Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Cor 15,12-20)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.

Irmãos, 12ora, se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como podem alguns dizer entre vós que não há ressurreição dos mortos? 13Se não há ressurreição dos mortos, então Cristo não ressuscitou. 14E se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é vã e a vossa fé é vã também. 15Nesse caso, nós seríamos testemunhas mentirosas de Deus, porque teríamos atestado — contra Deus — que ele ressuscitou Cristo, quando, de fato, ele não o teria ressuscitado — se é verdade que os mortos não ressuscitam.

16Pois, se os mortos não ressuscitam, então Cristo também não ressuscitou. 17E se Cristo não ressuscitou, a vossa fé não tem nenhum valor e ainda estais nos vossos pecados. 18Então, também os que morreram em Cristo pereceram. 19Se é para esta vida que pusemos a nossa esperança em Cristo, nós somos — de todos os homens — os mais dignos de compaixão. 20Mas, na realidade, Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 16)

— Ao despertar, me saciará vossa presença, ó Senhor.

— Ao despertar, me saciará vossa presença, ó Senhor.

— Ó Senhor, ouvi a minha justa causa, escutai-me e atendei o meu clamor! Inclinai o vosso ouvido à minha prece, pois não existe falsidade nos meus lábios!

— Eu vos chamo, ó meu Deus, porque me ouvis, inclinai o vosso ouvido e escutai-me! Mostrai-me vosso amor maravilhoso, vós que salvais e libertais do inimigo quem procura a proteção junto de vós.

— Protegei-me qual dos olhos a pupila e guardai-me à proteção de vossas asas. Mas eu verei, justificado, a vossa face e ao despertar me saciará vossa presença.

Evangelho (Lc 8,1-3)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Jesus nos traz vida nova

“Os doze iam com Ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios” (Lucas 8,1-2).

Os pecadores andavam na companhia de Jesus, as mulheres que tinham sido libertadas e transformadas pela presença, pelo poder e pela graça de Jesus andavam na companhia d’Ele.

O amor de Jesus se estende para todos, mas ele começa por aquilo que chamamos de “patamar baixo”, aqueles que mais necessitam, mais sofrem, aqueles que foram mais atormentados pelo mal e pelo pecado, são esses que Jesus busca para mais perto d’Ele, e esses vão com a vida atrás do Mestre porque Ele transformou a vida deles.

Não adianta admirar Jesus, o mais importante é permitir que Ele transforme a nossa vida. Não podemos andar na companhia d’Ele, fazermos companhia a Ele, se não nos permitimos ser transformados por Ele.

A luz que é Jesus ilumina o nosso interior, mostra aquilo que há de mais obscuro: as trevas que estão escondidas dentro da nossa alma, as coisas que, muitas vezes, não tocamos, escondemos e tanto nos incomodam. Permitamos que essas realidades sejam transformadas pela presença de Deus.

Não adianta admirar Jesus, o mais importante é permitir que Ele transforme a nossa vida

É preciso ser um novo homem, uma nova mulher, transformados pela presença amorosa do Mestre Jesus. O mais bonito é que não importa qual seja a situação, pois muitas daquelas mulheres do Evangelho tinham sido curadas de maus espíritos, foram expulsas tantas coisas da vida delas e elas se tornaram novas criaturas.

Maria Madalena, aquela que se tornou a primeira discípula do Mestre, aquela que primeiro viu a Jesus Ressuscitado, aquela que O amou com toda a sua vida, dela Jesus expulsou sete demônios para representar a totalidade ou a grande quantidade. A vida que ela vivia tão cheia de percalços do mal não importa. O que importa é que ela foi libertada pelo poder do Senhor. Se olharmos para cada uma delas, o que elas doaram, foi o que elas receberam: uma vida nova e transformada.

Olho para tantas mulheres nas estradas da nossa vida, da nossa caminhada, e me causa uma profunda admiração. São mulheres sendo transformadas pelo poder renovador de Jesus, elas simplesmente não falam de Jesus, elas têm uma vida tocada pela graça de Deus, a mentalidade nova, a forma de se vestir, de falar, de dizer, elas superam toda e qualquer agressividade, todo e qualquer espírito mundano; elas superam todo e qualquer espírito de fofocas, de intrigas e conversas fiadas. Elas superam a vida velha porque Cristo trouxe uma vida nova para a vida delas.

Não adianta estar na Igreja porque muitos de nós estamos na Igreja, o que é preciso é Jesus transformar a mentalidade e o coração, para sermos pessoas novas e transformadas pelo Mestre Jesus.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo  - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios