Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Tg 5,9-12)

Leitura da Carta de São Tiago.

9Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está às portas. 10Irmãos, tomai por modelo de sofrimento e firmeza os profetas, que falaram em nome do Senhor. 11Reparai que consideramos como bem-aventurados os que perseveraram. Ouvistes falar da perseverança de Jó e conheceis o êxito que o Senhor lhe deu — pois o Senhor é rico em misericórdia e compassivo. 12Sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outra forma de juramento. Antes, que o vosso sim seja sim, e o vosso não, não. Então não estareis sujeitos a julgamento.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 102)

— O Senhor é indulgente, é favorável.

— O Senhor é indulgente, é favorável.

— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!

— Pois ele te perdoa toda a culpa, e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão.

— O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, nem guarda eternamente o seu rancor.

— Quanto os céus por sobre a terra se elevam, tanto é grande o seu amor aos que o temem; quanto dista o nascente do poente, tanto afasta para longe nossos crimes.

Evangelho (Mc 10,1-12)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus foi para o território da Judéia, do outro lado do Jordão. As multidões se reuniram de novo, em torno de Jesus. E ele, como de costume, as ensinava. 2Alguns fariseus se aproximaram de Jesus. Para pô-lo à prova, perguntaram se era permitido ao homem divorciar-se de sua mulher.3Jesus perguntou: “O que Moisés vos ordenou?” 4Os fariseus responderam: “Moisés permitiu escrever uma certidão de divórcio e despedi-la”. 5Jesus então disse: “Foi por causa da dureza do vosso coração que Moisés vos escreveu este mandamento. 6No entanto, desde o começo da criação Deus os fez homem e mulher. 7Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão uma só carne. 8Assim, já não são dois, mas uma só carne. 9Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe!”

10Em casa, os discípulos fizeram, novamente, perguntas sobre o mesmo assunto. 11Jesus respondeu: “Quem se divorciar de sua mulher e casar com outra, cometerá adultério contra a primeira. 12E se a mulher se divorciar de seu marido e casar com outro, cometerá adultério”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=YPN1aPSXFe8

Gravemos o valor sagrado do matrimônio em nosso coração

O matrimônio não é uma união de ilusões, paixões e noitadas, por isso seu valor sagrado precisa estar em nosso coração

“Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe!” (Marcos 10,7).

A Palavra de Deus nos coloca diante de um dos mistérios mais belos da criação de Deus. Há uma beleza incomparável na criação do homem e da mulher, mas a beleza se torna ainda maior quando Deus une essas suas realidades. O ser homem e o ser mulher se unem e formam uma só carne e, dessa união bela e abençoada brota a vida humana.

Estão buscando todas as formas e fórmulas possíveis para que a vida humana seja gerada por outro caminho, mas é um erro e uma ilusão, pois esse caminho é sagrado, é por onde brota a vida que vem do coração de Deus, Criador de todas as coisas. Ele concebe esse poder sagrado: a união do homem com a mulher.

É importante assumirmos o que a Palavra de Deus está nos dizendo hoje, porque não nos mostra essa união simplesmente como uma união carnal, de um homem que se deita com uma mulher e tem uma noite ou uma aventura. Não se trata de nada disso! Pelo contrário, é uma visão humana errada, equivocada e distorcida. A visão sagrada é outra, é a união de vida, coração, corpo, alma, é a união integral do homem com a mulher.

Não é uma união de ilusões, paixões e noitadas, por isso o valor sagrado do matrimônio precisa estar gravado no coração de cada um de nós, a começar pelos jovens que se preparam para assumir o valor sagrado do matrimônio.

Quando os dois se casam, ou os que já está casados, vão realmente mergulhar nessa dimensão profunda da união matrimonial. Não são dois corpos que se unem, não são duas pessoas que estão juntas para viver os impulsos carnais; pelo contrário, estão juntas para realizar o mistério sagrado da vida. Primeiro, essa via unitiva que traz a graça do homem e da mulher para se tornarem uma única realidade: a união conjugal, e dessa união linda e abençoada, fazer brotar a vida.

Quando tomarmos mais consciência do sagrado e permitirmos Deus entrar em nós para santificar-nos, renovar-nos, purificar e tirar de nós toda a visão mundana, a união conjugal do homem com a mulher se tornará também sagrada, abençoada e um mistério belo de ser vivido e contemplado.

Deus nos abençoe e dê cada vez mais a consciência do valor do sagrado.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL