Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Filhos e filhas,

Feliz 2021! Que neste novo ano que se inicia, possamos ainda mais confiar em Deus e superar desafios, na humildade e fraternidade.

É o primeiro boletim do ano, é tempo de renovar as esperanças, fazer novos planos, traçar metas em todas as áreas de nossa vida. Deus nos reserva muitas graças e nos quer felizes, mas pelo livre arbítrio que nos concedeu, tudo dependerá do nosso esforço pessoal e disciplina. Sempre é possível avançar mais rumo àquilo que Deus pensou para nós e Jesus veio revelar: uma vida plena e abundante.

A Igreja sempre reconheceu e exaltou a importância da família para a construção de uma sociedade equilibrada, justa e fraterna. São João Paulo II a descrevia como a célula mãe da sociedade e a conclamava a ser um santuário de amor, uma pequena Igreja doméstica.

A família foi colocada à prova no ano de 2020, como também nos anos anteriores. Mas, em particular, as famílias tiveram que, juntos, aprender a conviver frente a uma nova realidade que exige tantos dos pais, quanto dos filhos.

Por isso, sugiro algumas reflexões para que em 2021 toda família viva em harmonia e paz:

Perdoem-se sempre

O perdão é o remédio para a cura espiritual do ser humano. O perdão liberta e nos devolve a paz. Ao se perdoarem sobre algo que os magoou e acertarem como devem agir, não toquem mais no assunto.

Mantenham o respeito

Busquem focar a atenção naquilo que os une, nos pontos comuns. Rezem um pelo outro e busquem seguir com o olhar para o mesmo horizonte. O sucesso ou o fracasso da relação depende de quem faz parte dela, ou seja, do casal. Não abandonem o barco antes de começarem a remar. Não desistam na primeira dificuldade. Sejam persistentes e façam tudo o que puderem para sempre reavivar a chama do sentimento que um dia fez com que quisessem passar a vida inteira juntos.

Na vida de fé

Devemos dar graças ao Senhor e confiar a Ele nossas preocupações por meio de nossas orações, conforme São Paulo recomenda: “Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias, apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças” (Fl 4, 6). O Espírito Santo, que ensina a Igreja e a faz recordar de tudo o que Jesus disse, também educa para a vida de fé.

Essas são apenas algumas orientações em algumas áreas importantes da vida que nos proporcionarão um ano melhor e uma vida mais feliz.

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.