Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 4,13.16-18)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 13não foi por causa da Lei, mas por causa da justiça que vem da fé, que Deus prometeu o mundo como herança a Abraão ou à sua descendência. 16É em virtude da fé que alguém se torna herdeiro. Logo, a condição de herdeiro é uma graça, um dom gratuito, e a promessa de Deus continua valendo para toda a descendência de Abraão, tanto para a descendência que se apega à Lei, quanto para a que se apoia somente na fé de Abraão, que é o pai de todos nós. 17Pois está escrito: “Eu fiz de ti pai de muitos povos”. Ele é pai diante de Deus, porque creu em Deus que vivifica os mortos e faz existir o que antes não existia. 18Contra toda a humana esperança, ele firmou-se na esperança e na fé. Assim, tornou-se pai de muitos povos, conforme lhe fora dito: “Assim será a tua posteridade”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 104)

— O Senhor se lembra sempre da Aliança.

— O Senhor se lembra sempre da Aliança.

— Descendentes de Abraão, seu servidor,/ e filhos de Jacó, seu escolhido,/ ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus,/ vigoram suas leis em toda a terra.

— Ele sempre se recorda da Aliança,/ promulgada a incontáveis gerações;/ da Aliança que ele fez com Abraão,/ e do seu santo juramento a Isaac.

— Ele lembrou-se de seu santo juramento,/ que fizera a Abraão, seu servidor./ Fez sair com grande júbilo o seu povo,/ e seus eleitos, entre gritos de alegria.

Evangelho (Lc 12,8-12)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 8“Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus. 9Mas aquele que me renegar diante dos homens, será negado diante dos anjos de Deus. 10Todo aquele que disser alguma coisa contra o Filho do Homem será perdoado. Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo não será perdoado. 11Quando vos conduzirem diante das sinagogas, magistrados e autoridades, não fiqueis preocupados como ou com que vos defendereis, ou com o que direis. 12Pois, nessa hora, o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Testemunhar é levar a vida em nome de Jesus

 “Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus” (Lucas 12,8).

Que graça é o testemunho que Jesus quer dar de nós diante dos anjos! A provação que Jesus quer dizer, testemunhar, falar, anunciar e proclamar: “Este é meu discípulo”, “Este é meu seguidor”, “Este, no sofrimento e na dor, orgulha o meu coração porque testemunha o meu amor”.

Que tristeza é sermos renegados! E seremos renegados à medida que negarmos testemunhar Jesus diante dos homens. O testemunho não é falar de Jesus apenas, não é dizer palavras bonitas ou cantar o nome do Senhor; testemunhar é a vida coerente, é viver os valores, é mostrar com a vida em quem nós acreditamos; testemunhar é levar a vida em nome de Jesus.

Não tenha vergonha de testemunhar porque Deus não tem vergonha de nos amar

Testemunhar é não ter vergonha de dizer: “Eu não me embriago porque sou um discípulo de Jesus”, “Não levo essa vida errada porque sou um discípulo de Jesus”, “Não compactuo com corrupção, com dinheiro fácil, não leso ninguém porque sou um seguidor de Jesus. Testemunhar com a vida, com o comportamento, testemunhar sem ter vergonha daquele a quem nós seguimos e amamos. Vamos à missa, ouvimos a Palavra de Deus, meditamos a Palavra do Senhor, mas nós não podemos ter medo, receio e quanto menos vergonha de testemunhar diante dos homens Aquele que nós amamos.

Estamos no campo da missão, todos nós. Onde você está, no trabalho, na escola, na relação da família, precisamos testemunhar Jesus, não precisamos brigar por causa de Jesus. Jesus não está pedindo para ninguém brigar por causa d’Ele nem criar confusões em nome d’Ele, nem atacar as pessoas por causa d’Ele, de forma alguma. Jesus espera que nós testemunhemos com o comportamento, com a vida, porque agressividade não é testemunho, denegrir o outro, atacar o outro…

Ainda que eu tenha as minhas convicções religiosas, minhas convicções de fé, vivenciá-las é a maior luta da vida, testemunhá-la com a própria vida é a maior graça. Às vezes, estamos cheios de conhecimentos doutrinários e dogmáticos, somos aquelas pessoas insuportáveis que ninguém aguenta ficar perto de nós, somos aquelas pessoas que onde chegamos não fomentamos o amor e a alegria, e sim fomentamos o azedume e a amargura, e não estamos dando testemunho da alegria de sermos discípulos de Jesus.

Testemunhe pela humildade, pela prática da caridade; testemunhe realmente cuidando da própria vida a cada dia, viva as práticas religiosas com amor, com entusiasmo, mas comece na casa, na família, comece tendo paciência em suportar quem é diferente de você, comece sabendo acolher quem você não acolhia. Testemunhe, não tenha vergonha de testemunhar porque Deus não tem vergonha de nos amar e quanto mais de nos apresentar diante dos anjos, quando nós os seguimos como verdadeiros discípulos do Mestre Jesus.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.