Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 9,1-5)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 1não estou mentindo, mas, em Cristo, digo a verdade, apoiado no testemunho do Espírito Santo e da minha consciência: 2Tenho no coração uma grande tristeza e uma dor contínua, 3a ponto de desejar ser eu mesmo segregado por Cristo em favor de meus irmãos, os de minha raça.

4Eles são israelitas. A eles pertencem a filiação adotiva, a glória, as alianças, as leis, o culto, as promessas 5e também os patriarcas. Deles é que descende, quanto à sua humanidade, Cristo, o qual está acima de todos — Deus bendito para sempre! — Amém!

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 147)

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!/ Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!/ Pois reforçou com segurança as tuas portas,/ e os teus filhos em teu seio abençoou.

— A paz em teus limites garantiu/ e te dá como alimento a flor do trigo./ Ele envia suas ordens para a terra,/ e a palavra que ele diz corre veloz.

— Anuncia a Jacó sua palavra,/ seus preceitos, suas leis a Israel./ Nenhum povo recebeu tanto carinho,/ a nenhum outro revelou os seus preceitos.

Evangelho (Lc 14,1-6)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 2Diante de Jesus, havia um hidrópico. 3Tomando a palavra, Jesus falou aos mestres da Lei e aos fariseus: “A Lei permite curar em dia de sábado, ou não?” 4Mas eles ficaram em silêncio.

Então Jesus tomou o homem pela mão, curou-o e despediu-o. 5Depois lhes disse: “Se algum de vós tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado?” 6E eles não foram capazes de responder a isso.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Ofereçamos um culto agradável ao coração de Deus

 “Então, Jesus tomou o homem pela mão, curou-o e despediu-o” (Lucas 14,4).

Estamos contemplando, mais uma vez, a ação misericordiosa, bondosa e amorosa de Jesus. Ele pega aqueles que estão sofrendo, que estão sendo ignorados. Porque o sofrimento tem uma dupla face: é o sofrer pela enfermidade, por aquilo que o mal provoca na pessoa; e o sofrer por ser desprezado, ignorado, sem importância, ser olhado como se fosse castigado.

Pense neste homem hidrópico, há quanto tempo esse filho de Deus sofre, mas sofre não só pelo mal da hidropisia, que o deixa tão limitado, ele sofre, sobretudo, com os limites que os homens - inclusive os homens religiosos - criam para ele.

Que Deus nos ensine o culto que Lhe agrada, e o culto que Lhe agrada é ama-Lo

Jesus vê a pessoa humana sofrendo e ignora; inclusive o que para alguns é sagrado, porque não havia nada mais sagrado para a mentalidade judaica farisaica do que o sábado: não pode fazer nada no dia de sábado, o sábado é somente para o culto a Deus. Que culto mais hipócrita! Que culto mais medíocre! Desculpe-me, mas nós, muitas vezes, prestamos a Deus um culto medíocre, nós até choramos e exclamamos. Quanta gente vendo anjos, vendo santos, enxergando sinais em tudo quanto é lugar, mas não enxerga o sofrimento do outro, não enxerga a miséria do outro, não enxerga o outro que está ao seu lado passando as mais diversas necessidades.

Que culto mais hipócrita! É desse culto que Jesus está se referindo aos Seus, inclusive aos fariseus, os mais religiosos da Sua época porque eles se preocupavam demais com o culto, com o zelo pelo que era sagrado, mas em um dia de sábado (e não é a primeira vez), tantas vezes Jesus faz isso e, por causa disso, vão condená-Lo, porque Ele eleva o ser humano à sua categoria de um ser sagrado, aquele que de fato é imagem e semelhança de Deus.

Às vezes, prestamos um culto tão elevado a Deus e rebaixamos tanto a pessoa do irmão e do próximo. Às vezes, cuidamos tanto do incenso do altar e ignoramos o sofrimento do outro que está do nosso lado.

Deus nos cure da hipocrisia religiosa, Deus nos cure da mediocridade religiosa, Deus nos cure dessa visão egoísta porque Jesus mesmo dizendo: “Se algum de vós tem um filho ou um boi que caiu num poço, não vai no dia de sábado cuidar dele ? ” . Você não vai se desesperar se um filho seu passa por qualquer aflição? Se a pessoa se desespera até se o boi está ruim, se a vaca, se o porco (quem cuida disso). Você fica desesperado se o seu boi está ruim, mas você não se inquieta com quem sofre, com quem passa fome, com quem passa necessidade, por quem passa aflição, por quem está sofrendo.

Que Deus nos ensine o culto que Lhe agrada, e o culto que Lhe agrada é ama-Lo, é servi-Lo, mas sair do culto para cultuar e cuidar do irmão que está sofrendo.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova - https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.