Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 8,1-11)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 1não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. 2Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.

3Com efeito, aquilo que era impossível para a Lei, já que ela estava enfraquecida pela carne, Deus o realizou; tendo enviado seu próprio Filho numa condição semelhante àquela da humanidade pecadora, e por causa justamente do pecado, condenou o pecado em nossa condição humana, 4para que toda a justiça exigida pela Lei seja cumprida em nós que não procedemos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

5Os que vivem segundo a carne aspiram pelas coisas da carne; os que vivem segundo o Espírito, aspiram pelas coisas do Espírito.

6Na verdade, as aspirações da carne levam à morte e as aspirações do Espírito levam à vida e à paz. 7Tudo isso, porque as tendências da carne são inimizade contra Deus: não se submetem — nem poderiam submeter-se — à Lei de Deus.

8Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus. 9Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós.

Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. 10Se, porém, Cristo está em vós, embora vosso corpo esteja ferido de morte por causa do pecado, vosso espírito está cheio de vida, graças à justiça. 11E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 23)

— É assim a geração/ dos que buscam vossa face,/ ó Senhor,/ Deus de Israel.

— É assim a geração/ dos que buscam vossa face,/ ó Senhor,/ Deus de Israel.

— Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra,/ o mundo inteiro com os seres que o povoam;/ porque ele a tornou firme sobre os mares,/ e sobre as águas a mantém inabalável.

— “Quem subirá até o monte do Senhor,/ quem ficará em sua santa habitação?”/ “Quem tem mãos puras e inocente coração.

— Quem não dirige sua mente para o crime./ Sobre este desce a bênção do Senhor/ e a recompensa de seu Deus e Salvador”./ “É assim a geração dos que o procuram,/ e do Deus de Israel buscam a face”.

Evangelho (Lc 13,1-9)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

1Naquele tempo, vieram algumas pessoas trazendo notícias a Jesus a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado, misturando seu sangue com o dos sacrifícios que ofereciam. 2Jesus lhes respondeu: “Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem sofrido tal coisa? 3Eu vos digo que não. Mas se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo. 4E aqueles dezoito que morreram, quando a torre de Siloé caiu sobre eles? Pensais que eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? 5Eu vos digo que não. Mas, se não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo”. 6E Jesus contou esta parábola: “Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha. Foi até ela procurar figos e não encontrou. 7Então disse ao vinhateiro: ‘Já faz três anos que venho procurando figos nesta figueira e nada encontro. Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?’

8Ele, porém, respondeu: ‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e colocar adubo. 9Pode ser que venha a dar fruto. Se não der, então tu a cortarás’”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia (com o Padre José Augusto)

Vamos cuidar de nossa conversão todos os dias

 “Garanto-vos que não, e se não se converterem, tudo terminará da mesma maneira” (Lc 13,5).

Alguns judeus estão chateados com o que Pilatos fez com o sangue dos galileus, misturando o sangue dos galileus com os sacrifícios que eram oferecidos. No fundo, uma tragédia, uma desgraça.

Infelizmente, muitas vezes, a vida humana é suscetível a eventos trágicos. Vamos olhar as tragédias e dizer: “Por que isso aconteceu?…. O avião caiu, bateu no carro, aquele outro foi roubado, aquela vida foi jogada fora, e não pensem que as pessoas que sofrem muitas vezes são parentes, são pessoas conhecidas; Muitas vezes, mesmo com a nossa própria vida, quem é que pode dizer que não vai passar por aquilo ou aquilo? Não queremos passar, por isso imploramos com grande insistência em nossos corações: "Livrai-nos dos acidentes, das tragédias" - sempre imploro - "Livrai-nos das doenças contagiosas e perniciosas; livra-nos de pandemias, de qualquer maneira. Temos que estar sempre implorando pela proteção de Deus, pela intervenção de Deus,

Será uma tragédia eterna não converter ou não mudar nossa vida; a tragédia do inferno, a tragédia de estar para sempre separado de Deus

Causamos tragédias, muitas vezes, na vida de outras pessoas, o motociclista que agiu de forma irresponsável ou irresponsável, muitas vezes, causa um acidente e não morre, mas outros ficam feridos, quando o obito não vem porque alguém causou aquela tragédia por desatenção ou assim à frente. Quantas falta de responsabilidade é responsável por tragédias na vida de outras pessoas em muitos outros campos da existência humana.

Deus não queria que as coisas fossem guiadas desta forma de forma alguma, por isso, quando suplicamos: "Livra-nos do mal", "Livra-nos, Senhor, destas tragédias", não estamos apenas implorando para que Deus possa julgar a quem muitas vezes ele enlouquece, estamos até implorando para que não estejamos sujeitos também a provocar o mal ou algo assim adiante. É claro que, muitas vezes, também acontece sem culpa. A análise, ou melhor, a consideração é Jesus quem faz. Não fique pensando que eles eram menos culpados, eram mais pecadores, quem quer que tenha sido as vítimas desta tragédia.

Se não nos convertermos, na realidade, uma tragédia maior acontecerá conosco porque será uma tragédia eterna não nos converter ou não mudar a nossa vida; a tragédia do inferno, a tragédia de estar para sempre separado de Deus.

Assim como não podemos brincar com a vida humana, não podemos brincar com o carro, não podemos brincar de dirigir, não podemos brincar e ficar desatentos com a vida, não podemos brincar com nossa conversão, não podemos brincar com nossa salvação. Temos que ter responsabilidade com a nossa vida humana, cuidando dela todos os dias, com a vida do outro para não prejudicar, mas cuidar da nossa conversão e da nossa salvação todos os dias.

Que nenhuma tragédia aconteça em nossa vida, mas, principalmente, a tragédia da não conversão. Que Deus nos dê a graça da conversão todos os dias!

Deus te abençoe!

Padre Roger Araújo - Padre da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.