Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira leitura (Ag 1,1-8)

Início da profecia de Ageu.

1No segundo ano do reinado de Dario, no sexto mês, no primeiro dia, foi dirigida a palavra do Senhor, mediante o profeta Ageu, a Zorobabel, filho de Salatiel, governador de Judá, e a Josué, filho de Josedec, sumo sacerdote: 2“Isto diz o Senhor dos exércitos: Este povo diz: Ainda não chegou o momento de edificar a casa do Senhor”. 3A palavra do Senhor foi assim dirigida, por intermédio do profeta Ageu: 4“Acaso para vós é tempo de morardes em casas revestidas de lambris, enquanto esta casa está em ruínas?

5Isto diz, agora, o Senhor dos exércitos: Considerai com todo o coração, a conjuntura que estais passando: 6tendes semeado muito, e colhido pouco; tende-vos alimentado, e não vos sentis satisfeitos, bebeis e não vos embriagais; estais vestidos e não vos aqueceis; quem trabalha por salário, guarda-o em saco roto. 7Isto diz o Senhor dos exércitos: Considerai, com todo o coração, a difícil conjuntura que estais passando: 8mas subi ao monte, trazei madeira e edificai a casa; ela me será aceitável, nela me glorificarei, diz o Senhor.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 149)

— O Senhor ama seu povo de verdade.

— O Senhor ama seu povo de verdade.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos; com louvores do Senhor em sua boca; eis a glória para todos os seus santos.

Evangelho (Lc 9,7-9)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7o tetrarca Herodes ouviu falar de tudo o que estava acontecendo, e ficou perplexo, porque alguns diziam que João Batista tinha ressuscitado dos mortos. 8Outros diziam que Elias tinha aparecido; outros ainda, que um dos antigos profetas tinha ressuscitado. 9Então Herodes disse: “Eu mandei degolar João. Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?” E procurava ver Jesus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Abramos o nosso coração para o encontro com Jesus

 “Então, Herodes disse: ‘Eu mandei degolar João. Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?’ E procurava ver Jesus” (Lucas 9,9).

O Reino de Deus está acontecendo, o Reino de Deus está sendo proclamado; os doentes estão sendo curados, as almas estão sendo libertas do poder do maligno, as pessoas estão sendo renovadas e transformadas. A ação de Jesus e dos Seus apóstolos tem chamado a atenção e tem causado tensão no coração de tantos que não se aproximaram da graça do Reino de Deus.

É preciso dizer que o Reino de Deus tem que provocar a sociedade, mas ele não provoca briga ou discussão, o Reino de Deus provoca transformação, o que o Reino de Deus faz acontecer é, de fato, comover e mover corações por aquilo que as pessoas estão sendo transformadas.

Você não precisa brigar por causa de Jesus, não precisa causar confusão por causa de Jesus, o que você precisa é testemunhar Jesus com a sua vida. É preciso que as pessoas olhem para você e vejam o que aconteceu na sua vida e você será um testemunho vivo daquilo que o poder de Jesus é capaz de faze, pois é isso que está chamando a atenção de tantos. “O que é que está acontecendo?”: Herodes está perguntando. “É João Batista que ressuscitou?”, mas eu mandei matar João Batista. Outros estão dizendo: “Elias apareceu”; “Será que é algum dos antigos profetas?”. Herodes, na sua ingenuidade, como aquele que não se abriu para graça, ele então, ouvindo falar dessas coisas, procurava ver Jesus.

Encontremo-nos com o Senhor a cada dia e que cada encontro seja transformação e conversão para o nosso coração

Herodes procurava ver Jesus pelo instinto da curiosidade. Sei que muitas pessoas são curiosas, querem saber o que acontece, às vezes, ali na igreja; e assim por diante. Mas não é por curiosidade que nos encontramos com o Senhor. Encontramos o Senhor quando abrimos o nosso coração para ouvi-Lo. Não é na curiosidade, quanto menos na comodidade que encontramos o Senhor. Encontramos o Senhor quando deixamos o coração se abrir para que nele Jesus entre e faça morada, porque muitos foram transformados pela presença de Jesus, mas outros não foram porque não acolheram, não se abriram, não se deixaram converter e se convencer pela Palavra que salva e transforma.

Não podemos permanecer fechados e indiferentes, não podemos permanecer indolentes de forma passiva quando Jesus está aqui, Ele está no meio de nós. É preciso conhecê-Lo; e não é conhecê-Lo na curiosidade, mas é conhecê-Lo na verdade. Quando procuramos conhecer Jesus e permitimos que a Sua Palavra entre em nós, a nossa vida é transformada. Que pena que Herodes morreu sem conhecer Jesus, que pena que Herodes e tantos da sua época tiveram a oportunidade de se aproximar, de conhecer e ter sua vida mudada. Ele passou para a história como um tetrarca que fez muitas coisas perversas, poderia ter entrado como um convertido, como um homem transformado.

Não importa se você teve uma vida errada ou malvada, mas importa que o erro é convertido na verdade, que a maldade é convertida na bondade quando encontramos Jesus e nos deixamos ser convertidos por Ele. Que nos encontremos com o Senhor a cada dia; e que cada encontro seja transformação e conversão para o nosso coração.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.