Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Eclo 48,1-4.9-11)

Leitura do Livro do Eclesiástico.

Naqueles dias, 1o profeta Elias surgiu como um fogo, e sua palavra queimava como uma tocha. 2Fez vir a fome sobre eles e, no seu zelo, reduziu-os a pouca gente. 3Pela palavra do Senhor fechou o céu e de lá fez cair fogo por três vezes. 4Ó Elias, como te tornaste glorioso por teus prodígios! Quem poderia gloriar-se de ser semelhante a ti?

9Tu foste arrebatado num turbilhão de fogo, num carro de cavalos também de fogo, 10tu, nas ameaças para os tempos futuros, foste designado para acalmar a ira do Senhor antes do furor, para conduzir o coração do pai ao filho, e restabelecer as tribos de Jacó. 11Felizes os que te viram, e os que adormeceram na tua amizade!

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 79)

— Convertei-nos, ó Senhor, resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!

— Convertei-nos, ó Senhor, resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!

— Pastor de Israel, prestai ouvidos. Vós que sobre os querubins vos assentais. Despertai vosso poder, ó nosso Deus, e vinde logo nos trazer a salvação!

— Voltai-vos para nós, Deus do universo! Olhai dos altos céus e observai. Visitai a vossa vinha e protegei-a! Foi a vossa mão direita que a plantou; protegei-a e ao rebento que firmastes!

— Pousai a mão sobre o vosso Protegido, o filho do homem que escolhestes para vós! E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome!

Evangelho (Mt 17,10-13)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Ao descerem do monte, 10os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?” 11Jesus respondeu: “Elias vem e colocará tudo em ordem. 12Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”. 13Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

A graça de Deus rompe as barreiras que criam divisões

 “Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles” (Mateus 17,12).

Assim como não reconheceram Elias no tempo dele e desprezaram seu espírito profético, que veio por meio de João Batista, veio Jesus, que era maior do que Elias e maior do que João Batista, e foi também maltratado.

Tratar mal alguém é desprezar, é não reconhecer nem acolher. Maltratamos alguém desprezando-o, e basta ver como somos uma geração que trata mal a graça de Deus, a presença d’Ele, seus enviados e filhos.

“Que geração má, corrompida e perversa!”, Jesus dizia da Sua geração, e nós podemos dizer da nossa geração também. Quando não acolhemos, nós desprezamos, e ao desprezarmos, maltratamos, falamos mal e vivemos um tempo muito perverso da falta de respeito com o sagrado, da falta de acolhimento com o dom de Deus, sobretudo, vivemos um tempo de muitas ilusões.

Quando olho para todas as circunstâncias natalinas que estamos vivendo nestes dias, vejo que há muita luz por aí. Há luzes nos shoppings, nas praças, nas lojas, nas ruas, nas cidades e nas casas, mas não são luzes que abrem os olhos, são luzes que chamam para o consumismo, para as compras desenfreadas, que chamam para o luxo, para o ter, para o prazer e o poder.

Abramos os nossos olhos para enxergar a graça de Deus que está no meio de nós

São luzes que chamam a atenção para o deus deste mundo: o dinheiro, o consumismo e todos os valores que a sociedade prega. São luzes que ofuscam o nosso olhar e não nos permitem enxergar a graça do Senhor para os nossos tempos, são luzes que cegam a nossa vista e não nos permitem ver onde a graça divina está.

Precisamos abrir os olhos, enxergar a graça de Deus que vem para converter e transformar, para romper barreiras que criam divisões, separações, que geram brigas, desentendimentos e intrigas nas convivências humanas, não permitindo que a  luz do Pai entre em nós para romper as barreiras do mundanismo.

Infelizmente, estamos obcecados pelas luzes cegas que nos iludem neste tempo, estamos nos deixando levar pelos programas televisivos, pela sede compulsiva que as redes sociais geram em nós, e não estamos nos deixando converter pela Palavra de Deus.

Somente Deus, por meio da Sua Palavra, liberta-nos. Somente Ele abre os nossos olhos, rompe a cegueira que está em nós para não sermos, cada vez mais, desviados pelas vias das ilusões deste mundo.

Abramos os nossos olhos para enxergar a graça de Deus que está no meio de nós.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo  - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios