Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Pr 21,1-6.10-13)

Leitura do Livro dos Provérbios.

1O coração do rei nas mãos do Senhor é como água corrente; ele o dirige para onde quer. 2O homem pensa que o seu caminho é sempre reto, mas é o Senhor quem sonda os corações. 3Praticar a justiça e o direito é mais agradável ao Senhor do que os sacrifícios. 4Olhar arrogante e coração orgulhoso, a lâmpada dos malvados não é senão o pecado. 5Os projetos do homem aplicado produzem abundância, mas todos os apressados só alcançam indigência. 6Tesouros adquiridos com língua mentirosa são ilusão passageira dos que procuram a morte. 10A alma do malvado deseja o mal, ele olha sem piedade para o seu próximo. 11Quando se castiga o zombador, aprende o imbecil, e quando o sábio é instruído, ele adquire mais saber. 12O justo observa a casa do ímpio e leva os ímpios à desgraça. 13Quem tapa os ouvidos ao clamor do pobre, também há de clamar, mas não será ouvido.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 118)

— Guiai-me, Senhor, no caminho de vossos preceitos!

— Guiai-me, Senhor, no caminho de vossos preceitos!

— Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Fazei-me conhecer vossos caminhos, e então meditarei vossos prodígios!

— Escolhi seguir a trilha da verdade, diante de mim eu coloquei vossos preceitos.

— Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei, e de todo o coração a guardarei.

— Guiai meus passos no caminho que traçastes, pois só nele encontrarei felicidade.

— Cumprirei constantemente a vossa lei; para sempre, eternamente a cumprirei!

Evangelho (Lc 8,19-21)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 19a mãe e os irmãos de Jesus aproximaram-se, mas não podiam chegar perto dele, por causa da multidão. 20Então anunciaram a Jesus: “Tua mãe e teus irmãos estão aí fora e querem te ver”. 21Jesus respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus, e a põem em prática”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Ouçamos e pratiquemos a Palavra de Deus

 “Jesus respondeu: ‘Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus, e a põem em prática’” (Lucas 8,21).

Os parentes de Jesus não conseguiam se aproximar d’Ele, mas alguns deles queriam uma proximidade física. Achamos que a proximidade física é a mais importante, é claro que, fisicamente, queremos estar próximos de pessoas que queremos bem. Você conhece alguém que, fisicamente, esteve mais próximo de Jesus do que a Virgem Maria? Alguém, neste mundo, trouxe Jesus no seu ventre, carregou por nove meses, amamentou, cuidou, criou, amou, pegou no colo, cuidou quando era menino, deu banho, viu Ele crescer e se transformar no homem que nós amamos, o Mestre Jesus?

Então, a proximidade física Maria já tinha, e mais ainda, a proximidade da intimidade com a verdade de Jesus. É essa que Jesus está apresentando para aqueles que estão ouvindo. “Não adianta estarem aqui somente me vendo”, a advertência era para eles. A advertência é também para nós, porque até podemos receber a Eucaristia, podemos até estar na Missa todos os dias, podemos até participar de muitos grupos de Igreja, mas não é isso que cria intimidade com Jesus, não é isso que cria identidade familiar com Ele.

O que cria intimidade familiar com Jesus é, primeiro, ouvir a Sua Palavra. Sabemos que ouvir não é uma coisa simples, é preciso dedicação para ouvir. Como escutamos muito pouco aquilo que é a verdade.

Não passemos um dia sequer sem ouvir a Palavra de Deus, meditá-la, ruminá-la, deixar que ela ilumine a nossa vida

Nossos ouvidos estão muito soltos e seduzidos por tantos barulhos que estão à nossa volta. Para ouvir a Palavra de Deus é preciso se abstrair ou se purificar de tantos barulhos para nos colocarmos na sintonia da Palavra.

Ouvir a Palavra de Deus é a missão principal de um discípulo de Jesus, debruçar-se sobre a Palavra, deixar que ela penetre em nossos ouvidos. Uma vez que a escutamos, é preciso praticá-la. E, muitas vezes, apanhamos nas duas lições: ouvimos pouco e praticamos menos ainda.

Não vamos praticar na integridade da Palavra, se não a ouvirmos; e se não ouvirmos a Palavra, é óbvio que não seremos os bons discípulos que seguem o Mestre Jesus. Por isso, nos aproximemos do Senhor e da Sua Palavra. Não passemos um dia sequer sem ouvir a Palavra de Deus, meditá-la, ruminá-la, sem deixar que ela ilumine a nossa vida.

Pratiquemos, pois é assim que, de verdade, criamos intimidade com o Mestre Jesus.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.