Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dia do Migrante e Refugiado será celebrado em 27 de setembro e conta com vídeos de preparação mensais do Papa Francisco

A edição de número 106 do Dia Mundial do Migrante e do Refugiado (DMMR) será celebrada no domingo, 27 de setembro de 2020. Com o tema “Forçados, como Jesus Cristo, a fugir“, o Papa Francisco, através de uma mensagem – divulgada ainda em maio – e com vídeos mensais, tem convidado a conhecer mais profundamente a realidade das pessoas deslocadas internamente. Neste mês de agosto, o Pontífice enaltece o subtema “Partilhar para crescer”. E juntos, sem deixar ninguém de fora.

O depoimento de Eric Estrada Buenaño, de 38 anos e natural de Táchira, no município de Táriba, na Venezuela, que hoje mora em Caracas, ajuda a entender como a partilha torna as pessoas mais humanas, levando a acreditar mais em Deus. Ele conta que precisou se deslocar pela “escassez de água potável e de gás para uso doméstico, e pela insegurança”, já que, por ser um estado fronteiriço, enfrentava “muitos problemas de guerrilha, delinquência, criminalidade organizada, extorsão e sequestros”.

Em cada mês, um novo vídeo do Papa Francisco e outros materiais em formato multimídia aprofundam um dos subtemas apresentados na Mensagem do Pontífice. Os subtemas anteriores foram: conhecer para compreender, publicado em 15 de maio; aproximar-se para servir, de 18 de junho; e escutar para reconciliar-se, divulgado em 23 de julho. Todo material pode ser baixado gratuitamente do site da Seção Migrantes e Refugiados do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral do Vaticano.

Até o próximo dia 27 de setembro, a Seção Migrantes e Refugiados também recebe testemunhos escritos ou em formato multimídia, fotografias das Igrejas locais e de outros atores católicos que apresentem o compromisso comum no cuidado pastoral das pessoas deslocadas internamente. O material pode ser enviado para o e-mail: media@migrants-refugees.va

Forçados, como Jesus Cristo, a fugir

A Igreja tem celebrado o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado desde 1914. É sempre uma ocasião para demonstrar a preocupação pela diversidade de pessoas vulneráveis que se deslocam; para rezar por elas, visto que enfrentam muitos desafios; e para aumentar a sensibilização e relação a oportunidades proporcionadas pelas migrações.

Neste ano, será no dia 27 de setembro. O Papa Francisco escolheu como título da sua mensagem anual “Forçados, como Jesus Cristo, a fugir” para enaltecer o cuidado pastoral das pessoas deslocadas internamente.

“Deus não queria que os recursos do nosso planeta beneficiassem apenas alguns. Não, o Senhor não queria isso! Devemos aprender a compartilhar para crescermos juntos, sem deixar ninguém de fora.”

Canção Nova/com Vatican News

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.