Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Participam do evento o Fundador da Pastoral, Dom Irineu Danelon, e o coordenador nacional de formação, padre João Roberto Ceconello

Neste fim de semana, 21 a 23 de outubro de 2016, acontece na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), o Acampamento da Pastoral da Sobriedade, com tema: “Senhor, confio em sua misericórdia! - Levanta-te e anda!”. O fundador da Pastoral, e bispo emérito de Lins (SP), Dom Irineu Danelon, e o coordenador nacional de formação, padre João Roberto Ceconello, farão as palestras durante o evento.

O Relatório Mundial sobre Drogas de 2016 mostra que o número de pessoas descritas como “dependente de drogas” em todo o mundo aumentou de 27 milhões (2013) para 29 milhões (2014). Por isso, iniciativas nesta área são tão urgentes. “O maior interessado em que a Pastoral da Sobriedade aconteça e se difunda é o próprio Deus-Amor. Ele não quer que ninguém se perca. Através do testemunho de Jesus, nos ensinou que o Bom-Pastor não foge quando chega o lobo”, explica Dom Irineu em subsídio aos agentes da Pastoral.

Dom Irineu conduzirá a primeira palestra, no sábado (22), às 9h15, “Pastoral da Sobriedade, 18 anos confiando na sua Misericórdia”. O bispo também irá presidirá as missas na sexta, às 20h43, no sábado, às 16h, e no domingo, às 15h, todas no Centro de Evangelização.

Padre João Roberto faz pregação no domingo (23), às 8h20, sobre o lema do encontro “Levanta-te e anda”. Também participam do evento o assessor nacional de formação da Pastoral, Fernando Barbosa, o coordenador técnico da Comunidade Terapêutica Rural de Santa Carlota (SP),  Maurício Landre, e a apresentadora do programa “Sobriedade Sim”, pela Rede Século 21, Mônica Bortolin, com seu esposo, Luiz Bortolin.

No sábado, a programação traz grupo de oração, às 12h30, na Ermida Mãe Rainha, e show às 20h50 com a banda Missão, no Rincão do Meu Senhor. A Adoração e a Bênção do Santíssimo Sacramento será no domingo, a partir das 11h20. Para os três dias são esperados 12 mil peregrinos.

Pastoral da Sobriedade

Criada em 1998,  durante a 36ª Assembleia dos Bispos do Brasil, é uma ação concreta da Igreja Católica na Prevenção e Recuperação da Dependência Química, por meio da pedagogia de Jesus-Libertador. O trabalho desenvolvido busca a integração entre todas as Pastorais, Movimentos, Comunidades Terapêuticas, e Casas de Recuperação, para resgatar e reinserir os excluídos, propondo uma mudança de vida através da conversão. Desde 2002, a Pastoral já capacitou mais de 35 mil agentes em todo país.

Asimp/Canção Nova

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios