Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 18,9-18)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Estando Paulo em Corinto, 9uma noite, o Senhor disse-lhe em visão: “Não tenhas medo; continua a falar e não te cales, 10porque eu estou contigo. Ninguém te porá a mão para fazer mal. Nesta cidade há um povo numeroso que me pertence”. 11Assim Paulo ficou um ano e meio entre eles, ensinando-lhes a Palavra de Deus. 12Na época em que Galião era procônsul na Acaia, os judeus insurgiram-se em massa contra Paulo e levaram-no diante do tribunal, 13dizendo: “Este homem induz o povo a adorar a Deus de modo contrário à Lei”.

14Paulo ia tomar a palavra, quando Galião falou aos judeus, dizendo: “Judeus, se fosse por causa de um delito ou de uma ação criminosa, seria justo que eu atendesse a vossa queixa. 15Mas, como é questão de palavras, de nomes e da vossa Lei, tratai disso vós mesmos. Eu não quero ser juiz nessas coisas”. 16E Galião mandou-os sair do tribunal.

17Então todos agarraram Sóstenes, o chefe da sinagoga, e espancaram-no diante do tribunal. E Galião nem se incomodou com isso. 18Paulo permaneceu ainda vários dias em Corinto. Despedindo-se dos irmãos, embarcou para a Síria, em companhia de Priscila e Áquila. Em Cencréia, Paulo rapou a cabeça, pois tinha feito uma promessa.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 46)

— O Senhor é o grande Rei de toda a terra.

— O Senhor é o grande Rei de toda a terra.

— Povos todos do universo, batei palmas, gritai a Deus aclamações de alegria! Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo, o soberano que domina toda a terra.

— Os povos sujeitou ao nosso jugo e colocou muitas nações aos nossos pés. Foi ele que escolheu a nossa herança, a glória de Jacó, seu bem-amado.

— Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta. Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa, salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!

Evangelho (Jo 16,20-23a)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 20“Em verdade, em verdade vos digo: Vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria. 21A mulher, quando deve dar à luz, fica angustiada porque chegou a sua hora; mas, depois que a criança nasceu, ela já não se lembra dos sofrimentos, por causa da alegria de um homem ter vindo ao mundo.

22Também vós agora sentis tristeza, mas eu hei de ver-vos novamente e o vosso coração se alegrará, e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria. 23aNaquele dia, não me perguntareis mais nada”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O Reino de Deus é a alegria do nosso coração

 “Também vós agora sentis tristeza, mas eu hei de ver-vos novamente e o vosso coração se alegrará, e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria” (João 16,22). 

Quero começar com essa afirmação categórica do Mestre: “Ninguém vos poderá tirar a vossa alegria”. Porque a nossa alegria não vem do mundo, das conquistas do mundo, a nossa alegria vem de Deus, e precisamos saber encontrar o sentido dessa alegria.

Primeiro, é preciso perguntar ao nosso coração o que nos causa tristeza, o que nos deixa tristes, abatidos e desanimados. O que tira a nossa alegria de viver? A alegria está onde colocamos o sentido da nossa vida. E quando aquilo que colocamos como sentido nos contraria, perdemos, nos frustra, então, é óbvio que a tristeza vem e entra dentro da alma e do coração.

Se não nos resolvemos diante dessa situação, a tristeza se aloja em nós, passa a morar e fazer parte da nossa vida e do nosso coração.

Quantas pessoas vivem de tristezas acumuladas! Sim, passamos por tristezas na vida, perdemos pessoas queridas, passamos por decepções, nos magoamos e nos frustramos; têm coisas que não dão certo, têm expectativas que alimentamos e, depois, elas caem por terra; recebemos notícias decepcionantes e, depois, caem por terra; decepcionamos pessoas e somos decepcionados.  

A nossa alegria vem de Deus! E precisamos saber encontrar o sentido dessa alegria

A tristeza é uma realidade da vida, mas precisamos saber nos redimensionar, nos colocarmos diante dela, e não ela se colocar diante de nós, mandar, comandar e direcionar a nossa vida.

Por isso, a Palavra de Deus está nos chamando, nos convocando e nos direcionando para que a nossa vida esteja na direção correta. Ainda que por pouco tenhamos de sentir a tristeza, nenhuma tristeza pode ser plena, eterna ou duradoura na vida de quem quer que seja.

Eu já chorei e choro quando perco entes queridos. Já precisei enterrar e entregar para Deus quatro irmãos, cada um teve uma tristeza diferente, mas tem uma alegria maior que move a minha vida, uma certeza maior, uma fé, uma esperança que alimenta a cada dia, o meu coração. Por isso, ninguém pode tirar a alegria do nosso coração, só nós mesmos quando tiramos de Deus a nossa razão de viver, quando não colocamos no Senhor, na eternidade e no Reino dos Céus, a razão da nossa existência.

Podemos perceber que quando o nosso coração não está focado e centrado em Deus, logo caímos no vazio, nos abismos da vida e, às vezes, tristeza que não tem nome nem explicação toma conta de nós.

Alegremo-nos com as pequenas coisas, mas, sobretudo, alegremo-nos por pertencermos ao Reino de Deus e ele será o maior tesouro da nossa vida, pois essa é a alegria do nosso coração.

Deus abençoe você!    

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.