Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apesar de poder estender a capacidade de público para 50% da capacidade, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na Vila Nova em Londrina, vai ampliar o número de missas na Quarta-feira de Cinzas, início da Quaresma – tempo importante de preparação para a Páscoa –, para atender a todos os fieis que desejarem rezar nesse dia santo. Serão quatro celebrações, realizadas às 7h, às 12h10, às 15h e às 19h30. Todos os protocolos de saúde contra o coronavírus continuam valendo.

 “Nós queremos que nossos fieis e que os católicos de Londrina e de toda a região venham celebrar conosco, mas, como segurança em relação à prevenção e à saúde. Por isso, ampliamos nossas missas para poder receber a todos de braços abertos”, ressalta o padre Rodolfo Trislz, pároco e reitor do santuário. No interior do tempo, continua sendo obrigatório o uso de máscaras e o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas, além de o local ter álcool em gel disponível para quem quiser fazer uso.

A Quarta-feira de Cinzas é uma data importante para os católicos porque marca o início da Quaresma, tempo de orações, jejuns e penitências em preparação à Páscoa, ressureição de Cristo. É também quando se inicia a Campanha da Fraternidade (CF), neste ano ecumênica, com o tema Fraternidade e diálogo: compromisso de amor e o lema Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade (Ef. 2, 14ª). “Ao mesmo tempo em que precisamos da a oportunidade às pessoas para iniciar esse tempo de preparação, precisamos fazê-lo com segurança”, ressalta o pároco.

Missa penitencial

Para incentivar a prática de orações e penitências, o Santuário vai realizar a celebração de missas penitenciais, todas as sextas-feiras, a partir das 5h30. “É uma excelente oportunidade para que as pessoas façam um propósito e se encontrem com a Mãe Padroeira antes de iniciar o dia, antes de ir trabalhar”, ressalta o padre Rodolfo. De acordo com ele, as portas da casa da Mãe Aparecida estão sempre abertas aos filhos de Deus.

Fábio Luporini/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios