Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (2Cor 12,1-10)

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios.

1Irmãos, será que é preciso gloriar-me? Na verdade, não convém. No entanto, passarei a falar das visões e revelações do Senhor.

2Conheço um homem, unido a Cristo, que, há catorze anos, foi arrebatado ao terceiro céu. Se ele foi arrebatado com o corpo ou sem o corpo, eu não o sei, só Deus sabe. 3Sei que esse homem – se com o corpo ou sem o corpo, não sei, Deus o sabe – 4foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis que nenhum homem consegue pronunciar.

5Quanto a esse homem eu me gloriarei, mas, quanto a mim mesmo, não me gloriarei, a não ser das minhas fraquezas. 6No entanto, se eu quisesse gloriar-me, não seria insensato, pois só diria a verdade. Mas evito gloriar-me, para que ninguém faça de mim uma ideia superior àquilo que vê em mim ou que ouve de mim. 7E para que a extraordinária grandeza das revelações não me ensoberbecesse, foi espetado na minha carne um espinho, que é como um anjo de Satanás a esbofetear-me, a fim de que eu não me exalte demais.

8A esse propósito, roguei três vezes ao Senhor que o afastasse de mim. 9Mas ele disse-me: “Basta-te a minha graça. Pois é na fraqueza que a força se manifesta”. Por isso, de bom grado, eu me gloriarei das minhas fraquezas, para que a força de Cristo habite em mim. 10Eis por que me comprazo nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições e nas angústias sofridas por amor a Cristo. Pois, quando eu me sinto fraco, é então que sou forte.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 33)

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

— Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, porque nada faltará aos que o temem. Os ricos empobrecem, passam fome, mas aos que buscam o Senhor não falta nada.

— Meus filhos, vinde agora e escutai-me: vou ensinar-vos o temor do Senhor Deus. Qual o homem que não ama sua vida, procurando ser feliz todos os dias?

Evangelho (Mt 6,24-34)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 24“Ninguém pode servir a dois senhores: pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro.

25Por isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26Olhai os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros?

27Quem de vós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso? 28E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé?

31Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que vamos comer? Que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso. 33Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo. 34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia, bastam seus próprios problemas”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Que somente Deus seja o Senhor da nossa vida

 “Ninguém pode servir a dois senhores: pois ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (Mateus 6,24).

Jesus está dizendo aos Seus discípulos de ontem e aos de hoje que não podemos ter dois senhores. Não podemos servir a Deus e ao dinheiro. Mas isso não é para você ser fundamentalista ou extremista e dizer que não podemos ter dinheiro.

O dinheiro é a moeda que regula todas as transações econômicas e financeiras; e precisamos de dinheiro, porque estamos neste mundo. Agora, o que não podemos é ser dominados pela moeda. Não podemos servir a Deus e querer servir ao dinheiro.

O que Jesus está afirmando é que o dinheiro é um deus, assim como há muitos deuses neste mundo, e cada deus quer ser servido e adorado, porque deus (e aqui é deus com d minúsculo mesmo), é aquela força dominadora que mantém o coração refém.

Não podemos servir a Deus e ao dinheiro. Que Ele seja sempre o Senhor da nossa vida

Quando alguém se faz refém do dinheiro e o dinheiro domina seu coração, seus os sentimentos e afetos, a pessoa vive em função dele. Como dizem: trabalha dia e noite em função de tê-lo, de servi-lo, de apreciá-lo. A pessoa, às vezes, passa um tempo apreciando sua conta bancária, seus valores financeiros, o que tem; e vive amargurada, sofrida, com a alma penosa quando ele escapa, quando não o tem, quando está endividada.

O dinheiro é para nos servir e não para o servirmos. O dinheiro é para usarmos, para fazermos o bem, praticarmos o bem, o dinheiro é para glorificarmos a Deus e não o glorificarmos, não para ser exaltado. É claro que, na cultura onde o deus dinheiro manda, quem o tem é exaltado, glorificado, reconhecido.

Não precisa ser ingênuo para dizer que uma pessoa é bem tratada porque tem dinheiro, e o outro é maltratado porque não o tem. Basta ver os maltrapilhos que vivem à nossa volta, basta ver as pessoas pobres e desprezadas porque não têm dinheiro, e basta ver as bajulações que fazem em torno dos ricos, poderosos e assim por diante.

Basta ver como o dinheiro rouba os nossos verdadeiros valores e critérios da vida. Basta ver como as pessoas se vendem, vendem o seu caráter, vendem aquilo que são. Basta ver quanta corrupção! É uma verdadeira erupção dentro do coração humano quando se sente atraído pelo gosto, pelo sabor que o deus dinheiro exerce na vida humana.

O descompasso deste mundo, o grande pecado que podemos cometer na vida, tem uma enormidade de pecados. Você sabe que o primeiro mandamento é amar a Deus sobre todas as coisas, o contrário de não amá-Lo se chama idolatria, voltar-se aos ídolos, e foi isso que Israel fez tantas vezes, e é disso que a Palavra de Deus tanto nos adverte: cuidado com a idolatria.

O dinheiro é o deus mais idolatrado dos tempos em que vivemos. A idolatria do mercado, da posse, do ter é que cria todos os desníveis, não só sociais, mais morais e psicológicos.

Quantos estão se suicidando porque perderam o que tinham, porque perderam o sentido da vida, porque colocaram todo o sentido da vida no ter. E quando o deus ter e possuir balança o coração, este se enfraquece.

Não podemos servir a Deus e ao dinheiro. Que Ele seja sempre o Senhor da nossa vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios