Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 16,1-10)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, 1Paulo foi para Derbe e Listra. Havia em Listra um discípulo chamado Timóteo, filho de uma judia, crente, e de pai grego. 2Os irmãos de Listra e Icônio davam bom testemunho de Timóteo. 3Paulo quis então que Timóteo partisse com ele. Tomou-o consigo e circuncidou-o, por causa dos judeus que se encontravam nessas regiões, pois todos sabiam que o pai de Timóteo era grego.

4Percorrendo as cidades, Paulo e Timóteo transmitiam as decisões que os apóstolos e anciãos de Jerusalém haviam tomado. E recomendavam que fossem observadas. 5As Igrejas fortaleciam-se na fé e, de dia para dia, cresciam em número. 6Paulo e Timóteo atravessaram a Frígia e a região da Galácia, pois o Espírito Santo os proibira de pregar a Palavra de Deus na Ásia.

7Chegando perto da Mísia, eles tentaram entrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus os impediu. 8Então atravessaram a Mísia e desceram para Trôade. 9Durante a noite, Paulo teve uma visão: na sua frente, estava de pé um macedônio que lhe suplicava: “Vem à Macedônia e ajuda-nos!” 10Depois dessa visão, procuramos partir imediatamente para a Macedônia, pois estávamos convencidos de que Deus acabava de nos chamar para pregar-lhes o Evangelho.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 99)

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho.

— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!

Evangelho (Jo 15,18-21)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 18“Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro me odiou a mim. 19Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence. Mas, porque não sois do mundo, porque eu vos escolhi e apartei do mundo, o mundo por isso vos odeia.

20Lembrai-vos daquilo que eu vos disse: ‘O servo não é maior que seu senhor’. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós. Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. 21Tudo isto eles farão contra vós por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Pertencemos ao Reino de Deus

 “Se o mundo vos odeia, sabei que primeiro me odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo gostaria daquilo que lhe pertence” (João 15,18-19).

Quando Jesus está se referindo ao mundo, é a este mundão marcado pelo paganismo, pelos prazeres e atrativos; e este mundo, é óbvio, não gosta daquilo que é de Deus, porque prefere viver de mentiras, ilusões, enganos e aparências.

O Reino de Deus vive da verdade e da libertação que nos conduz à verdadeira liberdade. O Reino de Deus consiste em amor, justiça e fraternidade, e esse mundo não gosta do que é fraterno, não gosta do que é amor. Esse mundo gosta de nos conduzir para o individualismo, é cada um por si e Deus por todos. Mas esse não é o Reino de Deus.

O mundo quer Deus, a Igreja e as pessoas, todos vivendo a mentalidade mundana, e é onde nos iludimos e nos enganamos. Não podemos inverter a ordem das coisas, porque o mundo precisa se submeter a Deus e não Deus se submeter ao mundo. O mundão tem que se converter para Deus, e não nós, que somos de Deus, nos convertermos para a mentalidade mundana.

Não somos do ódio, das brigas nem das confusões; somos do Reino de Deus

Precisamos viver Deus em nós, porque se o mundo está gostando de nós, é porque vivemos uma vida mundana. O mundo gosta daquilo que lhe pertence, mas não pertencemos a ele. Pertencemos ao Reino de Deus.

Muitos não gostarão de nós, falarão mal de nós, mas não faremos a mesma coisa, porque não somos do ódio, das brigas nem das confusões; somos do Reino de Deus, somos de brigar pela nossa alma, para que ela tenha serenidade, paz e viva na verdade. Somos de brigar para que a nossa alma não se iluda com as confusões do mundo nem com todas as ilusões da sociedade.

O mundo odeia aquilo que é de Deus, porque, primeiro, odiaram o nosso Mestre, até Lhe tiraram a vida e O perseguiram. Então, não nos sintamos os menores, os piores nem criemos complexos pela forma como o mundo nos olha.

Olhamos o mundo ou as pessoas do mundo de forma diferente. O mundo com seus pecados, erros e ilusões, nós desprezamos; as pessoas nós amamos, porque elas pertencem a Deus. Quanto a nós, coloquemo-nos em penitência, em vigilância, em espírito de permanente cuidado para não cairmos novamente nas ilusões e seduções do mundo.

O mundo nos odeia, mas não retribuímos com ódio, retribuímos com amor. O mundo nos ofende, mas retribuímos com o perdão. O mundo não acolhe, mas acolhemos todas as pessoas, porque o Reino de Deus é para todos.

Deus abençoe você!   

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios