Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Filhos e filhas,

Ave, ave sempre Virgem Santa Maria,

Mãe do verdadeiro Deus, Senhor do Céu, Senhor da Terra

És o templo do Deus vivo, és do Amor revelação

Ouve Mãe nosso lamento, és auxílio e compaixão

Nada me entristeça, nada me preocupe se estou no teu olhar

Doce mãe de Guadalupe

As aparições da Virgem Maria oficializadas pela Igreja sempre deixaram profundas marcas na história, na alma e no coração dos fiéis. Em alguns casos, foram deixadas provas contundentes, como ocorreu em Tepeyac, noroeste da Cidade do México, no século XVI.

Na tilma do índio Juan Diego, Maria fez estampar sua imagem milagrosamente até hoje essa peça de vestuário permanece sem sinais de deterioração. O fenômeno desafia a ciência e seus pesquisadores, que são unânimes em afirmar: o manto de Guadalupe, que se encontra exposto na basílica de mesmo nome, no México, é de natureza divina.

A Mãe de Guadalupe, Padroeira das Américas, título dado por São João Paulo II em 1979, é digna de verdadeiros tratados também no que se refere a aspectos sociais, políticos e religiosos. Não por acaso, fez questão de manifestar-se a um índio por meio do rosto de uma jovem morena com traços europeus, sendo a mão direita mais branca que a esquerda, além de outros elementos evidentes de sua intenção de pôr fim ao separatismo e reforçar a importância da solidariedade entre os povos e culturas.

Devoto-me à Mãe de Guadalupe por ter escolhido como um dos primeiros sinais de sua maternidade a cura do tio moribundo de Juan Diego e empenho-me em propagá-la como intercessora dos doentes, tão irrefutáveis são os testemunhos de graças recebidas nesse sentido.

Devoto-me à Mãe de Guadalupe por ter utilizado como sinal de sua manifestação as rosas, levadas como prova ao bispo daquela localidade. Apesar de impróprias para o lugar e o clima no momento da aparição, ainda assim o topo da montanha estava repleto de rosas perfumadas e umedecidas pelo orvalho, para que nossa obediência a seu amado Filho Jesus exale como perfume de santidade.

Para aqueles que duvidam da aparição de Maria em Guadalupe, a Virgem impôs-se num manto para ser lembrada. Quem tem olhos veja, pois o que se vê é suficiente para ter fé!

Por tudo isso, rezemos:

Ó gloriosa Mãe de Deus, Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira das Américas,

Tu és nossa mãe compassiva,

Curai nossas penas,

Nossas misérias e dores,

Acolhei-nos no aconchego do Teu manto,

Escutai mãe as nossas preces.

(Faça o seu pedido)

Amparai os doentes e desempregados,

Abençoai nossas casas e as nossas famílias,

Protegei nossos filhos,

Livrando-os das maldades e dos perigos desse mundo,

Guardai nossos lares,

Escondendo-os dos olhos dos maus,

Que neles o nome de Deus seja sempre invocado com respeito e amor,

Que os seus mandamentos sejam observados com fidelidade,

Que Vosso bendito nome, ó Mãe querida,

Seja sempre lembrado com muita devoção,

Que a palavra de Deus seja sempre meditada,

E seguida todos os dias da nossa vida.

Que a nossa obediência a Teu Filho Jesus,

Exale tal qual rosa um perfume de santidade.

Amém.

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios