Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (At 2,36-41)
Leitura dos Atos dos Apóstolos.
No dia de Pentecostes, Pedro disse aos judeus: 36“Que todo povo de Israel reconheça com plena certeza: Deus constituiu Senhor e Cristo a este Jesus que vós crucificastes”.
37Quando ouviram isso, eles ficaram com o coração aflito, e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: “Irmãos, que devemos fazer?” 38Pedro respondeu: “Convertei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para o perdão dos vossos pecados. E vós recebereis o dom do Espírito Santo. 39Pois a promessa é para vós e vossos filhos, e para todos aqueles que estão longe, todos aqueles que o Senhor nosso Deus chamar para si”.
40Com muitas outras palavras, Pedro lhes dava testemunho, e os exortava, dizendo: “Salvai-vos dessa gente corrompida!” 41Os que aceitaram as palavras de Pedro receberam o batismo. Naquele dia, mais ou menos três mil pessoas se uniram a eles.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 32)

— Transborda em toda a terra a bondade do Senhor.
— Transborda em toda a terra a bondade do Senhor.

— Reta é a palavra do Senhor, e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça, transborda em toda a terra a sua graça.

— Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, e que confiam esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los quando é tempo de penúria.
— No Senhor nós esperamos confiantes, porque ele é nosso auxílio e proteção! Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!

Segunda Leitura (Gn 22,1-2.9a.10-13.15-18)

Leitura do Livro do Gênesis:

Naqueles dias, 1Deus pôs Abraão à prova. Chamando-o, disse: Abraão!” E ele respondeu: “Aqui estou”. 2E Deus disse: “Toma teu filho único, Isaac, a quem tanto amas, dirige-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um monte que eu te indicar”.

9aChegados ao lugar indicado por Deus, Abraão ergueu um altar, colocou a lenha em cima, amarrou o filho e o pôs sobre a lenha em cima do altar. 10Depois, estendeu a mão, empunhando a faca para sacrificar o filho.

11E eis que o anjo do Senhor gritou do céu, dizendo: “Abraão! Abraão!” Ele respondeu: “Aqui estou!”. 12E o anjo lhe disse: “Não estendas a mão contra teu filho e não lhe faças nenhum mal! Agora sei que temes a Deus, pois não me recusaste teu filho único”.

13Abraão, erguendo os olhos, viu um carneiro preso num espinheiro pelos chifres; foi buscá-lo e ofereceu-o em holocausto no lugar do seu filho.

15O anjo do Senhor chamou Abraão, pela segunda vez, do céu, 16e lhe disse: “Juro por mim mesmo — oráculo do Senhor —, uma vez que agiste deste modo e não me recusaste teu filho único, 17eu te abençoarei e tornarei tão numerosa tua descendência como as estrelas do céu e como as areias da praia do mar. Teus descendentes conquistarão as cidades dos inimigos. 18Por tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra, porque me obedeceste”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Evangelho (Jo 20,11-18)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 11Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. 12Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.
13Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras?” Ela respondeu: ”Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. 14Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. 15Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que choras? A quem procuras?” Pensando que era o jardineiro, Maria disse: “Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar”.
16Então Jesus disse: “Maria!” Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: “Rabuni” (que quer dizer: Mestre). 17Jesus disse: “Não me segures. Ainda não subi para junto de meu Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”. 18Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Eu vi o Senhor!”, e contou o que Jesus lhe tinha dito.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Jesus é o consolo de que nossa alma necessita

Podemos perder as batalhas, mas a guerra já foi vencida! Cristo está vivo e ressuscitado, está no meio de nós para levantar nosso ânimo e confiança

“Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras?”. Ela respondeu: ”Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram” (João 20,13).

Maria Madalena foi ao túmulo bem cedo para estar ao lado do Senhor, mas, quando chegou lá, não encontrou Seu corpo, o túmulo estava vazio. Ela começou a chorar de forma compulsiva, até os anjos que estavam presente foram dar-lhe o primeiro consolo: “Por que choras?”.

Em nossa vida, encontramos, muitas vezes, situações onde choramos por tristezas e decepções, porque algo não está bem dentro de nós. Choramos por derrotas e angústias; choramos, porque colocamos nossa esperança onde nos decepcionamos, porque perdemos alguém muito querido ou, então, porque recebemos uma má notícia.

Há aqueles para os quais as lágrimas correm pelos olhos, e também aqueles que, talvez, não as deixem cair, mas estão chorando por dentro. Há um choro que é de tristeza, de saudade, necessidade e consolo.

Uma coisa muito importante: o Cristo ressuscitado vem para enxugar todas as nossas lágrimas e para nos perguntar: “Por que choram? Por que estão tristes e desanimados? Por que estão com a alma tão abatida?”. Precisamos responder o porquê.

Maria disse que estava chorando, porque o seu Senhor havia sido roubado, não estava lá. E por que nós choramos? Por que a tristeza bate à nossa porta? Precisamos colocar para fora, desabafar e deixar sair de nós as razões que entristecem o nosso coração e nos fazem chorar na vida.

Jesus vivo e ressuscitado é o consolo da nossa alma e do nosso coração! Podemos perder as batalhas, mas a guerra já foi vencida e Cristo está vivo e ressuscitado, está no meio de nós para levantar o nosso ânimo, a nossa confiança e não nos permitir jamais perder a esperança, seja qual for a situação, seja qual for a tribulação ou angústia que passamos nesta vida.

Não desanime, não entregue sua alma ao desânimo e ao desespero, não entregue seu coração ao fracasso. A nossa vitória definitiva já foi proclamada e está entre nós! Por isso, se temos mil motivos para estarmos tristes, temos um único que alegra definitivamente nossa alma e nosso coração.

Seja o consolo de quem chora, o ânimo de quem está desanimado, a esperança de quem a perdeu. Seja testemunha de que Cristo está vivo, testemunhe que se encontrou com Ele e que isso fez toda a diferença em sua vida. Não leve desânimo, desespero, não crie pânico entre as pessoas. Não use a expressão “Não tem mais jeito!”. Tem jeito, porque, para a morte que parecia não ter mais jeito, Cristo trouxe a vida.

Quando uma situação na vida de quem quer que seja parecer totalmente desesperadora, semeie a semente da ressurreição. Por pior e maior que seja o Calvário, de lá irá brotar a vida nova!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/rogeraraujo.cn

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL