Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Jo 4,7-16)

Leitura da Primeira Carta de São João.

7Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus. 8Quem não ama, não chegou a conhecer Deus, pois Deus é amor. 9Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós: Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que tenhamos vida por meio dele. 10Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou o seu Filho como vítima de reparação pelos nossos pecados. 11Caríssimos, se Deus nos amou assim, nós também devemos amar-nos uns aos outros. 12Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amamos uns aos outros, Deus permanece conosco e seu amor é plenamente realizado entre nós. 13A prova de que permanecemos com ele, e ele conosco, é que ele nos deu o seu Espírito.  14E nós vimos, e damos testemunho, que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. 15Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus. 16E nós conhecemos o amor que Deus tem para conosco, e acreditamos nele. Deus é amor: quem permanece no amor, permanece com Deus, e Deus permanece com ele.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 33)

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!

— Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

— Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda angústia.

— O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

— Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, porque nada faltará aos que o temem. Os ricos empobrecem, passam fome, mas aos que buscam o Senhor não falta nada.

Evangelho (Jo 11,19-27)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 19muitos judeus tinham vindo à casa de Marta e Maria para as consolar por causa do irmão. 20Quando Marta soube que Jesus tinha chegado, foi ao encontro dele. Maria ficou sentada em casa. 21Então Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. 22Mas mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus, ele te concederá”. 23Respondeu-lhe Jesus: “Teu irmão ressuscitará”. 24Disse Marta: “Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. 25Então Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá. 26E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês isto?” 27Respondeu ela: “Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Santa Marta é modelo de fé e seguimento a Jesus

 “Respondeu ela: ‘Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo’” (João 11,27).

Hoje, celebramos Santa Marta, a irmã de Maria e de Lázaro. Celebramos Marta, a discípula de Jesus. Talvez, você se inquiete: “Marta não serviu a Jesus, quem O serviu foi Maria”. As duas serviram muito bem ao Senhor do jeito e da maneira delas. Ainda que escutemos do Evangelho: “Maria escolheu a melhor parte”, não significa que Marta não escolheu Jesus. É claro que ela escolheu, acolheu e amou Jesus, mas queremos celebrar Marta como aquela que professou a sua fé em Jesus.

Marta é para nós modelo de seguimento porque quando Lázaro morreu e ela acolheu Jesus em sua casa, ela mesmo disse: “Senhor, se estivesse aqui, meu irmão não teria morrido”. Veja, ela acreditava que Jesus era a vida. Jesus mesmo disse a Marta: “Seu irmão ressuscitará. Não se preocupe”. Marta responde: “Sim. Senhor, eu sei que ele vai ressuscitar na ressurreição do último dia”. Jesus diz: “Marta, Eu sou a ressurreição e a vida”. Marta proclama: “Eu creio firmemente que Tu és o Messias. Eu creio que Tu és o Filho de Deus que devia vir ao mundo”. No meio da dor, no momento em que perdeu seu próprio irmão, ela estava firme na fé.

Jesus é a ressurreição e a vida, se cremos, deixamos que Ele levante a nossa fé e nos coloque de pé como colocou Marta

No meio das tribulações, aflições e perdas que temos na vida, não podemos perder a fé, pelo contrário, é a hora de manifestarmos o quanto cremos em Deus, qual é de verdade o tamanho da nossa fé e se temos fé; porque, ter fé quando está tudo maravilhoso, quando só vemos abundância na frente é simples.

A fé é no meio das tribulações, no meio das provações, viver o que estamos vivendo e não desanimarmos porque tem um Deus cuidando de nós. Olhemos para Marta, a discípula de Jesus, que em meio a grande tribulação da sua vida, professou a sua fé.

Quero, hoje, te convidar a levantar o coração como Marta em meio à dor, aos sentimentos e às perdas que já passou na vida. Muitas vezes, quando perdemos alguém que é muito querido para nós, pai, mãe, irmão, irmã, amigo, nos desesperamos quando, na verdade, é o contrário. A perda precisa ser para nós ganho na fé, porque Jesus é a ressurreição e a vida, se cremos, deixamos que Ele levante a nossa fé e nos coloque de pé como colocou Marta.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Faceboo

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios