Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Jr 23,5-8)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

5“Eis que virão dias, diz o Senhor, em que farei nascer um descendente de Davi; reinará como rei e será sábio, fará valer a justiça e a retidão na terra. 6Naqueles dias, Judá será salvo e Israel viverá tranquilo; este é o nome com que o chamarão: ‘Senhor, nossa Justiça’. 7Eis que virão dias, diz o Senhor, em que já não se usará jurar ‘Pela vida do Senhor que tirou os filhos de Israel do Egito’ 8 — mas sim: ‘Pela vida do Senhor que tirou e reconduziu os descendentes da casa de Israel desde o país do norte e todos os outros países’, para onde os expulsará; eles então irão habitar em sua terra”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 71)

— Nos seus dias a justiça florirá e a paz em abundância, para sempre.

— Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância, para sempre.

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

— Libertará o indigente que suplica, e o pobre ao qual ninguém quer ajudar. Terá pena do indigente e do infeliz, e a vida dos humildes salvará.

— Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque só ele realiza maravilhas! Bendito seja o seu nome glorioso! Bendito seja eternamente! Amém, amém!

Evangelho (Mt 1,18-24)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23“Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”. 24Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado, e aceitou sua esposa.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Contemple a ação que Deus realizou no ventre de Maria

 “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo” (Mateus 1,20).

Olhemos, hoje, para José, esse homem justo, temente a Deus, um verdadeiro homem de Deus. É importante compreendermos que nem José compreendeu aquilo que Deus realizara em Maria, afinal de contas, ela estava prometida em casamento a ele, mas, antes disso, Maria ficou grávida por obra e por ação do Espírito Santo. Como podemos compreender, se não nos submetermos a essa ação maravilhosa de Deus na Sua serva, a Virgem Maria!

Muitas vezes, não compreendemos os desígnios de Deus, a ação de Deus, Sua mão e graça. Muitas vezes, ficamos até perdidos acontecimentos dos acontecimentos e dos fatos que não compreendemos, que não entendemos. É preciso, aqui, a submissão na oração e sem silêncio da escuta. O que fazer? Colocarmo-nos nas mãos de Deus, deixar que a Sua sabedoria, que a Sua luz e o Seu Espírito Santo nos levem à compreensão, para que não sejamos levados pelos sentimentos do coração, os quais, muitas vezes, são sentimentos e pensamentos equivocados.

A relação de Maria com a Trindade, com Deus Uno e Trino, é plena. Ela se torna toda de Deus na sua humanidade

Se somos pessoas orgulhosas e sóbrias, é mais difícil ainda compreendermos e entendermos a verdade, porque nos deixamos levar pelos pensamentos que vem a nossa mente.

José submete o seu pensamento e o seu coração à ação divina; ea ação divina através de um sonho, através do Anjo do Senhor, manifesta-se a José e revelação a verdade que ele não conhecia. A primeira coisa: “José, não tenhas medo de receber Maria”. O medo se apoderou daquele homem que viu a sua esposa grávida, mas não por ação dele. Como compreender isso? A graça de Deus, que foi única na vida de Maria, é agora a graça de Deus que também traz a sabedoria a José. “José, é por ação do Espírito Santo que ela concebeu, é pela ação do Espírito Santo que ela engravidou”. Por isso, todo o medo, temor, receio e toda aflição que tomavam conta do coração de José são, agora, tomados pela graça do Senhor que ilumina e direciona o seu coração.

Até hoje, muitos irmãos, até cristãos, não compreendem o que Deus fez em Maria. O que nela se realizou não se realizou em criatura humana alguma. Ela é bendita entre todas as mulheres, porque a filha do Pai foi tomada pelo Espírito Santo de Deus como esposa, e nela gerou Jesus, nosso Salvador.

A relação de Maria com a Trindade, com Deus Uno e Trino é plena, ela se torna toda de Deus na sua humanidade. Por isso, o que nela se realiza é sublime e divino. É preciso submeter-se a Deus para poder contemplar aquilo que ele realiza nesta mulher escolhida entre todas.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.