Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Primeira Leitura (Gn 49,2.8-10)

Leitura do Livro do Gênesis.

Naqueles dias, Jacó chamou seus filhos e disse: 2“Juntai-vos e ouvi, filhos de Jacó, ouvi Israel, vosso pai! 8Judá, teus irmãos te louvarão; pesará tua mão sobre a nuca de teus inimigos, prostrar-se-ão diante de ti os filhos de teu pai. 9Judá, filhote de leão: subiste, meu filho, da pilhagem; ele se agacha e se deita como um leão, e como uma leoa; quem o despertará? 10O cetro não será tirado de Judá, nem o bastão de comando dentre seus pés, até que venha Aquele a quem pertencem, e a quem obedecerão os povos”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 71)

— Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância para sempre.

— Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância para sempre.

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

— Das montanhas venha a paz a todo o povo, e desça das colinas a justiça! Este Rei defenderá os que são pobres, os filhos dos humildes salvará.

— Nos seus dias a justiça florirá e grande paz, até que a lua perca o brilho! De mar a mar estenderá o seu domínio, e desde o rio até os confins de toda a terra!

— Seja bendito o seu nome para sempre! E que dure como o sol sua memória! Todos os povos serão nele abençoados, todas as gentes cantarão o seu louvor!

Evangelho (Mt 1,1-17)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. 

— Glória a vós, Senhor.

1Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. 2Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó; Jacó gerou Judá e seus irmãos. 3Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar. Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram; 4Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson; Naasson gerou Salmon; 5Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab. Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute. Obed gerou Jessé. 6Jessé gerou o rei Davi.

Davi gerou Salomão, daquela que tinha sido a mulher de Urias. 7Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa; 8Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão; Jorão gerou Ozias; 9Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias; 10Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias. 11Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exílio na Babilônia.

12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; 13Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor; 14Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; 15Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó. 16Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 17Assim, as gerações desde Abraão até Davi são catorze; de Davi até o exílio na Babilônia catorze; e do exílio na Babilônia até Cristo, catorze.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homila

Jesus assume a nossa história para nos resgatar

 “Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo” (Mateus 1,16).

Entramos na semana próxima de preparação para o Natal de Jesus. O tempo do Advento nos conduziu para vivermos toda a expectativa da vinda do Senhor; o Senhor que virá, o Senhor que vem e o Senhor que veio.

O Senhor que veio é o Senhor que vem e que virá ao nosso encontro sempre. Por isso, nesta semana, mais do que nunca, é preciso se aproximar de Jesus e deixar que Ele se aproxime da nossa história e da nossa vida.

A narrativa do Evangelho de hoje nos mostra as origens de Jesus, nos mostra que Jesus, o Cristo, é o Filho do Homem, mas Ele é, acima de tudo, Jesus, o homem que é Filho de Davi, Filho de Abraão, e aí tem toda a narrativa das gerações que nos trouxeram Jesus.

A genealogia de Jesus é para mostrar a todos nós a humanidade de Jesus. Ele assumiu todas essas gerações para salvar, resgatar e, ao mesmo tempo, cumprir o que foi prometido a cada uma dessas gerações, a esses homens que vieram antes d’Ele.

Assim como Jesus assumiu a história humana de cada um deles, se encarnou e se fez o Senhor, Ele também assume a história de cada um de nós para nos salvar e nos resgatar. É preciso que nós assumamos a nossa história, a nossa vida, assumamos de onde viemos para entendermos para onde estamos indo.

É preciso se aproximar de Jesus e deixar que Ele se aproxime da nossa história e da nossa vida

É importante que conheçamos os nossos antepassados para nos conhecermos melhor, para iluminarmos tantas coisas que estão obscuras na nossa própria vida, no nosso modo de ser e de agir.

Às vezes, as pessoas dizem: “Eu sou de Deus e agora rompi com o meu passado”. Romper com o passado de pecado é uma coisa, mas não assumir a sua história, negar as suas origens ou não se voltar para elas, é não permitir ser curado por Deus. Porque se o Senhor veio para fazer novas todas as coisas, Ele veio, inclusive, para fazer nova a nossa história.

Se, na nossa história, há situações pesadas que possam parecer trágicas, como tem na própria história das origens de Jesus, mas Ele veio para salvar todas essas realidades, na nossa história também tem tantas coisas belas, bonitas, abençoadas, iluminadas; tem tantos exemplos de nossos avós, bisavós, o quanto é importante conhecer. É verdade que temos de assumir que há coisas negativas, que há perspectivas que não foram boas, o importante é permitir que Deus faça novas todas as coisas na história e na vida de cada um de nós.

Assumir a nossa história é permitir que Deus seja o Salvador de toda a nossa vida!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios