Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Is 7,10-14;8,10) 

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

Naqueles dias, 10o Senhor falou com Acaz, dizendo: 11“Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal, quer provenha da profundeza da terra, quer venha das alturas do céu”. 12Mas Acaz respondeu: “Não pedirei nem tentarei o Senhor”. 13Disse o profeta: “Ouvi então, vós, casa de Davi; será que achais pouco incomodar os homens e passais a incomodar até o meu Deus? 14Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal. Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel, 8,10porque Deus está conosco.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 39) 

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor! 

— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: “Eis que venho!”

— Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”

— Boas-novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!

— Proclamei toda a vossa justiça, sem retê-la no meu coração; vosso auxílio e lealdade narrei. Não calei vossa graça e verdade na presença da grande assembleia.

Segunda Leitura (Hb 10,4-10) 

Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 4é impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes. 5Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma: “Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo. 6Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado. 7Por isso eu disse: Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade”. 8Depois de dizer: “Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado” — coisas oferecidas segundo a Lei — 9ele acrescenta: “Eu vim para fazer a tua vontade”. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo. 10É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Evangelho (Lc 1,26-38)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 26o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”

29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.

34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

No ventre de Maria somos recriados!

Todos nós precisamos de um colo, de um ventre para sermos recriados na graça de Deus

“Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus” (Lucas 1, 31).

Para quem se aproxima de Deus e é agraciado por Ele, a primeira coisa que Deus fala ao coração é: “Não tenhas medo!”. Por isso, temos medo de tudo que está no mundo. Muitas vezes, temos medo até daquilo que é de Deus. Precisamos ser tementes a Ele, mas nunca ter medo d’Ele.

Maria era uma mulher totalmente temente, obediente, serva de Deus e toda d’Ele. Por isso, quem se entrega para ser do Senhor não pode ter medo dos desígnios amorosos d’Ele.

A primeira mensagem do anjo para Maria foi: “Não tenhas medo, Maria”. Ele não está dizendo isso, porque Maria foi uma mulher medrosa, mas sim porque nem ela podia entender, naquele primeiro momento, o que, te fato, Deus queria dela.

Ela mesma vai dizer: “Como isso se fará? Como eu ficarei grávida de Deus sem conhecer um homem?”. Não existe lógica humana para isso, ninguém pode ficar grávida, mulher nenhuma, sem ação humana. Há algo divino, milagroso e impossível que só o Céu pode fazer, realizando-se no ventre dessa mulher escolhida, chamada para realizar o grande milagre de renovação da humanidade.

Maria é, na verdade, o novo Céu e a nova Terra que Deus está criando. Assim como Ele criou o paraíso primeiro, e este se perdeu por causa dos pecados de nossos primeiros pais, agora, no ventre de Maria, está nascendo um novo paraíso onde brotará o Salvador, que virá nos salvar.

Isso é grande demais para ser compreendido! Maria quer apenas entender como vai colaborar com essa graça de Deus. “Não se preocupe, Maria, pois o espírito que virá sobre ti é o espírito que criou todas as coisas, no princípio de tudo, e é o mesmo que vai entrar no seu ventre e realizar a nova criação de Deus”. A nova criatura de Deus é redimida em Jesus, e esse homem Jesus nasce no ventre de Maria.

Que graça divina, que graça sublime, realmente extrema e maravilhosa Deus traz ao meio de nós e a realiza no ventre de Maria! Por isso, hoje só posso dizer: “Bendita és tu entre as mulheres! Bendita és tu que acreditou! Bendita és tu que se colocou-se à disposição! Bendita és tu que não temeu ao que Deus tinha para realizar em ti. Bendita sejas tu, Maria, porque o paraíso, o novo Céu, a nova Terra, começou no seu ventre, saiu de ti! Bendita sejas tu Maria, porque foste toda de Deus, templo, morada e lugar da nova criatura!”.

Todos nós precisamos de um colo, de um ventre para sermos recriados na graça de Deus. O ventre que Deus nos dá é abençoado da bem-aventurada sempre Virgem Maria. Aquela que concebeu em si o filho eterno de Deus, quer também nos acolher para que possamos renascer como novas criaturas para o Senhor!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova -https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios