Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Concursos do logo e do hino da JMJ Lisboa 2022 foram temas tratados no encontro do COL e do COD

O Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude que acontecerá em Lisboa, no ano de 2022; realizou o primeiro encontro com o Comité Organizador Diocesano (COD) de todas as dioceses de Portugal. Os bispos católicos nomearam nas últimas semanas os responsáveis pelo Comitê Organizador Diocesano (COD) da JMJ, que constituem a Comissão Interdiocesana da jornada e são representantes de todo o país na organização da Jornada Mundial da Juventude de 2022.

O Comitê Organizador Local da JMJ 2022 é presidido pelo cardeal-patriarca de Lisboa, Dom Manuel Clemente, e liderado por dois coordenadores-gerais: Dom Joaquim Mendes, para a parte pastoral, e Dom Américo Aguiar, para a logística. Na primeira reunião do COL com o COD, foram tratados temas relacionados com a abertura dos concursos do logo e do hino da JMJ Lisboa 2022. A próxima reunião da Comissão Inter-diocesana da JMJ Lisboa 2022 está agendada para o segundo semestre deste ano.

No final de junho, o Papa Francisco anunciou os temas escolhidos para o itinerário de três anos das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), que culmina com a celebração internacional do evento em Lisboa. “A próxima edição internacional da JMJ será em Lisboa, em 2022. Para esta etapa de peregrinação intercontinental dos jovens escolhi como tema ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc 1, 39)”, disse o Papa, no Vaticano.

Francisco falava aos jovens participantes no XI Fórum Internacional da Juventude dedicado ao Sínodo e à Exortação Apostólica ‘Cristo Vive’, uma iniciativa promovida pela Santa Sé. No seu discurso, o Papa manifestou a intenção de que estes temas promovam uma “harmonia” entre o itinerário para a JMJ 2022 e o caminho da Igreja Católica após o Sínodo dedicado às novas gerações realizado em outubro de 2018.

“Desejo que haja uma grande sintonia entre o itinerário para a JMJ de Lisboa e o caminho pós-sinodal. Não ignorem a voz de Deus, que impele a levantar e seguir os caminhos que Ele preparou para vocês. Como Maria, e junto com ela, sejam portadores da sua alegria e do seu amor, todos os dias”, pediu o Papa.

As Jornadas Mundiais da Juventude nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude. Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível local (diocesano) no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos, numa grande cidade. As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

(Canção Nova/com Agência Ecclesia)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios