Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Sm 1,24-28)

Leitura do Primeiro Livro de Samuel.

Naqueles dias, 24Ana, logo que o desmamou, levou consigo Samuel à casa do Senhor em Silo, e mais um novilho de três anos, três arrobas de farinha e um odre de vinho. O menino, porém, era ainda uma criança. 25Depois de sacrificarem o novilho, apresentaram o menino a Eli. 26E Ana disse-lhe: “Ouve, meu senhor, por tua vida, eu sou a mulher que esteve aqui orando ao Senhor, na tua presença.27Eis o menino por quem eu pedi, e o Senhor ouviu a minha súplica. 28Portanto, eu também o ofereço ao Senhor, a fim de que só a ele sirva em todos os dias da sua vida”. E adoraram o Senhor.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (1Sm 2,1-8)

— Meu coração exultou no meu Senhor, Salvador.

— Meu coração exultou no meu Senhor, Salvador.

— Exulta no Senhor meu coração, e se eleva a minha fronte no meu Deus; Minha boca desafia os meus rivais porque me alegro com a vossa salvação.

— O arco dos fortes foi dobrado, foi quebrado, mas os fracos se vestiram de vigor. Os saciados se empregaram por um pão, mas os pobres e os famintos se fartaram. Muitas vezes deu à luz a que era estéril, mas a mãe de muitos filhos definhou.

— É o Senhor quem dá a morte e dá a vida, faz descer à sepultura e faz voltar; é o Senhor quem faz o pobre e faz o rico, é o Senhor quem nos humilha e nos exalta.

— O Senhor ergue do pó o homem fraco, e do lixo ele retira o indigente, para fazê-los assentar-se com os nobres num lugar de muita honra e distinção.

Evangelho (Lc 1,46-56)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.

51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, 55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=ALl9ktpDnQ4

Enchamos a nossa alma de Deus

Quando vivemos uma relação de comunhão com Deus, a nossa alma exulta de: alegria; louvores; ação de graças e reconhecimento

“Maria disse: ‘A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada” (Lucas 1,46-49).

Hoje, entramos na alma, no espírito de Maria e encontramos n’Ela uma mulher agradecida, que engrandece ao Senhor, que louva, bendiz e agradece a Deus por tudo aquilo que Ele realizou n’Ela, por Ela e para toda a humanidade.

Uma alma agradecida é uma alma reconhecida. É aquela que reconhece a graça; essa alma é reconhecida por Deus e aquele que é reconhecido por Ele, reconhece a graça d’Ele, a qual, habita o coração e na alma.

No mundo em que vivemos, onde há um espírito de muito negativismo, muitas reclamações, murmurações do mundo, esse não reconhece a grandeza de Deus; precisamos ser pessoas de ação de graças, de profunda gratidão a Deus. Quando vivemos uma relação de comunhão com Deus, a nossa alma exulta de: alegria, louvores, ação de graças e reconhecimento. Primeiro, pelo poder, pela grandeza, bondade e ação de Deus por estar no meio de nós.

Ainda que não sejamos dignos e estejamos contaminados pela maldade, pelo pecado; ainda que tenhamos desprezado a Deus com a vida, com os atos; Ele faz questão de viver, habitar e estar no meio de nós. É por isso que nós temos que engrandecer, agradecer, louvar, bendizer e adorar esse Deus vivo e presente no meio de nós!

Maria é a mulher da ação de graças, é a mulher que reconhece que tudo o que há n’Ela é prodígio, ação e poder de Deus. Hoje, pegamos os lábios da Virgem Maria para purificar os nossos próprios lábios. Se a boca fala daquilo que o coração está cheio, Maria estava cheia de Deus. E quem está cheio de Deus, o coração engrandece, louva e bendiz a Ele.

Queremos, nesse tempo de graça, nos enchermos de Deus, queremos que Ele habite plenamente em nós para que possamos, também, com a “boca” louvá-Lo, bendize-Lo, engrandecê-Lo, e exultar de alegria n’Aquele que é o Deus da nossa vida, que vive e habita no meio de nós.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios