Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Rm 10,9-18)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.

Irmãos, 9se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, no teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. 10É crendo no coração que se alcança a justiça e é confessando a fé com a boca que se consegue a salvação. 11Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crer não ficará confundido”. 12Portanto, não importa a diferença entre judeu e grego; todos têm o mesmo Senhor, que é generoso para com todos os que o invocam. 13De fato, todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. 14Mas como invocá-lo, sem antes crer nele? E como crer, sem antes ter ouvido falar dele? E como ouvir, sem alguém que pregue? 15E como pregar, sem ser enviado para isso?

Assim é que está escrito: “Quão belos são os pés dos que anunciam o bem”. 16Mas nem todos obedeceram à Boa Nova. Pois Isaías diz: “Senhor, quem acreditou em nossa pregação?” 17Logo, a fé vem da pregação e a pregação se faz pela palavra de Cristo. 18Então, eu pergunto: Será que eles não ouviram? Certamente que ouviram, pois “a voz deles se espalhou por toda a terra, e as suas palavras chegaram aos confins do mundo”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 18)

— Seu som ressoa e se espalha em toda terra.

— Seu som ressoa e se espalha em toda terra.

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.

— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

Evangelho (Mt 4,18-22)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18quando Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. 20Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O Senhor quer que sejamos pescadores de homens

 “Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. Jesus disse a eles: ‘Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens’” (Mateus 4,18-19).

Temos a graça de celebrar, hoje, o apóstolo Santo André, irmão de Simão Pedro. Ele, junto ao seu irmão, ouviu o chamado de Jesus e largou tudo para segui-Lo. Eram pescadores, era a profissão deles, mas, agora, transformaram a profissão em missão.

Não só agora pescam peixes, mas pescarão homens para Deus. Que missão mais nobre e mais bela! Sei que temos que trabalhar para sustentar a nossa casa e a nossa família. Sei que você tem que dar duro na profissão que tem, para trazer o sustento para dentro da sua casa.

Assim como André que transformou a profissão em missão, faça o mesmo você também: que a sua profissão não seja somente o ganha pão, mas que seja ganhar corações, ganhar homens e mulheres para Deus. Comece com os da sua própria casa e família porque muitos pais de família trabalham duro, trazem tudo para dentro de casa, para que não falte nada e tenha o essencial, mas não trazem a salvação.

Colocam naquilo que ganham o coração, mas isso acaba roubando-nos do essencial e, muitas vezes, até leva a família a se perder. Use a criatividade e a sabedoria! Primeiro, escute o chamado do Mestre, Ele está chamando: “Siga-me, porque quero fazer de você pecador de homens”.

Deus precisa de você para que seja pescador de homens

O Senhor quer que você seja pescador na sua casa, na sua família, mas você será pescador também lá no seu trabalho.

Sabe, tem pessoas que conquistam os outros para as coisas do mundo… A turma do boteco leva os que querem para o boteco e para tantas outras coisas, para casas de perdições e tantas coisas que, depois, levam a pessoa a se perder.

Por que você não usa o dom que tem para conquistar essas pessoas para Deus? Por que você não usa o seu dom, o seu talento, a sua profissão para também semear a Palavra, para também conquistar pessoas que estão na sua empresa, no seu trabalho, no mundo em que você está, precisando encontrar a salvação?

André permitiu se transformar em um instrumento de salvação na sua casa, na sua família e, depois, para o mundo. Atualmente, não é diferente! Deus precisa de você, para que seja pescador de homens. Pergunte ao seu coração: “Quantas almas, quantos corações você já pescou para o coração de Deus?”.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios