Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Pd 5,5b-14)

Leitura da Primeira Carta de São Pedro.

Caríssimos, 5brevesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. 6Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte.

7Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois ele é quem cuida de vós. 8Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. 9Resisti-lhe, firmes na fé, certos de que iguais sofrimentos atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora. 10Depois de terdes sofrido um pouco, o Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo, vos restabelecerá e vos tornará firmes, fortes e seguros.

11A ele pertence o poder, pelos séculos dos séculos. Amém. 12Por meio de Silvano, que considero um irmão fiel junto de vós, envio-vos esta breve carta, para vos exortar e para atestar que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes. 13A igreja que está em Babilônia, eleita como vós, vos saúda, como também, Marcos, o meu filho. 14Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno. A paz esteja com todos vós que estais em Cristo.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 88)

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.

— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

— Anuncia o firmamento vossas grandes maravilhas, e o vosso amor fiel, a assembleia dos eleitos, pois, quem pode, lá nas nuvens ao Senhor se comparar e quem pode, entre seus anjos, ser a ele semelhante?

— Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria; seguirá pelo caminho, sempre à luz de vossa face! Exultará de alegria em vosso nome dia a dia, e com grande entusiasmo exaltará vossa justiça.

Evangelho (Mc 16,15-20)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”.

19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Anunciai o Evangelho a toda criatura!

 “Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, e disse-lhes: ‘Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!’. Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao Céu, e sentou-se à direita de Deus. Os discípulos, então, saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam” (Mateus 16, 15; 19-20).

Palavra da Salvação! Porque essa Palavra chegou aos nossos ouvidos — fiz questão de dizer aquilo que o padre, ou diácono, diz ao final da leitura do Evangelho—, porque essa Palavra nos salvou, ela chegou aos nossos corações.

Hoje, na festa do evangelista São Marcos, nós temos a oportunidade de tocar neste Evangelho da saída: a saída dos discípulos para anunciar a Palavra do Senhor. Porém, os discípulos podem sair porque Deus saiu primeiro de Si; porque Deus, em primeiro lugar, fez esse movimento de sair de Si para ir ao encontro de cada ser humano, de cada criatura. 

Fale do amor de Cristo; leve essa experiência do amor d’Ele a tantos corações que precisam dessa Palavra; anuncie o Evangelho!

Ao nos criar, Deus Pai saiu de Si; contemplava o Filho; e criava, no poder do Espírito Santo, todas as coisas, inclusive o ser humano. Depois, Jesus, ao sair de Si, também deu o Seu “sim” diante do Pai e encarnou-Se, por amor a mim e a você. Depois, ao sair de Si, o Espírito Santo desceu sobre Maria e os apóstolos, no cenáculo, e sobre cada um de nós, derramando sobre nós a Sua força e o Seu poder.

Por isso, a nossa experiência de fé precisa se tornar uma missão, uma saída. Aquela experiência que fazemos precisa também chegar à vida dos outros. A fé não pode ser para nós somente um anestésico para alguns momentos de dor, de dificuldade; a nossa fé precisa se tornar missão; a pessoa deve manifestar o bem que ela sente pela outra pessoa. É assim nas nossas relações humanas: quando você diz que ama alguém, você precisa manifestar o bem que você sente por ela em atos concretos. 

Então, nós também precisamos manifestar a nossa fé concretamente, partilhando com o outro aquilo que nós recebemos. E isso nós precisamos vivenciar todos os dias da nossa vida. Em todas as oportunidades que tivermos no nosso dia a dia: no trabalho, na faculdade, na escola, com os companheiros de trabalho, na família, nós precisamos ser evangelizadores, anunciadores da Palavra do Senhor; alguém que realmente saiu de si para partilhar com o outro aquilo que recebeu.

Na festa do evangelista São Marcos, nós precisamos nos alegrar porque ele testemunhou os grandes feitos do Senhor, e ele também partilhou conosco. E, por ele ter dividido essa experiência de fé, essa Palavra — que acabei de ler para todos vocês —, chegou até mim e até você. Então, façamos o mesmo, saiamos de nós mesmos e anunciemos a Palavra do Senhor a toda criatura e em qualquer oportunidade que Deus nos der. Em todas as oportunidades que o Senhor nos der, falemos do amor de Cristo; levemos essa experiência do amor d’Ele a tantos corações que precisam dessa Palavra.   

Sobre todos vós, a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. 

Amém!

Padre Donizete Ferreira   Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.