Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Pelo segundo ano, as celebrações da Páscoa serão em ambiente digital por causa das restrições devido à Covid-19. Com o número absurdo de mortes, a Páscoa católica tem um significado especial. “O Brasil precisa sair da morte para a vida. Estar unido nesse momento tão difícil e superar com força e coragem”, disse Padre Júlio Lancellotti, o entrevistado do episódio dessa quinta-feira Santa, início do Tríduo Pascal.

O programa vai ao ar no Dia do Padre (Quinta-feira Santa) e explicará quais os significados das celebrações da Páscoa: o lava pés, a partilha do pão, o domingo de Ramos e a Páscoa.

A entrevista é especial nesses tempos de pandemia, com tantas mortes, pessoas esperando vaga em hospitais, a angústia das famílias que perderam seus entes para a Covid, os desempregados, os empresários que perderam seus negócios, o aumento dos moradores em situação de rua e a desesperança.

 “A Semana Santa é o tempo da conversão, da transformação. É tornar a vida eucarística, partilhar com todos e se alimentar da força de Deus. Esse é o momento mais dramático da pandemia. O amor e a dor nos transforma. Cristo está com Covid na UTI entubado, nas filas dos hospitais”, diz padre Júlio.

A entrevista que traz rituais da Semana Santa que passam pela morte, celebra a vida e renova a fé, estreia no Youtube dia 1 de abril, no Canal Angelini.

Vera Moreira/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios