Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Dt 30,15-20)

Leitura do Livro do Deuteronômio.

Moisés falou ao povo dizendo: 15“Vê que eu hoje te proponho a vida e a felicidade, a morte e a desgraça. 16Se obedeceres aos preceitos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, amando ao Senhor teu Deus, seguindo seus caminhos e guardando seus mandamentos, suas leis e seus decretos, viverás e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que vais entrar, para possuí-la.

17Se, porém, o teu coração se desviar e não quiseres escutar, e se, deixando-te levar pelo erro, adorares deuses estranhos e os servires, 18eu vos anuncio hoje que certamente perecereis. Não vivereis muito tempo na terra onde ides entrar, depois de atravessar o Jordão, para ocupá-la.

19Tomo hoje o céu e a terra como testemunhas contra vós, de que vos propus a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e teus descendentes, 20amando ao Senhor teu Deus, obedecendo à sua voz e apegando-te a ele — pois ele é a tua vida e prolonga os teus dias —, a fim de que habites na terra que o Senhor jurou dar a teus pais Abraão, Isaac e Jacó”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 1)

— É feliz quem a Deus se confia!

— É feliz quem a Deus se confia!

— Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados, nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar.

— Eis que ele é semelhante a uma árvore, que à beira da torrente está plantada; ela sempre dá seus frutos a seu tempo, e jamais as suas folhas vão murchar. Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.

— Mas bem outra é a sorte dos perversos. Ao contrário, são iguais à palha seca espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, mas a estrada dos malvados leva à morte.

Evangelho (Lc 9,22-25)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 22“O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia”.

23Depois Jesus disse a todos: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia e siga-me. 24Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.

25Com efeito, de que adianta a um homem ganhar o mundo inteiro, se se perde e se destrói a si mesmo?”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=uKBjDt4hsv0

Devemos obedecer os mandamentos da lei do Senhor nosso Deus

O Senhor nos ensina que precisamos ser conduzidos pelo seu amor

“Se obedeceres aos preceitos do Senhor Teu Deus, que eu hoje te ordeno, amando ao Senhor teu Deus, seguindo seus caminhos e guardando seus mandamentos, suas leis e seus decretos, viverás e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que vais entrar, para possuí-la” (Dt 30, 15-20).

A verdade é uma só: para viver o caminho da vida e não o caminho da morte, é preciso caminhar na obediência: aos mandamentos, às leis e aos decretos do Senhor, nosso Deus.

Quantas vezes nos perguntamos, para que mandamentos, leis e decretos, se só existem morte e mal no mundo, se o mundo não vive nem as ordens naturais do respeito ao próximo, do respeito à natureza.

Quem é que não sabe que o rio não deve ser poluído? Mas poluem, sujam e o estragam. E as leis de trânsito? Não teríamos uma morte se quer, ou o mínimo de mortes, se as leis de trânsito fossem obedecidas.

A graça de Deus é plena em nós quando guardamos os mandamentos, as leis do Senhor, do nosso Deus, mas, por favor, como homens e mulheres de Deus nós não podemos ter uma hipocrisia religiosa. Dizer: “eu sou religioso; vou à missa todo domingo; faço jejum; observo a Quaresma”. Porém, eu não obedeço às coisas minímas da vida, a começar pelas leis de trânsito e das coisas mais simples e corretas que precisam ser obedecidas, mas, o princípio fundamental é ter um coração colado na lei do Senhor, nosso Deus.

Devemos ter o coração preso ao Senhor, nosso Deus, e ouvi-Lo, amá-Lo e adorá-Lo. O nosso coração, tantas vezes, foi deixado levar-se por outros sentimentos que não são de Deus.

Nós somos absorvidos por impulsos, sentimentos, guerras e disputas, que estão no mundo e nos guiam, conduzem; e somos levados “para lá e para cá”, levados e direcionados. É hora de abandonar tudo isso: sair dessas porcarias que estamos, como as redes sociais, mandando coisas “para lá e para cá”, com postagens disso e daquilo. É preciso centrar o foco no amor que Deus tem por nós.

Se queremos uma vida renovada, transformada, curada e abençoada, tenhamos em Deus a direção da nossa vida. Coloquemo-nos em Deus, de joelhos dobrados, diante da presença d’Ele, que é a benção que nós precisamos para viver.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios