemos perder a intrepidez do Espírito.

A intrepidez do Espírito em Barnabé fez com que ele fosse um homem de muita fé. A fé da ousadia, a fé intrépida, da confiança, da entrega, da certeza e da convicção de que Deus faz nova todas as coisas.

Um homem intrépido na fé se deixa ser usado por Deus e torna-se ousado naquilo que realiza em nome d’Ele. Um homem e uma mulher do Espírito são bons. Ele é um homem generoso; ela, uma mulher generosa. Mas, acima de tudo, são de uma fé intrépida, ousada, corajosa, e não temem, diante de nenhuma dificuldade, levar a graça do Espírito.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios