Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Há 50 anos, a Igreja no Brasil celebra em setembro o Mês da Bíblia, período dedicado a reforçar entre os católicos o hábito de ler e estudar a Palavra de Deus. Por isso, o “Arquivo A”, que vai ao ar nesta quinta-feira (23/9), às 22h, vai falar sobre as Sagradas Escrituras. 

A reportagem da TV Aparecida irá mostrar como entender a origem e a montagem desse livro, que com mais de cinco bilhões de cópias vendidas é o mais lido da história da humanidade. E ainda fazer entender como a evolução do processo de impressão dessa importante publicação fez com que ele chegasse a mais pessoas. 

O programa também exibe o trabalho de catequese que ajuda a introduzir a cultura bíblica na vida das crianças e um projeto de seminaristas do Paraná que, por meio de um podcast, poderá ler a Bíblia inteira em apenas um ano. O repórter Guilherme Machado  contará a história de uma fiel que voltou à escola para realizar o sonho de ler a Bíblia e o trabalho de grupos de estudos bíblicos que ajudam leigos a interpretarem de forma correta as Sagradas Escrituras. 

Entrevistados:

Alguns dos entrevistados desta reportagem são religiosos e estudiosos do tema, entre eles, Padre José Ulysses da Silva, Missionário Redentorista e Diretor da Academia Marial de Aparecida; Padre Jânisson de Sá Santos (Assessor da Comissão para Animação Bíblico-Catequética da CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Iuri Nack Buss (Seminarista da Diocese de Ponta Grossa/PR), Gisele Canário (Profª. de Filosofia, Ensino Religioso e de Fundamentos Bíblicos da Missão), Maria Antônia Marques (Profª. do Instituto Teológico de São Paulo - Itesp - e Assessora do Centro Bíblico Verbo) e Dom Orlando Brandes (Arcebispo de Aparecida).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.