Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 7,18-25a)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 18estou ciente de que o bem não habita em mim, isto é, na minha carne. Pois eu tenho capacidade de querer o bem, mas não de realizá-lo. 19Com efeito, não faço o bem que quero, mas faço o mal que não quero. 20Ora, se faço aquilo que não quero, então já não sou eu que estou agindo, mas o pecado que habita em mim. 21Portanto, descubro em mim esta lei: Quando quero fazer o bem, é o mal que se me apresenta.

22Como homem interior ponho toda a minha satisfação na lei de Deus; 23mas sinto em meus membros outra lei, que luta contra a lei da minha razão e me aprisiona na lei do pecado, essa lei que está em meus membros. 24Infeliz que eu sou! Quem me libertará deste corpo de morte? 25aGraças sejam dadas a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 118)

— Ensinai-me a fazer vossa vontade!

— Ensinai-me a fazer vossa vontade!

— Dai-me bom senso, retidão, sabedoria, pois tenho fé nos vossos santos mandamentos!

— Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade!

— Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes.

— Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer!

— Eu jamais esquecerei vossos preceitos, por meio deles conservais a minha vida.

— Vinde salvar-me, ó Senhor, eu vos pertenço! Porque sempre procurei vossa vontade.

Evangelho (Lc 12,54-59)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 54Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. 55Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. 56Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? 57Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?

58Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. 59Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Busquemos a sabedoria do Espírito

 “Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente?” (Lucas 12,56). 

Vivemos num mundo de muitas especialidades, há pessoas especialistas em diversos assuntos. Há aqueles que sabem realmente prever a meteorologia, os aspectos do céu e da terra. Há os diversos profissionais nas diversas áreas da vida. Há os psicólogos, psiquiatras, médicos, e cada um procura crescer mais no conhecimento da sua área. E, que assim seja abençoado, porque é muito importante uma ciência cada mais séria e serena que traga luz para a nossa vida. 

Não podemos ser insensatos e hipócritas, não podemos, na verdade, cometer a leviandade na fé. Muitos têm sabedoria para tudo, têm respostas para tudo, mas, infelizmente, não têm discernimento espiritual, não sabem discernir a voz de Deus, a luz de Deus, a Palavra de Deus, aquilo que Ele dirige à nossa vida.  

A vida no Espírito é a vida de oração e intimidade com Deus

Dedicamo-nos tanto às outras coisas, somos sábios aos nossos próprios olhos, mas não temos a sabedoria do Espírito. 

Por que não temos a vida do Espírito? Primeiro, porque não procuramos levar a vida no Espírito como precisa ser levada. A vida no Espírito é a vida de oração e intimidade com Deus. Segundo, não mergulhamos na Palavra de Deus, não nos voltamos para a Palavra que nos dá vida e sabedoria divina. Terceiro, porque não submetemos a nossa vontade à vontade de Deus, à luz de Deus, à sabedoria de Deus. Até queremos transformar a vontade de Deus na nossa vontade, queremos transformar o conhecimento de Deus no nosso conhecimento; queremos que Ele pense como nós, fale como nós e falamos até no lugar de Deus. Porque tamanha é a sabedoria que cada um de nós acha que tem. 

Eu sei que para futebol tem especialistas, para cada um dos esportes tem aqueles que têm as respostas e explicação para tudo. Eu sei que para as outras áreas da ciência, na gastronomia têm aqueles que são conhecedores profundos, mas de Deus não existe conhecedores profundos. De Deus, não é estudo filosófico nem teológico, o discernimento em Deus é aquele que procura ter intimidade com Deus, obediência a Deus, comunhão com a Igreja e vida no Espírito. 

Procuremos viver uma vida de maturidade em Deus, mas, sobretudo, vivendo na espiritualidade que nos leva a ser submissos a Ele. 

Deus abençoe você! 

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios