Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Pd 5,5b-14)

Leitura da Primeira Carta de São Pedro.

Caríssimos, 5brevesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. 6Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte. 7Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois ele é quem cuida de vós. 8Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. 9Resisti-lhe, firmes na fé, certos de que iguais sofrimentos atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora. 10Depois de terdes sofrido um pouco, o Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo, vos restabelecerá e vos tornará firmes, fortes e seguros.

11A ele pertence o poder, pelos séculos dos séculos. Amém. 12Por meio de Silvano, que considero um irmão fiel junto de vós, envio-vos esta breve carta, para vos exortar e para atestar que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes. 13A igreja que está em Babilônia, eleita como vós, vos saúda, como também, Marcos, o meu filho. 14Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno. A paz esteja com todos vós que estais em Cristo.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 88)

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

— Anuncia o firmamento vossas grandes maravilhas, e o vosso amor fiel, a assembleia dos eleitos, pois, quem pode, lá nas nuvens ao Senhor se comparar e quem pode, entre seus anjos, ser a ele semelhante?

— Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria; seguirá pelo caminho, sempre à luz de vossa face! Exultará de alegria em vosso nome dia a dia, e com grande entusiasmo exaltará vossa justiça.

Evangelho (Mc 16,15-20)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”.

19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Permitamos que o Evangelho guie o nosso coração

 “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!” (Marcos 16,15).

Hoje, temos a graça de celebrarmos o evangelista São Marcos. Quando vamos ao Evangelho de Marcos, “bebemos Jesus”, tocamos na graça d’Ele no meio de nós. Tocamos em Jesus nos evangelizando e nos formando para o Reino de Deus.

Quando tocamos neste Evangelho maravilhoso que Marcos nos trouxe, temos a convicção de que Jesus é verdadeiramente o Filho de Deus. E é isso que Marcos anuncia por aquilo que ele escreveu e anunciou, pela Boa Nova que não é dele, mas que ele nos trouxe de Jesus para que pudéssemos conhecê-Lo.

O Evangelho de Marcos encerra com esse imperativo: “É preciso ir ao mundo inteiro e anunciar o Evangelho a toda a criatura”. Nenhuma criatura, nenhum ser pode ser privado do anúncio do Evangelho.

É bonito ver que Santo Antônio pregava para os passarinhos; São Francisco pregava para os animais. Precisamos anunciar o Evangelho em todo o tempo e lugar. Precisamos fazer chegar aos corações a Palavra do Senhor.

Quando diz: “toda criatura”, entendemos toda criatura humana porque as outras criaturas não podem ser batizadas. Não vamos relativizar as coisas nem nivelar todas as coisas como se tudo fosse igual, mas é para entendermos que o amor de Deus precisa se estender por todo o universo. O modo do amor de Deus estar em todo o universo é chegar a todos os corações.

A ordem não foi dada somente para os apóstolos, mas para todos os batizados. Aquele que recebeu a graça do batismo precisa anunciar o nome de Jesus aos corações.

Precisamos anunciar o Evangelho em todo o tempo e lugar

Não podemos nos omitir da nossa missão, precisamos proclamar o Evangelho de forma oportuna e de outras maneiras. Usemos os instrumentos que estão ao nosso alcance para proclamarmos ao mundo o Evangelho da salvação.

As pessoas estão confusas e perdidas, inclusive as pessoas de nossa Igreja e de nossa comunidade. Elas receberam o Evangelho e dele se esqueceram ou não mergulharam a vida nele. Nós nos perdemos e precisamos ser salvos.

Quando alguém fica perdido numa ilha, nas montanhas ou seja lá onde for, é preciso uma operação de resgate para salvar essa pessoa. Precisamos de uma operação de resgate cada vez maior para salvar a nossa alma e nossos coração que estão perdidos. E nos perdemos porque não nos encontramos ainda em Jesus.

Participamos da vida em Deus e de muitas coisas na Igreja, mas quando nos encontramos perdidos é porque o horizonte da nossa vida está sem foco e não está na direção correta.

Permitamos que a luz do Evangelho guie o nosso coração. Anunciemos isso, não proclamemos primeiro as nossas coisas, nossas visões e aquilo que temos como a nossa visão pessoal. Proclamemos, mostremos e anunciemos a Jesus, porque Ele é o nosso Salvador.

Deus abençoe você!    

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

São Marcos Evangelista

Celebramos com muita alegria a vida de santidade de um dos quatro Evangelistas: São Marcos. Era judeu de origem e de uma família tão cristã que sempre acolheu aos primeiros cristãos em sua casa: “Ele se orientou e dirigiu-se para a casa de Maria, mãe de João, chamado Marcos; estava lá uma numerosíssima assembleia a orar” (Atos 12,12).

A tradição nos leva a crer que na casa de São Marcos teria acontecido a Santa Ceia celebrada por Jesus, assim como dia de Pentecostes, onde “inaugurou” a Igreja Católica. Encontramos na Bíblia que o santo de hoje acompanhou inicialmente São Barnabé e São Paulo em viagens apostólicas, e depois São Pedro em Roma.

São Marcos na Igreja primitiva fez um lindo trabalho missionário, que não teve fim diante da prisão e morte dos amigos São Pedro e São Paulo. Por isso, evangelizou no poder do Espírito Alexandria, Egito e Chipre, lugar onde fundou comunidades. Ficou conhecido principalmente por ter sido agraciado com o carisma da inspiração e vivência comunitária, que deram origem ao Evangelho querigmático de Jesus Cristo segundo Marcos.

São Marcos, rogai por nós!

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios