Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Ts 1,1-5.8b-10)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses.

1Paulo, Silvano e Timóteo, à Igreja dos Tessalonicenses reunida em Deus nosso Pai e no Senhor Jesus Cristo: a vós, graça e paz! 2Damos graças a Deus por todos vós, lembrando-vos sempre em nossas orações. 3Diante de Deus, nosso Pai, recordamos sem cessar a atuação da vossa fé, o esforço da vossa caridade e a firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo.

4Sabemos, irmãos amados por Deus, que sois do número dos escolhidos. 5Porque o nosso evangelho não chegou até vós somente por meio de palavras, mas também mediante a força que é o Espírito Santo; e isso com toda a abundância.

Sabeis de que maneira procedemos entre vós, para o vosso bem. 8bA vossa fé em Deus propagou-se por toda parte. Assim, nós já nem precisamos falar, 9pois as pessoas mesmas contam como vós nos acolhestes e como vos convertestes, abandonando os falsos deuses, para servir ao Deus vivo e verdadeiro, 10esperando dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos: Jesus, que nos livra do castigo que está por vir.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 149)

— O Senhor ama o seu povo de verdade!

— O Senhor ama o seu povo de verdade!

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em Quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos, com louvores do Senhor em sua boca. Eis a glória para todos os seus santos.

Evangelho (Mt 23,13-22)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus: 13“Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós fechais o Reino dos Céus aos homens. Vós porém não entrais, 14nem deixais entrar aqueles que o desejam. 15Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós percorreis o mar e a terra para converter alguém, e quando conseguis, o tornais merecedor do inferno, duas vezes pior do que vós.

16Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: ‘Se alguém jura pelo Templo, não vale; mas, se alguém jura pelo ouro do Templo, então vale!’ 17Insensatos e cegos! O que vale mais: o ouro ou o Templo que santifica o ouro? 18Vós dizeis também: ‘Se alguém jura pelo altar, não vale; mas, se alguém jura pela oferta que está sobre o altar, então vale!’

19Cegos! O que vale mais: a oferta, ou o altar que santifica a oferta? 20Com efeito, quem jura pelo altar, jura por ele e por tudo o que está sobre ele. 21E quem jura pelo Templo, jura por ele e por Deus que habita no Templo. 22E quem jura pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que nele está sentado”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Jesus é a religião da vida

A religião de Jesus é a religião da vida, sem desprezar aquilo que é a essência; é cuidar do fundamental e amar a pessoa humana

“Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós fechais o Reino dos Céus aos homens. Vós porém não entrais” (Mateus 23,13).

Jesus é amoroso, eterno e misericordioso, Ele é a expressão mais amorosa de Deus para todos nós. O Senhor é autêntico, verdadeiro e muito duro com a hipocrisia, a qual é, justamente, essa dos mestres da Lei e fariseus, que conhecem as Lei de Deus, conhecem Suas regras, Sua Palavra revelada, mas se fecham para a verdade da Lei, estão apegados às coisas menores, às discussões tolas. Estão apegados a certos aspectos da lei e não a sua essência.

Permita-me dizer, do fundo do meu coração, que não podemos desprezar a Doutrina, a religião, a fé, os valores e dogmas. Os ensinamentos da fé e tudo aquilo que nós aprendemos, desde crianças, como os mandamentos, as leis e tudo que a Igreja nos ensina é, na verdade, uma riqueza de Deus para todos nós.

Há um cuidado que toda religião precisa ter para não ser uma religião de preceitos, regras e muita hipocrisia, para não ser uma religião do peso, da exigência, que apenas exige e pouco ama e vive.

A religião de Jesus é a religião da vida, sem desprezar aquilo que é a essência; é cuidar do fundamental, amar a pessoa humana. Senão, corremos sérios riscos de sermos também uma religião da hipocrisia, que fala demais e prega Deus o tempo inteiro. Os filhos de Deus, no entanto, estão sendo deixados de lado, estão sofrendo, não estão sendo cuidados.

A pessoa diz assim: “Eu fico o tempo inteiro na presença de Jesus”. Essa pessoa ora, adora, mas será que tem tempo para o outro? Escuta e se volta para ele? Uma religião que nos deixa fechados em nós mesmos, que nos exalta como se nós fôssemos todos de Deus, mas não nos abre para cuidarmos e amarmos o próximo; é a religião dos fariseus, dos hipócritas e doutores da Lei. Onde se fecha o Reino de Deus ninguém entra, ninguém sai.

O Reino dos Céus é para todos, e o nosso dever não é fechar a porta, porque, quando a fechamos, nem mesmo nós entramos. O nosso dever é abrir as portas, é acolher e trazer para a fé os irmãos, independentemente do que vivem e passam, para serem cuidados e amados; a partir daí, conhecerem a verdade.

Deus abençoe você!

Ouça  a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=AJYccErw3sg
 

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL