Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Is 48,17-19)

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

17Isto diz o Senhor, o teu libertador, o Santo de Israel: “Eu, o Senhor teu Deus, te ensino coisas úteis, te conduzo pelo caminho em que andas. 18Ah, se tivesses observado os meus mandamentos! Tua paz teria sido como um rio e tua justiça como as ondas do mar; 19tua descendência seria como a areia do mar e os filhos do teu ventre como os grãos de areia; este nome não teria desaparecido nem teria sido cancelado de minha presença”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 1)

— Senhor, quem vos seguir terá a luz da vida.

— Senhor, quem vos seguir terá a luz da vida.

— Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados, nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar.

— Eis que ele é semelhante a uma árvore, que à beira da torrente está plantada; ela sempre dá seus frutos a seu tempo, e jamais as suas folhas vão murchar. Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.

— Mas bem outra é a sorte dos perversos. Ao contrário, são iguais à palha seca espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, mas a estrada dos malvados leva à morte.

Evangelho (Mt 11,16-19)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus às multidões: 16“Com quem vou comparar esta geração? São como crianças sentadas nas praças, que gritam para os colegas, dizendo: 17‘Tocamos flauta e vós não dançastes. Entoamos lamentações e vós não batestes no peito!’ 18Veio João, que não come nem bebe, e dizem: ‘Ele está com um demônio’. 19Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: ‘É um comilão e beberrão, amigo de cobradores de impostos e de pecadores’. Mas a sabedoria foi reconhecida com base em suas obras”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O Senhor nos liberta da condição de pecado

 “Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: ‘É um comilão e beberrão, amigo de cobradores de impostos e de pecadores’” (Mateus 11,19).

A verdade é que o Senhor Jesus se fez pecador com os pecadores. Sem se entregar de forma alguma ao pecado, mas para libertar os pecadores do pecado é que Ele se fez presente no meio deles.

Para alguns isso é uma ocasião de escândalo, porque Ele come com os pecadores, Ele está junto com os cobradores de impostos. Em outras palavras, o Senhor está no meio de nós, Ele se juntou a nós pecadores para nos libertar dessa condição de pecado.

A questão fundamental é que são os religiosos que se escandalizam com Jesus, são os religiosos que O condenam, porque, na verdade, as pessoas que se acham religiosas condenam aqueles que são pecadores.

A função da religião não é condenar, mas é salvar. A função da religião não é colocar um peso, mas é libertar. A função da religião é religar e não desligar o homem de Deus. Por isso, mais do que nunca, precisamos ser da religião de Jesus, sermos discípulos e seguidores d’Ele.

O Senhor está no meio de nós, Ele se juntou a nós pecadores para nos libertar dessa condição de pecado

Precisamos aprender com Jesus a viver a religião que nos coloca na verdadeira comunhão com o Pai. E essa religião não exclui ninguém; ela não exclui os pecadores, ela não exclui os homens que para nós são perdidos e sem jeito.

Se nós temos jeito, por que para o outro não tem jeito? Se para nós há salvação, se o amor de Deus nos resgatou, precisamos, na verdade, ser canal de resgate para os outros.

Às vezes, Deus nos resgata de pecados até grandes, liberta-nos de situações de vida muito opressoras, liberta-nos de vícios que nos escravizam, mas o mais difícil é nos libertar da hipocrisia religiosa, porque nós, muitas vezes, experimentamos a misericórdia de Deus em nós, mas não sabemos ser misericórdia para o outro.

Precisamos permitir que, neste tempo de graça, a misericórdia de Deus nos alcance, porque só ela pode nos libertar da hipocrisia religiosa, só ela pode nos libertar de viver uma religião de aparências, onde parecemos santos e justificados, mas estamos condenando o Senhor, porque Ele come e senta-se com os pecadores.

Precisamos nos fazer uns com os outros para trazermos os outros para o caminho da graça. Assim fez o Mestre Jesus.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.