Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 4,1-8)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 1que vantagem diremos ter obtido Abraão, nosso pai segundo a carne? 2Pois se Abraão se tornou justo em virtude das obras, está aí seu motivo de glória... mas não perante Deus! 3Com efeito, o que diz a Escritura? “Abraão creu em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça”. 4Ora, para quem faz um trabalho, o salário não é creditado como um presente gratuito, mas como uma dívida. 5Porém, para a pessoa que, em vez de fazer um trabalho, crê naquele que torna justo o ímpio, a sua fé lhe é creditada como atestado de justiça. 6É assim que Davi declara feliz o homem a quem Deus credita a justiça independentemente das obras: 7“Felizes aqueles cujas transgressões foram remidas e cujos pecados foram perdoados; 8feliz o homem do qual Deus não leva em conta o pecado”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 31)

— Vós sois para mim proteção e refúgio, eu canto bem alto a vossa salvação.

— Vós sois para mim proteção e refúgio, eu canto bem alto a vossa salvação.

— Feliz o homem que foi perdoado e cuja falta já foi encoberta! Feliz o homem a quem o Senhor não olha mais como sendo culpado, e em cuja alma não há falsidade!

— Eu confessei, afinal, meu pecado, e minha falta vos fiz conhecer. Disse: “eu irei confessar meu pecado!” E perdoastes, Senhor, minha falta”.

— Regozijai-vos, ó justos, em Deus, e no Senhor exultai de alegria! Corações retos, cantai jubilosos!

Evangelho (Lc 12,1-7)

— O Senhor esteja convosco!

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor. 

Naquele tempo, 1milhares de pessoas se reuniram, a ponto de uns pisarem os outros. Jesus começou a falar, primeiro a seus discípulos: “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido.

3Portanto, tudo o que tiverdes dito na escuridão, será ouvido à luz do dia; e o que tiverdes pronunciado ao pé do ouvido, no quarto, será proclamado sobre os telhados.

4Pois bem, meus amigos, eu vos digo: não tenhais medo daqueles que matam o corpo, não podendo fazer mais do que isto. 5Vou mostrar-vos a quem deveis temer: temei aquele que, depois de tirar a vida, tem o poder de lançar-vos no inferno.

Sim, eu vos digo, a este temei. 6Não se vendem cinco pardais por uma pequena quantia? No entanto, nenhum deles é esquecido por Deus. 7Até mesmo os cabelos de vossa cabeça estão todos contados. Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Tomemos cuidado com o fermento da hipocrisia

 “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido” (Lucas 12,1-2).

Quando Jesus nos adverte de que precisamos tomar cuidado, é porque precisamos nos cuidar, é porque, conhecendo-nos como nos conhece, Ele sabe das nossas fragilidades, sabe que estamos sempre na berlinda, no perigo de cairmos. E o pior é que, muitas vezes, já caímos e nem percebemos que estamos no chão, sobretudo, se caímos no pecado e no comportamento terrível da hipocrisia.

O hipócrita não se enxerga, ele enxerga os outros, o erro dos outros, o pecado dos outros, o problema dos outros, mas o próprio erro ele não enxerga, e o pouco que ele vê, é mal, ele vê apenas como uma coisa pequena e insignificante, tanto que o pecado do outro é grande, mas o dele é uma fraqueza. Para o erro do outro, ele é duro e veemente, mas para consigo ele dá um alívio. Então, é preciso cuidar mesmo, porque a hipocrisia é um fermento que leveda a massa, dá-lhe consistência; e se nos conformarmos com a hipocrisia, estamos vivendo a face mais escandalosa da fé e da nossa religião.

A nossa vida religiosa torna-se insossa, sem sentido e sem sabor se ela é fermentada pela hipocrisia

Em toda e qualquer situação humana, as aparências enganam, mas entenda que as aparências não enganam os outros somente, elas enganam primeiro quem vive delas, quem está passando uma vida se iludindo e enganando a si próprio. Uma pessoa que é enganada a respeito de si própria, é uma pessoa que não tem consistência, não tem profundidade, não tem vida plena, porque para manter as aparências tem que trabalhar. Sei que depois a pessoa se torna até profissional, torna-se uma coisa até muito normal mentir, iludir e enganar, porque ela parte sempre do pressuposto de que está fazendo um bem para ela e para os outros.

Não vivamos o engano, pois toda e qualquer instituição que está alicerçada na aparência cai em ruínas. Não viva um casamento aparente, não viva uma amizade de aparências, onde tudo parece estar bem, porque depois vai cair, vai tudo ruir. Não há nada escondido que depois não venha a ser conhecido.

A indecência da política, da administração em vários âmbitos da vida pública, é querer viver da hipocrisia, é viver de aparências, e toda religião que vive de aparência e de hipocrisia está condenada ao fracasso. Então, a nossa vida religiosa torna-se insossa, sem sentido e sem sabor se ela é fermentada pela hipocrisia. Mas se ela é fermentada pelo amor e pela verdade, passamos pelas provações, pelas provações, pelas dificuldades, mas subsistimos, porque o nosso alicerce é a verdade. É por isso que temos que estar sempre alicerçados no Senhor, e não nas mentiras e ilusões, inclusive religiosas, que muitas vezes estão permeando a nossa vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.