Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Primeira Leitura (Ap 15,1-4)

Leitura do Livro do Apocalipse de São João.

Eu, João, 1vi no céu outro sinal, grande e admirável: sete anjos, com as sete últimas pragas. Com elas o furor de Deus ia-se consumar. 2Vi também como que um mar de vidro misturado com fogo. Sobre este mar estavam, de pé, todos aqueles que saíram vitoriosos do confronto com a besta, com a imagem dela e com o número do nome da besta. Seguravam as harpas de Deus. 3Entoavam o cântico de Moisés, o servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: “Grandes e admiráveis são as tuas obras, Senhor Deus, Todo-Poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações! 4Quem não temeria, Senhor, e não glorificaria o teu nome? Só tu és santo! Todas as nações virão prostrar-se diante de Ti, porque tuas justas decisões se tornaram manifestas”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (97)

— Como são grandes e admiráveis vossas obras, ó Senhor e nosso Deus onipotente!

— Como são grandes e admiráveis vossas obras, ó Senhor e nosso Deus onipotente!

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

— O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.

— Aplauda o mar com todo ser que nele vive, o mundo inteiro e toda gente! As montanhas e os rios batam palmas e exultem de alegria.

— Na presença do Senhor, pois ele vem, vem julgar a terra inteira. Julgará o universo com justiça e as nações com equidade.

Evangelho (Lc 21,12-19)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12“Antes que estas coisas aconteçam, sereis presos e perseguidos; sereis entregues às sinagogas e postos na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. 13Esta será a ocasião em que testemunhareis a vossa fé. 14Fazei o firme propósito de não planejar com antecedência a própria defesa; 15porque eu vos darei palavras tão acertadas, que nenhum dos inimigos vos poderá resistir ou rebater. 16Sereis entregues até mesmo pelos próprios pais, irmãos, parentes e amigos. E eles matarão alguns de vós. 17Todos vos odiarão por causa do meu nome. 18Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça. 19É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!”  

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Permaneçamos com os olhos fixos em Jesus

 “Todos vos odiarão por causa do meu nome. Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça. É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!” (Lucas 21,17-18).

O Evangelho de hoje nos coloca diante da realidade dos primeiros seguidores de Cristo Jesus; Seus discípulos, Seus apóstolos são perseguidos e rejeitados por causa do Senhor. São levados aos tribunais para serem julgados, condenados e muitos serão tomados pelo medo. Por isso, Jesus está advertindo a eles, porque o primeiro a passar por tudo isso é o próprio Jesus. Ele mesmo é julgado, rejeitado, preso, condenado e crucificado.

Os Seus seguidores passarão por tamanha provação também, todos vos odiarão por causa do Seu nome. O nome de Jesus causa ódio e rejeição, não podemos ignorar essa realidade, foi assim ontem, é assim hoje em muitos lugares com mais insistência. Os cristãos são perseguidos em vários lugares no mundo, mas a cultura cristã verdadeira causa rejeição e, muitas vezes, não tem acolhimento.

Agora, da nossa parte, não é partir para o confronto, pelo contrário, o nosso mandamento é o mandamento do amor. Da nossa parte, não é partir para o medo ou para a guerra, a nossa parte é evangelizar de todo o coração, porque o sangue desses primeiros cristãos foram sementes para que tantos outros se tornassem também cristãos: o sangue do nosso amor a Jesus.

Os nossos olhos têm que estar fixos em Jesus porque Ele é a luz que ilumina toda e qualquer realidade

Não retratar na mesma moeda porque alguns estão semeando ódio, porque os cristãos estão sendo odiados, alguns estão semeando guerras porque estão guerrilhando a nossa fé.

As nossas armas não são as armas do mundo, as nossas armas são as armas da fé. Por outro lado, o essencial: é preciso permanecer firme para ganhar a vida, permanecer firme é permanecer de pé, é não perder a direção da fé, é permanecer com os olhos fixos em Jesus, pois alguns estão tirando os olhos de Jesus para se voltarem para as tragédias, para as coisas dramáticas da vida e do mundo, outros estão mergulhando a cabeça, o coração nos dramas da humanidade.

Não é pouco-caso, não é indiferença, é muito importante estarmos inseridos, conhecermos o mundo em que estamos. Agora, os olhos têm que estar fixos em Jesus porque Ele é a luz que ilumina toda e qualquer realidade.

Não tiremos de Jesus o nosso coração, em meio a todas as circunstâncias que possam parecer contrárias a nós, o nosso olhar é n’Ele. É n’Ele que colocamos a nossa confiança; e a esperança não decepciona.

Deus abençoe você!   

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios